fbpx

Os terríveis filmes mais lucrativos dos últimos cinco anos

Você já se perguntou a razão pela qual de uns tempos para cá são produzidos tantos filmes de terror ? A resposta é simples. Eles dão muito dinheiro!! Mesmo aqueles muuuuito ruins e que nem assustam tanto. O site moviepilot publicou um estudo ontem (10) sobre quais os filmes que mais deram lucro no período entre 2010 e 2015. E , surpresa, não foi nenhuma grande produção da Marvel. Todos os 10 primeiros são filmes de terror. Eles fizeram uma conta simples, cruzaram o valor de produção com seu resultado nas bilheterias do mundo. Apesar de vários outros custos não incluídos aqui fazerem uma diferença na conta final dos produtores, mesmo assim o resultado é surpreendente.
Veja a lista abaixo:
10. O Último Exorcismo  ($70 milhões de dólares de bilheteria versus $1.8 milhões de custo de produção)
09. Annabelle ($250 milhões versuas. $6.5 milhões)
08. Chernobyl:Sinta a Radiação ($38 milhões  versus. $1 milhão)
07. Sobrenatural: Capítulo 2 ($162 milhões versus $5 milhões)
06. Uma Noite de Crime ($91 milhões versus $3 milhões)
05. Atividade Paranormal  3 ($202 milhões versus $5 milhões)
04. Cybernatural ($48 milhões versus $1 milhão)
03. Atividade Paranormal  2 ($177 milhões versus $3 milhões)
02. Sobrenatural ($100 milhões versus $1.5 milhões)
01. Filha do Mal ($101 milhões versus $1 milhão)
Seis deles (Sobrenatural 1 e 2, Atividade Paranormal 2 e 3, Uma Noite de Crime, Cybernatural) são produzidos pela Blumhouse Productions, cujos donos devem estar rindo à toa. Uma outra curiosidade é que o filme que mais deu lucro no período, Filha do Mal,  é estrelado por uma brasileira, Fernanda Andrade. Não conhece? Eu também não. Depois de pesquisar, vi que ela tem trabalhado bastante, especialmente na TV, com participações em O Mentalista, Scorpion, Sons of Anarchy e NCIS, entre outros. No cinema também trabalhou ao lado de Andy garcia
Quem diria? Ser aterrorizante ajuda…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *