fbpx

Série de Michael J. Fox é cancelada após 15 episódios

Houve um tempo em que uma série com Michael J. Fox era considerada ouro para os executivos de TV.  Caras e Caretas e Spin City foram enormes sucessos de audiência. Mas quando ele resolveu abandonar Spin City (Charlie Sheen entrou em seu lugar) após descobrir que sofria do mal de Parkinson, Michael passou a se dedicar mais a pesquisa sobre a doença,  tendo escrito três livros sobre o assunto e criado uma fundação.

Quando ele aceitou fazer o Michael J. Fox Show, a NBC  encomendou 22 episódios sem ter mesmo visto o piloto, fato considerado raro. Só que infelizmente os números razoáveis de 7.5 milhões de audiência da estreia foram decaindo até chegar ao número de 2.2 milhões no 15º e último episódio exibido nos Estados Unidos no dia 23 de janeiro. E assim, a série foi cancelada.

Ainda não se sabe o que a NBC fará com os 7 episódios já prontos e que ainda não foram exibidos. Se e quando irão ao ar. A série era uma comédia que falava sobre uma celebridade da TV, Mike Henry, que depois de descobrir que tem Mal de Parkinson, resolve abandonar tudo e se dedicar a família. Quando ele decide voltar ao trabalho, isso provoca uma revolução em sua vida e na de sua família. Com certeza, qualquer semelhança não é mera coincidência.

Mas aparentemente não funcionou com o público. O lado positivo é que isso deixa Michael mais livre para voltar a fazer participações em The Good Wife  onde ele aparece esporadicamente como o advogado Louis Canning. Sempre brilhante, Louis é um advogado cheio de artimanhas, que sempre provoca  deliciosos enfrentamentos com Alicia (Julianna Margullies).

No Brasil, O Show de Michael J. Fox é exibida pelo canal Comedy Central todas as segundas, às 20 horas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *