fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A redescoberta do Meu Eterno Primeiro Amor

Quando recebi as informações do lançamento de Meu Eterno Primeiro Amor nas plataformas digitais, fiquei logo interessada. Afinal, o primeiro amor é aquele que a gente não esquece. E o filme é sobre o reencontro dessas duas pessoas que se apaixonaram quando eram adolescentes. E agora a odestino fez que se reencontrassem num lugar estranho. Para meu coração totalmente romântico, era imperdível. Ele está disponível no Now, Vivo Play, Looke, Microsoft, Apple TV e Google Play.

Paul é um fotógrafo aventureiro que encontra seu primeiro amor, Anna, em um movimentado mercado filipino. A paixão nunca esquecida do viajante reacende. Os dois decidem então passar o dia juntos . Só que isso vai mexer com seus princípios sobre relacionamentos, religião e situações pré-estabelecidas.  Uma coisa leva à outra, e eles passam a noite juntos. E isso vai mudar tudo o que Paul pensa sobre amor e vida.

Adoro essas histórias sobre caminhos não percorridos. Sobre o “e se…”, reencontros, novas chances. Geralmente são as que mais me emocionam. Meu Eterno Primeiro Amor é o primeiro longa-metragem de Luke Mayze, que é conhecido por seus curtas. E ele só tem 1h17, ou seja é rápido ao contar a história desses dois durante um período de 24 horas.

A crítica

Adoro o fato que eles se encontram ao acaso. A gente acaba não sabendo muito sobre Anna. O personagem central é Paul, que ficou totalmente marcado por um amor de adolescente. Ele vê claramente no reencontro com Anna a oportunidade de resgatar um sentimento que foi tão especial. E obviamente ele nunca mais teve igual depois. A primeira parte do filme, que mostra os dois passeando pela cidade, é bonita.  Mas não tão eficiente quanto a segunda. Ali, quando os dois chegam na casa de Paul (maravilhosa, aliás), é que realmente o filme se diferencia até o final.

Os dois atores, o australiano Steven Rooke, e a italiana Carlotta Morelli são muito bons, e conseguem passar todos os sentimentos que cobrem esse reencontro. Eu gostei que o filme não pinta a história de cor de rosa (tipo Meu Eterno Talvez). Essas duas pessoas seguiram caminhos muito diferentes. Mas mesmo assim a atração, a paixão e o amor estão presentes. De uma maneira bem diferente da adolescência, mas ainda totalmente intenso. Valeu para Paul, e valeu para mim também!

2 Comentários

2 Comments

  1. Maria Barry

    25 de maio de 2021 às 1:48 am

    Amei o filme e me apaixonei pelo ator Steven Rooke?Qual mais filme dele? Com ele?

    • Eliane

      27 de maio de 2021 às 3:18 pm

      Olá Maria, tudo bem. Eu também gostei de Steven Rooke no filme. Infelizmente o único outro filme dele que achei disponível no streaming foi As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada (Disney Plus). Como ele é mais ativo na Austrália, tem pouca coisa disponível. Ele também fez uma participação na terceira temporada da série Harrow.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Streaming

A gente tem uma percepção que o cinema argentino só tem coisa boa. #sóquenão, rs. Hoje estreia nos cinemas o filme Diabo Branco. É...

Cinema

Cada vez mais temos acesso a filmes que mostram para o mundo a situação de racismo dos anos 60 e 70 e ainda usando...

Cinema

Jeffrey Dean Morgan é um daqueles atores que fazem diferença. Costumo dizer que assunto qualquer coisa com ele. Até leitura de lista telefônica. Rsrsrs....

Streaming

Filmes sobre relacionamentos proibidos do passado entre mulheres tvem ganhando cada vez mais espaço no cinema. Recentemente, tivemos o francês Retrato de uma Jovem...

Cinema

Um pouco antes de seu lançamento nos cinemas, Amonite era considerado um daqueles filmes para o Oscar. Especialmente com as  atuações de Kate Winslet...

Cinema

Cidade de Mentiras pode ser visto como um filme maldito. Isso porque ele foi produzido em 2016. E ficou todo esse tempo engavetado. Há...

Cinema

Gosto de descobrir esses filmes policiais classe B. Ou seja, esses que não vão para o cinema (ou não iriam na pré – pandemia)....

Cinema

A comédia é um gênero que o cinema brasileiro sabe fazer com eficiência. E, vamos combinar, nove entre 10 produções nacionais  mais bem sucedidas...