fbpx

As acusações de Evan Rachel Wood contra Marilyn Manson

Os tempos mudaram em Hollywood. Depois do #MeToo e de Harvey Weinstein, Hollywood aprendeu a “cancelar” aqueles que assediam mulheres moral e sexualmente. Recentemente, houve o canibalismo de Armie Hammer (ainda acho estranhíssimo escrever essa frase). Depois das alegações, ele já saiu de dois grandes projetos. Primeiro foi o filme Shotgun Wedding, com Jennifer Lopez. E agora também está fora da minissérie The Offer. Mas nessa segunda (1), mais um escândalo estourou em Hollywood. Dessa vez envolvendo Evan Rachel Wood e Marilyn Manson.

O que aconteceu?

Evan Rachel Wood é a estrela da série Westworld. Ela já havia comentado em entrevistas que havia sofrido abuso durante anos por um companheiro. Só que nessa segunda resolveu “dar nome aos bois”. Postou no Instagram o seguinte:

O nome de meu abusador é Brian Warner, que o mundo conhece como Marilyn Manson. Ele começou a me preparar quando eu era uma adolescente. E abusou de mim horrivelmente por anos. Sofri uma lavagem cerebral e fui manipulada para ser submissa. Estou cheia de viver com medo de retaliação, calúnias e chantagem. Estou aqui para expor esse homem perigoso. E chamar a atenção das indústrias que o empregam, antes que ele arruíne mais vidas. Eu estou ao lado das muitas vítimas que não ficarão mais em silêncio.”

Na época em que começaram a namorar Evan tinha 18 anos e Marilyn, 36. Após esse post, outras quatro mulheres também apareceram com acusações similares. A atriz Rose McGowan, que também teve um relacionamento com o cantor/ator, curtiu o post de Evan. E ainda escreveu “tanto amor por você”. Mas esse não é o primeiro problema do gênero dele. Em maio de 2018, houve uma investigação policial sobre crimes sexuais que tinham acontecido em 2011.

A carreira

Mas, agora, as coisas estão bem diferentes. Ele negou todas as acusações, dizendo que sempre “foi consensual”. Mas, Marilyn já começou a sentir o peso da acusação em sua carreira. A gravadora Loma Records já anunciou que não vai promover o recente álbum dele. E nem trabalhar com o cantor daqui para frente. “Em face da alegações perturbadoras de Evan Rachel Wood e outras mulheres indicando Marilyn Manson com seu abusador, Loma Vista irá parar de promover seu disco atual, efetivo imediatamente. Devido a essa situação preocupante, nós decidimos também não trabalhar com Marilyn Manson em projetos futuros.”

Marilyn Manson também é ator. Um segmento da série da Shudder, Creepshow, que seria estrelado por ele na próxima temporada, será substituído e não exibido. A AMC Networks confirmou isso ontem mesmo . Ele também tinha um pequena papel na série American Gods, disponível aqui pela Amazon. A Starz, responsável pela produção, já confirmou. Não irá exibir o último episódio que incluía Manson. Pelo menos, até que “apaguem” o personagem.

Hoje (2), Evan Rachel Wood postou ainda um documento da senadora Susan Rubio. Nele, a política pedia que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos fizesse uma investigação sobre o caso.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *