fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Um “herói” francês para fazer rir

A comédia é sempre um gênero complicado. O que pode fazer uma pessoa cair no chão de rir, simplesmente não provoca nem um sorriso na outra. Eu, por exemplo, adoro  um tipo de comédia refinada, com toques românticos, sobre duas pessoas muito diferentes, que começam a história sempre implicando com a outra. Daquele tipo que Hollywood fazia com frequência na época de ouro, com Rock Hudson e Doris Day, ou ainda Katherine Hepburn e Spencer Tracy. Ou ainda para dar um exemplo recente, Sandra Bullock e Ryan Reynolds em A Proposta.

E fiquei bem surpresa a encontrar tal química e diversão em Jean Dujardin e Melanie Laurent em O Retorno do Herói, que estreou essa semana nos cinemas. É sexy, e divertido, algo inesperado em geral no cinema francês recente. Ele, aliás, remete a filmes dos anos 50 e 60 que eram muito populares por lá, a comédia de aventura, mas aqui com diálogos afiados e modernos.

A História

A história começa em 1809 na França. Noivo da irmã de Elisabeth, o Capitão Neuville é convocado para o front de batalha, deixando sua futura noiva de coração partido. Isso porque ele prometeu lhe escrever cartas, só que elas nunca chegaram. Elisabeth, então, decide escrever cartas em nome dele para animá-la. Inclusive dando a entender numa última, que ele estava às portas da morte. Só que quando o Capitão reaparece, a confusão começa, pois, as histórias que Elisabeth inventou sobre as aventuras de Neuville criaram um personagem heroico muito distante de quem o homem realmente é. Para piorar, quando começam a conviver, o ódio cômico que existia entre Elisabeth e Neuville começa a dar lugar a outro sentimento.

O Elenco

O capitão de Jean Dujardin é perfeito para o seu talento para homens canastrões e sedutores. Assim como em O Artista, ele funciona bem, e é divertido. Mas o filme na verdade é um veículo para Melanie Laurent (lembra dela de Bastardos Inglórios?). Essa é a primeira comédia dela e ela abraça  a personagem Elisabeth com garra e se mostra uma comediante nata. É dela um diálogo ótimo sobre a igualdade entre homens e mulheres. “Você acha que estamos na idade média? Esse é o século 19”. Na sessão para imprensa dava para ouvir alguns aplausos, inclusive o meu. Rs.

Além disso, o filme é visualmente lindo, com cores forte, belos figurinos e locações em castelos. Mais um triunfo do diretor Laurent Tirard, que já nos deu os dois filmes de O Pequeno Nicolau. Fofos, bonitos e divertidos, assim como O Retorno do Herói.

Fotos de divulgação

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Cinema

O diretor e roteirista Rafael Gomes é claramente um romântico. Seus dois filmes anteriores,  45 Dias Sem Você (2018) e Música Para Morrer de Amor (2020),...

Streaming

Quem dá dicas e filmes de séries também adora receber dicas – especialmente as boas. Um amigo me indicou um filme policial da Netflix...

Cinema

45 do segundo tempo é um filme sobre futebol e amizades. Sobre sonhos que foram deixados pelo meio do caminho, sobre o reiniciar sempre....

Streaming

Uncoupled chegou há pouco tempo na Netflix, e é uma dessas séries que eu tinha intenção de ver, mas acabei deixando pra trás. Outras...

Streaming

Já disse aqui algumas vezes que não sou uma pessoa religiosa. Por causa disso, evito entrar em conversas sobre o assunto. Mas, é meio...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Tem muita gente que eu conheço que odeia terror. Eu gosto muito. Mas, quando já se viu tantos filmes do gênero como é o...

Cinema

Sou fã dos livros de Agatha Christie, especialmente aqueles com o detetive Hercule Poirot. Sempre gostei de sua ironia, da perceber a forma como...

Cinema

Em 2019, Turma da Mônica -Laços foi um grande sucesso. Trouxe o universo de Maurício de Sousa para o mundo do live action com...

Cinema

Mesmo com seu 69 anos, Liam Neeson não para de trabalhar. Ele já anunciou que não quer fazer mais filmes de ação, porque realmente...

Cinema

Já faz muito tempo que o Brasil tenta, tenta, e não chega lá entre os finalistas do Oscar. A última vez foi no século...

Cinema

Muita coisa boa chegando no streaming e no cinema. Começando pelo cinema, eu já aviso que sou mega fã dos dois filmes dos Caça-Fantasmas...

Cinema

Os dois filmes de Caça-Fantasmas, produzidos nos anos 80, são divertidos e deliciosos companheiros de tardes de toda uma geração. Atualmente estão disponíveis no...

Cinema

Tenho uma certa dificuldade de lidar com gente que fala demais. Daquele tipo que adora ouvir sua própria voz, sabe como é? Então para...