fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Moonfall é o novo filme catástrofe de Roland Emmerich

Eu gosto muito de filmes catástrofe – ou disaster movies. Talvez porque cresci vendo produções muito boas como Inferno na Torre ou Terremoto. Mas, de qualquer maneira, sempre que tenho oportunidade de ver um, acompanho. O Dia Depois de Amanhã, por exemplo, está entre os meus favoritos da vida. Está disponível no Star Plus – e vale a pena. Por isso, estava muito entusiasmada para ver Moonfall – Ameaça Lunar, que estreou hoje (3) nos cinemas.

No filme, uma força misteriosa tira a Lua da sua órbita em torno da Terra. Por consequência, envia-a numa rota de colisão capaz de aniquilar a vida como a conhecemos. Semanas antes do impacto, e com o mundo à beira de aniquilação, Jo Fowler (Halle Berry), executiva e ex-astronauta da NASA está convencida que tem a chave para salvar a todos. Mas o governo não confia nela. Apenas um astronauta do seu passado, Brian Harper (Patrick Wilson), e o teórico conspiracionista, K. C. Houseman (John Bradley). Por conta disso, esses heróis improváveis vão ter de se lançar numa última missão impossível no espaço. E acabam deixando para trás todos os que amam. No caminho descobrem que a nossa Lua não é exatamente o que pensávamos que era.

O que achei de Moonfall?

O filme mistura um monte de “inspirações”. Desde Armageddon até O Segredo do Abismo. Isso sem contar 2012,  Destruição Final: O Último Refúgio, e claro, Independence Day. Ou seja, Roland Emmerich pegou um monte de filmes de catástrofe, juntou tudo, e fez uma grande mistura. Por vezes. ela funciona. Mas por vezes não. Ou seja, você pode gostar, pode achar chato, ou ainda, como eu, achar que poderia ter facilmente cortado uns 20 minutos.

Isso porque a parte espacial não convence. É claro que toda a história tem pouca base na realidade. Mas em alguns momentos, ele vai muito além do aceitável, rsrs. Entretanto, o filme tem alguns bons efeitos especiais. A parte que se passa na Terra tem bons momentos de suspense, e funcionam. Há uma participação especial e rapidíssima de Donald Sutherland.  Tem também um excelente personagem, KC, vivido por John Bradley, o Sam de Game of Thrones. John entrou na última hora no lugar de Josh Gad. KC é uma homenagem para todos os nerds do mundo. E acaba sendo o grande herói do filme.

No final, a maior parte da crítica provavelmente vai achar um horror. Mas, #prazercomculpa, rsrs, eu até embarquei nessa maluquice toda. Rsrs.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

O povo de Hollywood fez a festa em Nova York na entrega do Tony, o prêmio maior do teatro. Nessa edição de 2024, The...

Premiações

Os Tony Awards 2024, principal prêmio do teatro mundial, acontecem no próximo domingo, dia 16 de junho, em Nova York. A cerimônia, que será...

Streaming

A comédia romântica Puppy Love estreou há pouco tempo na Prime Video, e chegou a ser o filme mais visto do serviço. Conta a...

Cinema

Praticamente toda a semana estreia algum filme de terror nos cinemas. E a maioria é bem esquecível. A Semente do Mal , que chegou...

Streaming

Bridgerton é uma daquelas séries que eu separo sempre um dia para maratonar e embarcar totalmente na história. Não foi diferente com a Parte...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Há certos tipos de humor que, sinceramente, não consigo entender. Por exemplo, lembro-me de uma época em que Orange is the New Black era...

Streaming

D.B. Weiss e David Benioff são os criadores da mais grandiosa serie que já vi na TV, Game of Thrones. Então quando li que...

Cinema

Estava todo mundo com o pé atrás. Afinal, a gente sabia de todos os problemas de bastidores de Aquaman 2: O Reino Perdido. Desde ...

Streaming

Hoje em dia, especialmente pós-streaming, o sucesso de um filme – ou uma série –  abre espaço para várias possibilidades de derivados/sequências. Um exemplo...

Streaming

Nessa quinta estreou nos cinemas mais um novo terror da franquia Sobrenatural. Sobrenatural: A Porta Vermelha.  Vai mostrar Josh Lambert seguindo para o leste...

Cinema

365 dias, da Netflix, foi um grande sucesso na Netflix. O primeiro filme até tinha um certo atrativo, com cenas calientes, mas os outros...

Cinema

Cada vez mais quem tem preconceito contra mulheres mais velhas em Hollywood tem que engolir sua revolta, rsrs. Isso porque elas estão cada vez...

Cinema

O Superbowl é um acontecimento nos Estados Unidos. É como se fosse uma final de Copa do Mundo, quando as pessoas se juntam para...