fbpx

Os detalhes da briga entre Rose McGowan e Alyssa Milano

 data-srcset

A gente sempre soube que a vida nos bastidores da série Charmed (a dos anos 90, não a atual) não era fácil. Começou com a saída de Shannen Doherty, e continuou com ditos problemas de relacionamento com Alyssa Milano. Mas, agora, mesmo depois de tantos anos após o final (2006), as brigas continuam. Na última sexta, a atriz Rose McGowan, que substitui Shannen na série, deixou bem claro seus problemas com Alyssa Milano.

Como tudo começou?

Tudo começou com o de sempre, discussão sobre política. Rose McGowan fez um post dizendo que a culpa de tudo que os Estados Unidos vem sofrendo com Donald Trump era dos democratas, que não haviam feito nada.  Alyssa respondeu o seguinte: ” Para Rose e qualquer outra pessoa que ficam batendo na tecla ‘os democratas não ajudam as pessoas’. Suas mentiras vão machucar pessoas menos privilegiadas que vocês. É o tipo de coisa que uma fraude verdadeira faria. Milhares de pessoa estão morrendo por dia, mas vocês continuam com esses tweets que buscam atenção”

Logo, Rose McGowan também foi ao Twitter e publicou três posts, que… digamos assim… deixam bem claro o que ela pensa de Alyssa.

“1 – Você roubou o #metoo (uma brilhante ferramenta de comunicação, não um movimento) de Tarana. Você cooptou meu movimento, o Cultural Reset, por fama, ciúme porque eu identifiquei meu estuprador. Você ganhava 250 mil por semana em Charmed.

2 – Você deu um escândalo na frente da equipe, gritando, ‘Eles não me pagam o suficiente pra fazer essa m****!’. Comportamento diário terrível. Eu chorava toda vez que éramos renovados porque você fazia do set um ambiente tóxico. Agora, sai de mim, sua maldita fraude”

O 3º post era um vídeo do programa Nightline, da ABC, onde Rose disse claramente “eu não gosto dela”, porque Alyssa é “uma mentira” devido ao seu envolvimento no movimento #MeToo. Procurada pelo programa, Alyssa enviou um comunicado  sobre o assunto. “Eu sempre dei suporte para Rose, e admiro sua bravura em falar sobre suas experiências. Meu objetivo nos últimos meses tanto no #MeToo quanto no #TimesUp foi usar minha plataforma para dar voz a outros para que todos nós possamos trabalhar juntos para identificar assédio sexual e a agressão sexual.”

Outros comentários

Várias pessoas da equipe de Charmed também foram ao Twitter para defender Alyssa Milano, inclusive a produtora Krista Vernoff, hoje showrunner de Grey’s Anatomy. Só lembrando que recentemente Alyssa e Holly Marie Combs fizeram uma participação especial em Grey’s.  ” Eu conheço sua paixão, sua luta por uma causa, energia, compreensão, e ética de trabalho – e também a sua graciosidade.”

E assim com na série, Holly Marie Combs, que era a irmã apaziguadora, tentou colocar panos quentes em todo esse barraco.  “Nós todos somos diferentes, e defendemos aquilo em que acreditamos. Esse era o tipo de independência que a série defendia na época, e a qual defendemos hoje. Na verdade, é apropriado que sejamos diferentes e não pretendamos  ser o contrário.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *