fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Para conhecer o Festim Diabólico de Alfred Hitchcock

Hoje (17), estreou no Belas Artes a La Carte, um dos filmes mais pessoais e diferenciados da carreira de Alfred Hitchcock. É Festim Diabólico, de 1948. O filme é especial em vários sentidos. Ele foi rodado em 10 takes, que  tinham de quatro a dez minutos. Era o máximo que as câmeras e projetores da época suportavam. E ele também ficou indisponível por cerca de três décadas, junto com outros quatro. Eram eles, Janela indiscreta, O Homem que sabia Demais, O Terceiro Tiro e Um Corpo que Cai por um problema de direitos. Lembro de ter visto todos eles num festival ainda menina. Desde então, Hitch se tornou um de meus diretores preferidos.

As curiosidades de Festim Diabólico

Mas é interessante  relembrar que Festim Diabólico era um filme muito a frente de seu tempo . Na história, acompanhamos Philip Morgan e Brandon Shaw (Farley Granger e John Dall). Eles estrangulam um amigo em comum, David Kentley, até a morte com um pedaço de corda. O motivo? Puramente um exercício de inspiração filosófica e para provar que conseguem realizar o crime perfeito. Mais tarde, os dois recebem amigos e família em seu apartamento. Isso inclui a noiva da vítima e o seu professor universitário (James Stewart). As palestras deste último inadvertidamente inspiraram o assassinato. E para deixar tudo ainda mais surreal,  Philip e Brandon servem a comida em cima do baú em que está escondido o corpo de David.

Houve vários problemas com o lançançamento, o que acabou fazendo com que ele não tivesse sucesso de bilheteria. Festim Diabólico se baseava em uma peça de Patrick Hamilton. Esta, por sua vez, se inspirava na história real dos famosos assassinos Nathan Leopold and Richard Loeb. Muitos cinema acabaram se recusando a exibir o filme, porque ele sugeriria uma relação homossexual entre os dois amigos.  Mas é uma brilhante aula de cinema. Foi também o filme colorido do diretor.

Outros filme de Hitchcock

O Belas Artes a La Carte tem ainda outros filmes de Hitchcock disponíveis. Suspeita deu o Oscar de melhor atriz para Joan Fontaine. Nele, ela é a  rica e tímida Lina McLaidlaw, que conhece o charmoso apostador Johnnie Aysgarth. E como ele é feito por Cary Grant no auge do charme, ela  foge e casa com o rapaz, apesar da desaprovação do pai. Só que quando um amigo de Johnnie morre, ela teme que o marido esteja pensando em matá-la para ficar com sua herança. Vale conhecer.

Há também a curiosidade de conhecer 3 curtas feitos pelo diretor em 1944. Os três também estão no Belas Artes a La Carte. Bon Voyage é um curta de propaganda falado em francês, dirigido por Hitchcock para o Ministério da Informação britânico.  Aventure Malgache é um média-metragem, também feito com o mesmo objetivo. Já The Fighting Generation é um curta de serviço público produzido para o Departamento do Tesouro dos EUA. Se destinava a aumentar as vendas de títulos de guerra. Foi dirigido por um não creditado Alfred Hitchcock e estrelado por Jennifer Jones como auxiliar de enfermagem.

Você pode achar ainda outros filmes de Hitchcock no streaming. Eu já escrevi sobre eles aqui.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Há alguns diretores que tem um estilo todo o pessoal. Ou seja, mesmo sem ver os créditos, você sabe que um filme foi dirigido...

Cinema

Os fãs de clássicos tem sempre dificuldades de achar os filmes no streaming. De vez em quando se “pesca” um aqui, outro ali. Mas,...

Cinema

Outro dia, conversando com uma amiga, ela me pediu dicas de filmes leves, românticos, para rir. Ela especificamente disse “filme de beijo na boca”,...

Cinema

Há algum tempo, assisti o filme biográfico da cantora Dalida na TV. A produção de 2016 era bem feita einteressante. E me fez conhecer...

Streaming

Eu me lembro a primeira vez que vi Lambert Wilson. Faz muito tempo, no filme Sahara, uma bomba dos anos 80 com Brooke Shields....

Cinema

Tenho em mente que o passado existe e não é possível apagar. Sou veementemente contra essa cultura de cancelamento de filmes que temos visto...

Cinema

Gosta de filmes franceses? O Belas Artes a La Carte  vai disponibilizar 29 filmes do país  entre  15 de janeiro a 15 de fevereiro...

Cinema

Ricardo Darín é uma daquelas unanimidades cinematográficas. Todo mundo gosta dele e da maioria de seus filmes. É o caso de seus grandes clássicos,...