fbpx

Os melhores de 2019 no cinema

 data-srcset

Chegou aquela época de escolher os melhores de 2019. A escolha dos melhores do ano de cinema é sempre cercada por inevitáveis discussões. Desde o gosto pessoal, até o gênero, ou um ator no elenco pode levar a diferenças completas. E hoje em dia, se alguém discorda de uma crítica sua, não pensa duas vezes em xingar, o chamar de coisas como otário (no masculino, mesmo que você seja uma mulher), blasé ou que você segue uma agenda específica (??). Gostava do tempo em que as pessoas sabiam ouvir o que o outro tinha a falar, e consideravam outras opiniões. Quem sabe em 2020 a coisa muda?

Outros destaques

Dito isso, aqui vão os meus preferidos de 2019. Também falo de alguns destaques, que, podem não ter ficado entre os melhores, mas foram inesquecíveis à sua maneira. Só para esclarecer, considerei aqui somente os filmes que foram exibidos comercialmente nos cinemas no Brasil no ano. Então aí vai:

– Eu não vejo todos os filmes nacionais que são exibidos. Mas entre os que vi, tenho três que me chamaram a atenção. Preferências políticas à parte, eu gostei muito de Bacurau. Achei muito bem feito, num gênero diferente do que normalmenteno cinema brasileiro.   Também gostei do diferencial do terror/suspense Morto não fala, melhor coisa do gênero terror que vi ser feita por aqui. E como as biografias acabaram virando um gênero também destaco a biografia de Simonal. Muito correta, e sem tomar partido.

– Dois filmes que remetem à minha infância também chegaram aos cinemas. Tanto a nova versão de As Panteras quanto o último filme de Star Wars, A Ascensão Skywalker levaram muita porrada por parte da crítica, mas eu gosto de ambos. #prontofalei

– Todos os anos menciono um ator ou uma atriz que, na minha opinião, teve a melhor interpretação do ano. Em 2019, elegi dois que me deixaram fascinada. Joaquim Phoenix como Coringa, e Lupita Nyong’o, com o terror Nós, estiveram simplesmente superlativos.

– Já a escolha da melhor animação do ano foi fácil – Toy Story 4, mesmo com o chato do Garfinho.Rs! Mas vai aqui uma menção honrosa para Abominável e para o fechamento da trilogia de Como Treinar o seu Dragão. Esse me emocionou demais!

Os piores

Também sempre menciono o pior filme do ano (entre os que vi, claro). Não vou aqui comparar produções pequenas, sem grandes orçamentos, porque acho que isso é uma covardia. Mas dois me chamaram a atenção por sua total incapacidade de contar uma história com algum nexo. O primeiro é Calmaria, com Matthew McConaughey e Anne Hathaway. Como dois atores tão bons conseguiram fazer um filme tão ruim? E Godzilla – Rei dos Monstros é de uma bobagem atroz. E olha que eu gosto de Kong: A Ilha da Caveira

Os que quase chegaram lá…

Então aqui estão os 10 melhores do ano. Houve outros que quase entraram na lista, como Downton Abbey: O Filme (é tão difícil contar uma história que seja entendível para quem nunca viu a série – e eles conseguiram); Midsommar: O Mal Não espera a Noite ou como assustar contando uma história em plena luz do dia; Nós (além atuação de Lupita Nyong’o, o filme também assusta); Suspiria (mais um caso em que a refilmagem é melhor do que o original)

Os Top 10

10 – O Irlandês – Martin Scorsese, dirigindo De Niro, Pacino e Pesci num filme sobre mafiosos. Sempre brilhante! Eu, pelo menos, não senti as 3h30 de filme.

9 – Parasita – O cinema sul-coreano manda mais um filme de grande qualidade. Que belo roteiro!! Deverá ser o próximo vencedor do Oscar de filme estrangeiro

8 – Aladim – Sim, por incrível que pareça, Will Smith de gênio foi ótimo. A história se ajustou aos novos tempos, e o colorido é maravilhoso, e ainda tem uma música original, Speechless, que é a melhor do ano, em minha opinião.

7 – Um Dia de Chuva em Nova York – Woody Allen, Nova York, e uma Elle Fanning deslumbrante. Não tinha como não estar na lista.

6 – Ford vs. Ferrari Uma história real e envolvente, com brilhantes cenas de corrida, e Christian Bale maravilhoso como sempre.

5 – Vingadores: Ultimato. Que belo fechamento! Quanta emoção, que efeitos. Sim, Mr. Scorsese, isso é cinema e dos bons. Não é a toa que se transformou na maior bilheteria de todos os tempos!!

4 – Coringa. A atuação de Joaquin Phoenix, a direção de Todd Phillips, a trilha, a fotografia, a direção de arte. Inesquecível!

3 – Entre Facas e Segredos. Uma história na linha do quem matou como há muito tempo eu não via no cinema. E que elenco!!

2 – Green Book – O guia. Vencedor inesperado e merecido do último Oscar. Tem emoção, diversão, toca em assuntos espinhosos, tudo com muita classe. Para ver e rever!

E em primeiro entre os Melhores de 2019

1 – Era uma Vez em Hollywood. Tarantino arrasa fazendo uma parábola sobre uma grande tragédia real. Para quem conhece a história, é uma emoção sem fim. E que elenco em sua melhor forma. Di Caprio, Pitt, Robbie. Não teve para ninguém desde o primeiro momento. É o melhor filme de 2019.

Abaixo, está o vídeo dos Melhores do Ano de Cinema, do canal do Blog de Hollywood no YouTube. Aproveite e veja também os Destaques do Ano entre as Séries de TV lá também.

 

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *