fbpx

A louca história de canibalismo de Armie Hammer

Por mais que a gente leia histórias absurdas na internet, algumas ainda chocam. Na madrugada de domingo para segunda, Armie Hammer estava no trending topics do Twitter com uma história de que seria canibal. Oi? Eu esperei um pouco para escrever sobre o assunto para poder ter mais informações. E também o que ele teria a dizer oficialmente. Até o momento, entretanto, nem ele se pronunciou e nem os tweets foram comprovados como reais.

O que se sabe até o momento é que messagens que teriam vindo da conta de Armie incluiriam descrições bem gráficas de atos sexuais e canibalismo. Uma delas era bem clara “Eu sou 100% canibal”. Já outra dizia “Eu preciso beber seu sangue”. O estranho nessa história é que Armie Hammer não tenha se pronunciado sobre o assunto até agora. Especialmente porque no passado ele já havia dado like em uma série de tweets sobre BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). O termo refere-se a relações sexuais baseadas no prazer da dor.

Além disso…

Durante a pandemia, Armie anunciou sua separação da mulher, Elizabeth Chambers, depois de 10 anos do casamento. Provocou um certo escândalo também que ele brigou com a mulher para que ela trouxesse os dois filhos do casal de volta aos Estados Unidos. Ela vive atualmente nas ilhas Cayman. Após sua separação, Armie teve um relacionamento com a escritora  Jessica Ciencin Henriquez. Ela se pronunciou sobre o assunto no Twitter. “Se você está ainda se questionando se as mensagens diretas de Armie Hammer são verdadeiras (e elas são), talvez você devesse se questionar por que vivemos numa cultura que dá aos abusadores o benefício da dúvida em vez das vítimas. ”

O último filme com o ator que chegou por aqui foi Rebecca, da Netflix. Nos próximos dias provavelmente saberemos mais sobre essa fofoca pesada. Até agora, o útlimo tweet de Armie Hammer aconteceu na última quinta-feira, e falava sobre a invasão do capitólio.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *