fbpx

Novas acusações de Pauley Perrette contra Mark Harmon

Uma coisa é certa, os bastidores de NCIS sempre foram meio problemáticos. De qualquer maneira, desde sua saída da série no final da 15ª temporada, Pauley Perrette, a Abby, mencionou várias vezes o assédio moral e físico que sofria na série. Em maio do ano passado, ela declarou que sofreu múltiplos ataques físicos, e um ambiente altamente tóxico. E dava a entender que o culpado de tudo isso era Mark Harmon. Veja a matéria da época aqui. Só que agora ela foi bem mais direta.

As acusações no Twitter

Ela usou as redes sociais para dizer que nunca voltaria para NCIS porque ela morre de medo de Mark Harmon. Veja o tweet abaixo com o uso das letras maiúsculas mesmo:

“NÃO, EU NÃO VOU VOLTAR! NUNCA! (por favor parem de perguntar?) Eu morro de medo de Harmon, e que ele me ataque. Eu  tenho pesadelos com isso. Eu tenho uma nova série que é SEGURA E FELIZ! Vocês vão amar! #HappyPlace Amo vocês!”

Num tweet seguinte , ela complementou e postou essa foto:

“Você acham que eu esperava que não teria volta? Vocês não me conhecem. ISSO aconteceu com um membro de minha equipe e eu lutei como o inferno para impedir isso acontecesse novamente. Para proteger minha equipe. E então eu fui agredida fisicamente por dizer NÃO!? e perdi meu emprego.”

Daqui em diante…

Nem a CBS, que exibe NCIS, nem Mark Harmon, diretamente mencionado aqui, deram declaração alguma sobre a situação. Nessa nova temporada, Pauley foi substituída por Diana Reasonover, com a personagem Kasie Haines. E ela até que funciona muito bem. Ainda no final dessa última temporada, o retorno de uma personagem muito querida foi o que provocou as perguntas nas redes se Pauley também voltaria para uma participação. Aqui no Brasil, ainda falta um pouco para esse episódio.

A nova série a que Pauley Perrette se refere,  Broke, é uma sitcom também produzida pela CBS. Conta a história de uma mãe solteira cuja vida se transforma em uma confusão quando a irmã e o marido vão morar com ela.

Fotos de divulgação

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *