fbpx

A delicadeza de Um Dia de Chuva em Nova York

Ok, você pode ter sua opinião formada sobre Woody Allen. Ok, você pode achar que ele é esquisito. E também que as acusações feitas a ele são verdadeiras  (saiba entretanto que ele foi inocentado pela justiça americana). Mas é preciso reconhecer que seus filmes são sempre especiais. Alguns melhores que outros. Um Dia de Chuva em Nova York, que vai estrear no cinema essa semana, está entre os mais deliciosos. Divertido, romântico, e ainda passado nos cantos mais lindos dessa cidade que amo. Não poderia ser mais prazeroso de assistir.

A história

Estudante em uma universidade,  Gatsby  (Timothée Chalamet) decide passar um fim de semana em Manhattan ao lado de Ashleigh (Elle Fanning), sua namorada. Aspirante a jornalista, Ashleigh conseguiu uma entrevista com  o diretor de cinema Roland Pollard (Liev Schreiber), que a convida para a exibição de seu mais recente trabalho. Gatsby, deixado de lado, encontra Chan (Selena Gomez), a irmã mais nova de uma ex-namorada, com quem passa o restante da viagem. As aventuras dos dois num dia de chuva em Nova York terão consequências impensáveis para ambos.

A crítica

Os desencontros de Gatsby, que quer mostrar uma Nova York romântica (e maravilhosa) para a namorada deslumbrada com os famosos que vão cruzar seu caminho são o pano de fundo da história. Com isso, Allen mostra uma gama de personagens que a gente vai reconhecer de outros de seus roteiros, começando pelo próprio Gatsby. Qualquer um que já viu um filme de Woody Allen irá reconhecer o seu alter-ego. Mas, como sempre, são as mulheres que realmente brilham nos filmes do diretor.

Selena Gomez está em seu melhor momento no cinema como Chan, obviamente desde sempre apaixonada por Gatsby. Cherry Jones, como a mãe de Gatsby, tem duas ou três cenas, mas que são suficientes para ter uma sequência inesquecível. Kelly Rohrback (de Baywatch), que faz a mulher que Gatsby conhece num bar, tem uma entrada de estrela de tirar o fôlego. E, é claro, Elle Fanning. Desde que acompanho a atriz, quando ela ainda era uma garotinha, fico fascinada com sua naturalidade e doçura nas telas. Isso não se perdeu quando se tornou adulta. Para mim, sua Ashleigh está entre as atuações mais divertidas e naturais que vi este ano no cinema.

Um Dia de Chuva em Nova York é o filme que fazia parte do contrato entre Woody Allen e a Amazon. Quando a Amazon resolveu não lançar nos Estados Unidos por medo das repercussões – de novo – das acusações contra Woody Allen, acabou sendo processada em mais de 60 milhões. Já se sabe que as duas partes entraram num acordo – só não se sabe o valor final. Enquanto isso, vários países do mundo, inclusive o Brasil, terão a oportunidade de ver essa delicadeza de filme que é Um Dia de Chuva em Nova York. Os norte-americanos não. Pior pra eles.

Fotos de divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *