fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

As 10 melhores séries de 2021 do Blog de Hollywood

Este ano vi muito menos séries do que gostaria. Continuei a acompanhar as clássicas de sempre. Grey’s Anatomy, The Resident, The Walking Dead, Law and Order SVU, 9-1-1.  Amo todas! Mas vi menos novidades do que pretendia. Entretanto daquelas que vi, tinha muito coisa boa. E eu escolhi as 10 melhores entre  elas –  as minhas melhores de 2021.

10º – Calls (Apple TV Plus)

Foi a série mais surpreendente que vi em 2021. São 8 episódios, que funcionam como uma rádionovela. Mas com detalhes que explicam, assustam, e apresentam momentos de incrível suspense. Calls é uma série que conta diferentes histórias curtas através de ligações por áudio e visuais minimalistas. Tudo se passa no mesmo universo, onde estranhas situações acontecem. São histórias independentes, mas  que estão interligadas. As imagens, através dos diálogos  entre os personagens , parecem extremamente vívidas.  Aliás, a “falta de imagens” é também substituída por efeitos que “sentem” os acontecimentos. Tudo torna o drama ainda mais intenso! E as vozes são feitas por gente importante como  Pedro Pascal, Aubrey Plaza e Lily Collins.

9º – Them (Amazon Prime)

É chocante, é incômoda, revoltante, mas mesmo assim fascinante. A série se passa nos anos 60. Aborda um fenômeno social, conhecido como A Grande Migração. Seis milhões de famílias negras saíram de comunidades rurais nos Estados Unidos e foram para grandes centros urbanos. É o caso da família Emory. Eles se mudam para uma casa de sonho numa comunidade só de brancos na Califórnia depois de terem sofrido uma grande tragédia. Só que começam a sofrer terríveis ataques racistas. E  como se isso não bastasse, ainda há uma força maligna  sobrenatural na casa que aterroriza a todos. A princípio, a série me incomodou tanto que pensei em desistir, mas depois, ela acabou ficando na mente, mesmo depois de muito tempo.

8º – The Flight Attendant (HBO Max)

A série chegou em 2020 na HBO Max. Mas como o serviço só chegou aqui este ano, é possível considerar para nós como uma estreia de 2021. A estrela é Kaley Cuoco, de The Big Bang Theory. Ela inclusive foi indicada para todos os prêmios por sua atuação.

Ela é Cassandra Bowden, uma comissária de bordo. Cassie, como todos a chamam,  acorda de ressaca num quarto de hotel na Tailândia com um cadáver deitado ao lado dela. Só que Cassie não lembra de nada que aconteceu. Com medo de chamar a polícia, ela foge e começa a viver como se nada tivesse acontecido. Junta-se aos colegas de trabalho e embarca de volta para Nova York. Lá ela é recebida por agentes do FBI. É quando resolve começar a investigar tudo por conta própria. A série apresenta uma série de inovações. Opta por colocar Cassie conversando – e se apaixonando – pelo morto dentro de sua cabeça. Ainda usa a divisão de tela para apresentar diversos momentos ao mesmo tempo. Os figurinos, a fotografia, a direção de arte, os atores. Tudo é muito bom.

7º – American Rust (Paramount Plus)

A história é contada pelo olhar do complicado e comprometido chefe de polícia Del Harris (Daniels) de Rust Belt. É uma  pequena cidade da Pensilvânia, cheia de pessoas do bem, mas que tomam decisões erradas. Quando a notícia de um assassinato se espalha pela cidade, Harris precisa decidir quais medidas estará disposto a tomar para proteger o filho da mulher que ama, Grace (Maura Tierney). A história tem um clima mais tenso, difícil mesmo. os personagens são ainda mais misteriosos. Não é para todos os gostos, mas envolve bastante. E a série já conquista pelos dois atores principais. Jeff Daniels é incrível no drama, e não é diferente aqui. Maura Tierney parece que está sempre a ponto de explodir, rs. As cenas entre os dois são ótimas.

6º – Missa da Meia-Noite (Netflix)

Adoro um bom terror. E Missa da Meia-Noite me surpreendeu em vários momentos – e assustou também. Em Missa da Meia-Noite, Riley Flynn (Zach Gilford) retorna para sua cidade natal , a ilha Crockett, depois de anos. Ele esteve preso após matar uma jovem enquanto dirigia bêbado.  No mesmo dia, chega também à ilha o jovem padre Paul (Hamish Linklater). Ele é um homem carismático. Diz que veio para substituir o padre local, que está se recuperando de uma doença no continente. Só que a partir da chegada dos dois nessa comunidade costeira e isolada, eventos milagrosos e presságios assustadores começam a acontecer. E isso causa uma comoção entre os moradores da pequena ilha.  A proposta aqui é uma tensão constante. Algo que vai deixar você desconfortável em diversos momentos. É uma série muito diferente de tudo que você tem visto ultimamente na Netflix. Não é fácil, mas é uma experiência especial.

5º – Lupin (Netflix)

A série foi apresentada em duas partes na Netflix em 2021. Na primeira,  conhecemos Assane, um fã de Arsene Lupin. Lupin é um anti-herói, um ladrão cavalheiro, que é enorme sucesso da literatura francesa há séculos. Assane rouba um colar de Maria Antonieta. Só que isso tem a ver com um acontecimento do passado. Seu pai foi acusado de roubar o colar e morreu na cadeia. Desde então, Assane tenta entender o que aconteceu. Na segunda, o filho de Assane, Raoul, é sequestrado a mando de Hubert Pellegrini (Hervé Pierre), com o objetivo de atingir o ladrão. Tem momentos de ação constante que não ficam nada a dever a grandes filmes de espionagem. Lupin ainda sabe mostrar paralelamente os acontecimentos do passado e do presente. E tem Omar Sy, sempre ótimo!

4º – Schmigadoon (Apple TV Plus)

É uma das séries mais divertidas e diferentes que vi nos últimos tempos. Schmigadoon é uma grande homenagem aos musicais da Broadway, onde as pessoas saem cantando no meio de uma cena/situação. O princípio é mais ou menos o mesmo de um clássico do cinema, A Lenda dos Beijos Perdidos/ Brigadoon. Até o título é uma referência. Schmigadoon! acompanha a história de  Josh (Keegan-Michael Key) e Melissa (Cecily Strong). Eles são um casal que decide embarcar em um mochilão para dar uma nova chance ao seu relacionamento. Só que, durante a viagem,  eles descobrem uma cidade mágica onde o tempo parece ter parado. Lá, os habitantes se comportam como se estivessem em um constante musical antigo. Presos nesse lugar,  eles fazem uma descoberta. Não vão conseguir sair dali enquanto não encontrarem o “amor verdadeiro”.

Tudo é divertido e maravilhoso. Mas, se você não gosta de musicais, nem pense em passar perto, rsrs. Entretanto, se gosta, ou se ama como eu, vai ficar com um sorriso no rosto o tempo inteiro!

3º – Only Murders in the Building (Star Plus)

A série é uma mistura de trama tipo Detetive, coma comédia divertida no estilo que conhecemos das várias parcerias de Steve Martin e Martin Short. É uma delícia! A série mostra três estranhos que compartilham uma obsessão por podcasts do gênero true crime. É quando, de repente, se veem envolvidos em um crime na vida real. Uma morte horrível ocorre dentro de seu exclusivo prédio de apartamentos no Upper West Side. O trio – formado por Mabel (Selena Gomez), Charles (Steve Martin) e Oliver (Martin Short) – começa então a  ter várias suspeitas. Resolvem então usar seu conhecimento de true crime para investigar o caso. O divertido de Only Murders in the Building é que ele não pretende ser nada mais do que uma… diversão. Claro, há algumas críticas sociais, piadas sobre diferenças de idade. A série ainda tem as participações especiais ótimas de algumas figuras bem conhecidas, associadas com Nova York.

2º – Mare of Easttown (HBO Max)

A minissérie de seis episódios se passa na cidade de Easttown . Mare ( Kate Winslet) é uma detetive da polícia local, que já foi uma grande atleta. Hoje, ela é uma mulher divorciada, que passou por uma grande tragédia. Tem uma vida difícil, vivendo com a mãe, a filha e o neto. Ao mesmo tempo, tenta  sem sucesso resolver o caso de uma jovem desaparecida há mais de um ano. Tanto que seu superior chama um detetive de outra cidade (Evan Peters) para trabalhar com ela. É quando acontece um assassinato.

É uma ótima experiência seguir junto com Mare tudo o que acontece. Há vários suspeitos que podem ser os culpados. Mas já aviso que os culpados podem ser os mais inesperados. Adoro me surpreender com um desfecho. Foi o caso aqui. E Kate Winslet faz dessa jornada uma experiência especial. Claro que não é só ela! Julianne Nicholson, Jean Smart, Sosie Bacon! Todas perfeitas e dignas de prêmio. Mas é claro, sem esquecer Evan Peters, que aqui deixou de lado seus personagens meio doidos e mostrou mais uma vez seu talento.

1º – WandaVision (Disney Plus)

Primeira série da Marvel pós-Ultimato, do ponto de vista artístico, WandaVision superou muito o que se esperava. Em seus nove episódios, homenageou um gênero que as pessoas amam, a sitcom. Deu aos fãs dos filmes da Marvel a ação e a mitologia. Criou uma nova heroína, Monica Rambeau (Teyonah Parris). Ela inclusive já está programada para aparecer  em Capitã Marvel 2 (2022). Achou uma vilã ótima e divertida. Agnes/ Agatha Harkness numa  atuação primorosa de Katherine Hahn.

Mas, mais do que tudo, WandaVision nos entregou uma história de amor. A química entre Paul Bettany e Elizabeth Olsen já tinha ficado clara nos filmes do Universo Cinematográfico da Marvel. Mas na série  a coisa realmente se firmou. Isso sem contar as atuações de ambos, especialmente de Elizabeth Olsen. A Marvel já disse que não há planos para uma segunda temporada de WandaVision. Apesar de ter amado a série, acho correto. Isso a torna ainda mais especial. E imperdível! Foi a melhor de 2021!

Aproveite para ver o vídeo dos melhores de 2021 do Blog de Hollywood:

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Nessa quinta, o mundo perdeu Donald Sutherland. Era um grande vilão (ficou famoso para toda uma nova geração com Jogos Vorazes. Mas sabia ser...

Streaming

O inverno está começando, mas na maioria do país nem parece. Então, se você , como eu, também sente falta do frio, e não...

Cinema

Eu sei que a maioria adora Divertidamente, animação da Pixar  que ganhou o Oscar de melhor animação em 2015. Eu gosto, mas não amo....

Streaming

Sob as Águas do Sena teve um grande sucesso em sua estreia na Netflix. Muita gente gostou. Eu achei muito fraco. História absurda, roteiro...

Premiações

O povo de Hollywood fez a festa em Nova York na entrega do Tony, o prêmio maior do teatro. Nessa edição de 2024, The...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Provavelmente você já ouviu falar da minissérie inglesa Bebê Rena, que está na Netflix. Muita gente tem me perguntado sobre ela nas redes sociais...

Streaming

Resolvi fazer essas listas de dicas de séries ( veja os da Max , da Star Plus e da Apple TV Plus) porque muita gente me pede...

Streaming

Resolvi fazer essas listas de dicas de séries ( veja os da Max e da Star Plus ) porque muita gente me pede dicas...

Streaming

A HBO Max se transformou em MAX, mas para mim, o apelo não tem nada a ver com o conteúdo de futebol ou da...

Streaming

Sabe aquela situação em que você acompanha filmes e séries que tem uma certa similaridade? Pois foi o que aconteceu com meu amigo José...

Streaming

Há muito tempo, eu assisti o filme clássico francês O Salário do Medo. Dirigido por Henri Georges Clouzot, tinha Yves Montand no papel principal....

Streaming

Tem muita coisa boa chegando na Prime Video este mês. Com estarei viajando a maior parte do mês, vai ser difícil correr atrás do...

Séries

Kate Winslet faz parte do trio das melhores atrizes da atualidade – na minha opinião. Junto com Cate Blanchett e Charlize Theron, deveria ser...