fbpx

Bom demais, Memórias Secretas chega aos cinemas.

 data-srcset

A energia e o talento de Christopher Plummer aos 86 anos são um fato admirável. Ele filma muito. Somente em 2016 serão três filmes com o ator para estrear nos cinemas. E atualmente ele está filmando mais um, ao lado de Vera Farmiga, chamado Boundaries, para 2017. Esta semana estreia por aqui Memórias Secretas, de Atom Egoyam, diretor do bom À Procura. Foi indicado como melhor filme no Festival de Veneza de 2015 e premiado como melhor direção pelo grande júri jovem do Vittorio Veneto Film Festival. E é muito bom. Um daqueles momentos inesperados de bom cinema,  uma oportunidade de ver um ator incrível em ação.

O filme conta a história de Zev (Chistopher Plummer) e seu melhor amigo Max (Martin Landau), que compartilham o passado aterrorizante da crueldade nazista na Segunda Guerra Mundial. Nos dias de hoje vivem numa casa de idosos nos Estados Unidos, onde refizeram suas vidas, mas nunca esqueceram as dolorosas lembranças do passado. Tanto que Max acredita que finalmente descobriu a identidade do guarda responsável pela tragédia de suas famílias há cerca de 70 anos. É quando eles resolvem traçar um ousado plano.

Zev, que apesar de sofrer da Doença de Alzheimer ainda é o mais saudável da dupla, assume a missão de ir atrás do guarda, que parece estar vivendo nos Estados Unidos com identidade falsa, e confrontá-lo. Só que eles têm quatro suspeitos vivendo em cidades diferentes. Apesar de todas as dificuldades, físicas e emocionais, Zev decide fazer justiça com as próprias mãos, e embarca em uma viagem muito mais longa do que os dois amigos imaginavam, com um desfecho surpreendente.

À primeira vista muita gente pode ter preconceito com um filme estrelado por dois velhinhos em busca de seus fantasmas do passado. Nada mais errado. Memórias Secretas garante suspense, alguns momentos até fofos, durante a jornada de Zev em busca de sua vingança. Mas não, ele não é um Chuck Norris da terceira idade. Tudo é feito com credibilidade e envolvimento do público. E, é claro, depende muito do talento de Christopher Plummer.

O papel de Zev foi pensado para o ator desde o começo da produção. De acordo com o produtor Ari Lantos, “não teríamos feito o filme se ele não quisesse participar do projeto”. Isso aparentemente nem passou pela cabeça de Christopher Plummer.  “Os segredos, a aventura e a jornada que este homem se propõe a fazer… Eu precisava interpretá-lo. O filme é uma verdadeira obra-prima! Não poderia ser descartado”, declarou o ator.

Outro ponto de destaque do elenco é a participação de reconhecidos atores alemães para interpretarem os suspeitos nazistas. O ótimo Bruno Ganz (famoso por interpretar Adolf Hitler em A Queda – As Últimas Horas de Hitler) faz o primeiro, Heinz Lieven (Aqui é o Meu Lugar) o segundo e finalmente Jürgen Prochnow (A Sétima Profecia). Jurgen é mais novo que os demais e teve que passar por sessões de maquiagem (perceptível) para o papel, ao entrar no lugar de Gunter Lamprecht (O Casamento de Maria Braun, Berlin Alexanderplatz), que teve que sair devido a um problema no joelho.

Heinz Lieven, Bruno Ganz e Jurgen Prochnow com o diretor Atom Egoyan no Festival de Veneza de 2015

Ou seja, com uma história envolvente, grande elenco e momentos memoráveis, Memórias Secretas é um daqueles filmes que terá um lançamento pequeno no cinema, ainda mais entrando na mesma semana do infantil Angry Birds – O Filme. Por isso, minha sugestão é que você corra para o cinema para vê-lo. Vale a pena!

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *