fbpx

O difícil momento de cancelamentos para J.J.Abrams

Ok,ok, ele é o cara que está trazendo Guerra nas Estrelas/Star Wars de volta. E é uma das pessoas mais poderosas (e talentosas) de Hollywood. Mas na televisão, J.J. Abrams e sua produtora Bad Robot, estão vivendo um momento difícil. Foi-se o tempo de seis temporadas de Lost e cinco de Fringe. A atual leva de séries produzidas pela empresa de J.J. Abrams está passando por um momento difícil. Três das quatro séries produzidas pela empresa atualmente no ar foram canceladas. E pela primeira vez, desde 2009, não haverá uma nova série deles estreando em TV aberta nos EUA na próxima temporada.

As três séries canceladas são Almost Human,  Revolution e Believe. A única que continua firme e forte, sendo um grande sucesso que embarca em sua quarta temporada no próximo mês de outubro, é Person of Interest, que faz parte da grade da Warner.

Além do cancelamento de Almost Human sobre o qual já falamos aqui, Revolution foi quase uma surpresa. Afinal , foi um grande sucesso quando estreou em 2012 mas ficou muito tempo longe e quando voltou, já tinha perdido o apelo. Por aqui, teve quase um lançamento “secreto” quando começou a ser exibida pelo canal Cinemax. Resultado: por aqui também nunca “aconteceu”! Já Believe chegou com grande pompa e circunstância,  afinal era feita a partir de uma associação feita nos céus da televisão: J.J. e Alfonso Cuarón. Mas não funcionou e por isso também acabou cancelada…

O lado positivo para Abrams é que há o comprometimento de uma nova série com a HBO para a produção de um faroeste/fantasia  baseada no cult movie Westworld – Onde ninguém tem alma, com Yul Brynner. E há também um projeto de uma série-evento baseada em um roteiro não produzido de Rod Serling (Além da Imaginação) e uma adaptação do romance de Stephen King sobre viagens no tempo, 11/22/63.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *