fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

Analisando “Alphonse”, a picante série francesa da Prime Video!

Muitas vezes, uma produção pode “morrer” por causa de um escândalo. Eu nunca tinha ouvido falar da minissérie Alphonse, com Jean Dujardin. Mas buscando uma série curta na Prime Video, me deparei com ela. Com um elenco interessante resolvi tentar. A análise está abaixo. Só que depois de assistir, me perguntei a razão do “lançamento secreto”, ainda mais porque se trata obviamente de uma produção cara, estrelada por um vencedor do Oscar (por O Artista). Um pouco de pesquisa depois, descobri. O showrunner da série, Nicolas Bedos,  está sendo processado por assédio sexual numa boate francesa, onde estava visivelmente alcoolizado. O julgamento será em setembro. Isso explica “o lançamento secreto”, especialmente porque a série tem um grande apelo sexual.

A sinopse oficial tenta ser o mais genérica possível. “Alphonse (Dujardin), é um quarentão que está enfrentando uma crise profissional e em seu casamento. Ele se reconecta com seu pai distante, e descobre um caminho surpreendente. No caminho, ele conhece uma galáxia de mulheres, cada uma mais excitante e peculiar que a outra. Isso o leva a uma jornada que é perigosa e transgressora, mas cheia carinho”. Rsrs! Na verdade, depois de perder o emprego, Alphonse descobre que seu pai se prostitui. Mas quando ele tem um ataque cardíaco, e fica impossibilitado de “cumprir suas funções”, Alphonse resolve assumir o trabalho. A idade das clientes do pai fica por volta dos 60, 70 e 80 anos, o que provoca as mais diversas situações inesperadas.

O que achei?

Além do dia a dia com suas clientes, onde ele usa as mais diversas personalidades/fantasias, ainda há outros dramas. A mãe que foi embora quando ele era criança, e também o neto viciado de uma das clientes. Isso sem contar a esposa de Alphonse, Margot (Charlotte Gainsbourg, de Ninfomaníaca), que se divide entre o casamento e a atração por outras mulheres.  Ou seja, muita coisa acontece em seis episódios, rsrs. Mas o problema é que em alguns momentos, a história se torna apelativa demais. A maior parte das clientes tem inseguranças e carências assombrosas. Tento ser uma pessoa com a mente aberta, mas confesso que em diversos momentos me incomodei com isso. A personagem de Nicole Garcia (Martha) é altamente irritante. Cada vez que ela começava com a história do bebê, eu pegava o celular.

Há alguns flashbacks interessantes,entretanto, e a fotografia é linda . A produção também é bem cuidada . A trilha sonora funciona (tem até Gilberto Gil e Gal Costa). Jean Dujardin é sempre um charme, e Charlotte Gainsbourg está ótima –  só acho estranho que ela nunca tira tudo menos sutiã nas cenas de sexo, rs. As atrizes veteranas  que fazem as clientes são incríveis (e corajosas), pena que o roteiro não lhes faça jus.

E no final…

O último episódio parece altamente corrido. E ainda tem um salto temporal onde os personagens mais improváveis se juntam. Sem esquecer que acontece uma coisa que nunca ocorreria numa série americana (#semspoilers), rsrs. Muita gente vai se chocar com ela. Ah, e já aproveito para avisar que Alphonse tem cenas fortes, inclusive sexo a três, nudez,  ou seja, tire as crianças da sala, rs. De qualquer maneira, o final é frustrante. Dá a impressão que tinham certeza que seriam renovados para uma segunda temporada. Mas acho pouco provável, especialmente por causa de toda a situação de Nicolas Bedos. Entretanto, se isso acontecer, vou querer saber como vão resolver essa história. Do jeito que está foi só uma experiência com final frustrante.

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Gossip

Quando escrevi a minha crítica da 3ª temporada de Bridgerton, confesso que fiquei um tanto perdida com a reação de Francesca quando é apresentada...

Streaming

Ok, todo mundo ouviu falar mal de Madame Teia, que é o pior filme de super-herói já feito etc. Tanto que foi a ´pior...

Streaming

Semana passada, eu tirei uma noite para ver dois filmes no MAX que tinham duas atrizes que eu gosto. O primeiro é Am I...

Streaming

A primeira temporada de Feud – disponível no Star Plus – foi sensacional. A história da relação entre as estrelas Bette Davis e Joan...

Streaming

Nessa quinta, o mundo perdeu Donald Sutherland. Era um grande vilão (ficou famoso para toda uma nova geração com Jogos Vorazes. Mas sabia ser...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Anatomia de um Queda concorre a cinco Oscars, inclusive filme , direção , e atriz (Sandra Huller). É provável que não leve nenhum desses....

Cinema

Eu adorei o filme francês Os Três Mosqueteiros : Dartagnan (crítica aqui).O filme fez um enorme sucesso na França (aqui está disponível no Telecine)....

Cinema

O cinema francês tem várias opções disponíveis no streaming – e também vários conseguem ainda ser lançados no cinema. Nesse último caso, estreou esta...

Cinema

Isabelle Huppert é uma grande diva do cinema francês .  Completou 70 anos em março último, e está linda. Já foi indicada ao Oscar...

Streaming

Christian Bale para mim é um dos melhores atores da atualidade, se não for o melhor. Dessa forma,  quando vi que a Netflix ia...

Cinema

Eu conheci o Pequeno Nicolau em seu segundo filme, As Férias do pequeno Nicolau. Só depois vi o primeiro. E adorei ambos. Atualmente estão...

Streaming

Há alguns momentos na história que você sempre se lembra onde estava. O ataque à Torres Gêmeas, a morte de Diana, e também a...

Séries

O AXN anunciou esta semana as estreias das novas temporadas de duas de suas melhores séries. Candice Renoir e Bright Minds chegam com novos...