fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Com 5 indicações, Green Book: O Guia é um prazer de ver!

A indicações ao Oscar saíram  hoje , e Green Book: o filme saiu com 5 . São elas : Filme, Ator (Viggo Mortensen), Ator Coadjuvante (Mahershala Ali), Roteiro Original e Montagem. Ele já tinha ganhado o Globo de Ouro e o prêmio do Sindicato dos Produtores, o que não é pouca coisa. Mas, na verdade, é bem merecido. O filme é adorável, com atores em sua melhor forma. É um road movie, que fala sobre a amizade que nasce entre homens muito diferentes em situações totalmente inesperadas. É uma delícia de ver.

A história

O filme se passa em 1962. Tony Lip (Viggo Mortensen) é um “segurança” da badalada boate Copacabana. Mas um incidente acaba fazendo com que a boate feche para “reforma”, deixando Tony livre para aceitar algum bico de trabalho. Aparece então a proposta de servir como motorista para um músico chamado Don Shirley, que vai passar dois meses viajando pelo sul dos Estados Unidos. O problema é que Don é negro, e Tony tem problemas com isso. Mas o dinheiro é  considerável, e logo os dois saem de carro de Nova York rumo ao sul totalmente racista  da época.

O interessante é que se trata de uma história real. O Tony Lip da história inclusive fez participações em filmes de Scorcese (Os Bons Companheiros) e séries como A família Soprano (era Carmine Lupertazzi). Já Don Shirley era um grande nome da música. Diz a lenda que os dois ficaram grandes amigos até o fim da vida real.

Racismo e Amizade

O filme trata, é claro, de situações de racismo.  Aliás, o green book  (livro verde) do título é um guia que eles usam durante a viagem, e que mostra lugares onde as pessoas negras podiam se hospedar e comer no sul do Estados Unidos. Porque , na época, eles não podiam ir a todos os lugares, com o risco de serem hostilizados. Mas, Green Book: o Guia trata muito mais de amizade. Como grandes amizades podem nascer das situações mais improváveis, entre as pessoas mais diferentes. E isso já é uma grande coisa!

O filho de Tony, Nick Villalonga, é um dos produtores. E o filme teve sua dose de problemas nos bastidores (assim como praticamente todos os outros candidatos ao Oscar). Primeiro, foi Viggo Mortensen que mencionou a palavra “nigger” durante uma coletiva. Isso é considerada um forma depreciativa de falar sobre pessoas da raça negra. Não foi intencional, ele se desculpou, e ficou tudo certo.

Mas depois, pessoas da família de Don Shirley disseram que algumas coisas no filme não estavam certas. Nova conversa, e ficou tudo bem (aparentemente). Mas, recentemente, foram descobertos alguns tweets antigos do diretor, Peter Farrelly, considerados racistas . E isso foi na última semana. Pode ser que isso atrapalhe as possibilidades de ganhar um Oscar de melhor filme, por exemplo. Ainda mais que o diretor Peter Farrelly não foi indicado.

Peter Farrelly dirigindo uma cena do filme

E no final…

Só que uma coisa parece certa. Mahershala Ali deve levar novamente o prêmio de coadjuvante (ele já tem um por Moonlight). É claro que o papel dele é mais de co-protagonista do que de coadjuvante. Mas tudo bem. Tanto ele quanto Viggo, diferente de tudo que você já o viu fazer, estão estupendos. Eles ajudam a fazer do filme um dos mais prazerosos de assistir dessa temporada de premiações.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Assisti todas as temporadas de The Walking Dead. Gostava da série mesmo quando ela se perdia. Isso é, quando tirava o foco da química...

Streaming

Resolvi fazer essas listas de dicas de séries (veja as da Max , da Star Plus, da Apple TV Plus e do Disney Plus) porque muita gente me...

Streaming

Resolvi fazer essas listas de dicas de séries ( veja os da Max , da Star Plus e da Apple TV Plus) porque muita gente me pede...

Streaming

Hoje me despeço mais uma vez de Roma (sempre ótimo vir aqui, mas amo voltar pra casa). E fiquei pensando sobre o fascínio que...

Streaming

Quando The Walking Dead terminou após 11 temporadas, deixou várias situações em suspense. Era já uma estratégia dos produtores para levar para o público vários...

Você também pode gostar de ler

Moda

A Temporada de Premiações terminou – e Margot Robbie não ai usar mais rosa, rsrs. E como eu acompanhei de perto cada um dos...

Premiações

O oscar 2024 teve poucas surpresas. Como se esperava, Oppenheimer foi o grande vencedor da noite com sete estatuetas, inclusive filme, diretor (Christopher Nolan)...

Moda

O red carpet do Oscar teve um claro predomínio da cor preta nos vestidos. Muita gente resolveu ir pelo caminho mais certo da elegância....

Premiações

Nesse domingo tem Oscar, e mais uma vez, provavelmente, a minha opinião e a da Academia serão bem diferentes, rsrs. Quem segue o Blog...

Streaming

A gente tem tanta coisa para assistir no streaming que normalmente fica até meio perdida, não é mesmo? Então, eu separei aqui 6 imperdíveis...

Streaming

Já faz um tempo que todo mundo estava esperando para ver o último filme candidato ao Oscar de melhor filme estrear. E agora Ficção...

Cinema

Zona de Interesse concorre a cinco Oscars: melhor filme, som, filme estrangeiro e direção e roteiro (ambos de Jonathan Glazer). No BAFTA, que ocorre...

Cinema

As histórias de amor que mais me comovem são aquelas que partem do princípio do “E se”. Esse nome me veio depois de assistir...