fbpx

Joaquin, Renée, 1917! Eles dominaram o BAFTA 2020!

O BAFTA  2020 escolheu os seus vencedores. Entre os atores, o já esperado : Joaquim, Renée, Brad e Laura, assim como tem sido em todas as anteriores. Não vai ter para mais ninguém nos Oscars, daqui a uma semana. E , quanto ao melhor filme, também era esperado o domínio de 1917. Afinal, é um filme britânico. E terminou a noite como o grande campeão da noite, com sete estatuetas, inclusive filme, filme britânico e direção. Mas isso quer dizer que já está com o Oscar nas mãos? Bem provável. Mas é bom lembrar que nos últimos anos, o vencedor do Oscar e do BAFTA de melhor filme têm sido diferente. No ano passado, por exemplo, o BAFTA escolheu Roma enquanto o Oscar preferiu Green Book.

Coringa, que tinha o maior número de indicações, acabou levando três prêmios. Ator para Joaquin Phoenix, trilha sonora, e a mais nova categoria a ser incorporada, mellhor elenco. Parasita também se saiu bem, com o esperado prêmio de filme em língua não inglesa (virou politicamente incorreto falar filme estrangeiro) e roteiro.

Os vencedores do BAFTA 2020

Filme  –1917

Ator – Joaquin Phoenix – Coringa

Atriz – Renée Zellweger – Judy

Ator coadjuvante – Brad Pitt – Era uma Vez em Hollywood

Margot Robbie, que perdeu nas suas duas indicações, foi pegar o prêmio de Brad Pitt, que estava ausente.

Atriz coadjuvante – Laura Dern – História de um Casamento

Diretor – Sam Mendes – 1917

Elenco – Coringa

Roteiro original  – Parasita

Roteiro adaptado – Jojo Rabbit

Astro em ascensão – Micheal Ward

Filme em língua não inglesa – Parasita

Efeitos Visuais – 1917

Fotografia  – 1917

Montagem – Ford vs. Ferrari

Figurino – Adoráveis Mulheres

Animação – Klaus

Design de Produção – 1917

Som – 1917

Filme britânico – 1917

Cabelo e Maquiagem – O escândalo

Trilha Sonora – Coringa

Documentário – For Sama

Filme  Curta-metragem britânico – Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)

Animação curta-metragem britânico – Grandad Was a Romantic

Estreia de Diretor, Produtor ou Roteirista britânico – Bait, Mark Jenkin (Roteirista/ Diretor), Kate Byers, Linn Waite (Produtores)

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *