fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Nova série com Monica Raymund já tem data de estreia

A saída de Monica Raymund de Chicago Fire deixou os fãs inconsoláveis. Afinal, Gabriela Dawson era um dos personagens mais populares da série. Mas, se você era um deles, não se preocupe. A atriz está vindo aí numa nova série, programada para estrear em maio, simultaneamente com os Estados Unidos. A série se chama Hightown, e vai estrear no app de streaming Starzplay.

Hightown se passa em Cape Cod, e mostra a jornada de uma mulher rumo à sobriedade em meio aos desdobramentos da investigação de um assassinato.  Jackie Quiñones (Monica) é  uma agente do Serviço Nacional das Pescarias Marinhas. Ela vê sua vida mudar quando encontra um corpo na praia. Como resultado disso, Jackie dá os primeiros passos para se tornar sóbria – enquanto se convence de que precisa desvendar o assassinato.

No entanto, em desacordo com o Sargento Ray Abruzzo (James Badge Dale, 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi ), um inflexível, mas eficaz, membro da Unidade de Narcóticos de Cape Cod, Jackie começa a andar em círculos. E ela não está sozinha. Ray também acabou se perdendo em meio à investigação. As vidas de todos, conectadas a essa morte, entram em colisão.

O pessoal ligado à produção é de alto nível. A showrunner é Rebecca Cutter (de Gotham). Os produtores executivos são Gary Lennon ( de Euphoria) e  o todo poderoso Jerry Bruckheimer . Os dois primeiros episódios foram dirigidos por Rachel Morrison , diretora de fotografia de Pantera Negra. 

Mas por que Monica Raymund deixou Chicago Fire?

Em entrevista ao site CinemaBlend, Monica explicou a razão pela qual tinha resolvido deixar Chicago Fire e entrar para o mundo de Hightown.

“Eu sabia o que queria fazer. Queria representar uma mulher de cor, liderar uma série, e que essa série estivesse em uma canal a cabo ou de streaming. Essas eram as três coisa sque queria fazer nos próximos anos. E foi isso que aconteceu, check, check, check. Então estou agradecida. Estava realmente interessada em fazer drama, e também algo mais agressivo e dark que tivesse base no realismo. E não tinha medo de ultrapassar limites; deveria ter sexo, drogas e rock n’ roll, sabe?Eu queria fazer uma série onde eu me sentisse desafiada dessa maneira.”

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Streaming

Faz tempo que ouço falar sobre Abe. O filme, dirigido por Fernando Grostein , se passa em Nova York. E tem Noah Schnapp ,...

Cinema

A produção de O Último Duelo, que estreou nessa semana nos cinemas, é maravilhosa. Isso sempre é um destaque na filmografia de Ridley Scott....

Cinema

Em 2018, o filme Halloween deu um “refresh” na franquia de mais de 40 anos. Quebrou vários recordes, e fez muito dinheiro. Já deixou...

Cinema

Ridley Scott é quase sempre referência quando se fala em um espetáculo grandioso. Já foi indicado quatro vezes ao Oscar, uma delas por Gladiador....

Cinema

O feriado de Nossa Senhora de Aparecida me parece um bom dia para escrever a crítica do filme de Nossa Senhora de Fátima. Fátima:...

Cinema

Lembro que quando Venom  estreou em 2018, todo mundo esperava pelo pior. Mas o filme tinha um bom ritmo, e ainda os diálogos divertidos...

Streaming

Comédia romântica é um de meus gêneros preferidos. Sempre busco alguma perdida no streaming. E, por várias vezes, passei por Te quiero, Imbecil na...

Cinema

Eu gosto dos filmes de James Bond da fase de Daniel Craig. Menos Spectre, que é bem fraco, especialmente no que diz respeito à...