fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Meus momentos preferidos de Rutger Hauer

É bem provável que muitas matérias ressaltem que o papel mais marcante de Rutger Hauer, que faleceu hoje aos 75 anos, foi o do androide de Blade Runner. Discordo! Sem querer menosprezar sua incrível atuação no filme de Ridley Scott, para mim, o momento mais inesquecível do ator no cinema foi outro. Quem pode esquecer o trágico e romântico Navarre de O Feitiço de Áquila? Talvez como um dos lados do mais lindo exemplo de amor romântico, Rutger fez todas as mulheres suspirarem com sua atuação.

Ele não era mais um garotinho quando fez o papel. Já tinha 41 anos. Aliás,  inicialmente lhe foi oferecido o papel do vilão Marquet (que acabou ficando com Ken Hutchinson), mas Rutger recusou, dizendo para o diretor Richard Donner que gostaria de fazer o papel de Navarre. Quando o escolhido original, Kurt Russell, acabou desistindo pouco antes das filmagens começarem, Donner se lembrou disso, e chamou Rutger. E o resto é história.

O começo

O começo de sua carreira foi na sua terra natal, a Holanda. Foi lá que ele conheceu o diretor Paul Verhoeven, que o levou ao estrelato. Juntos eles fizeram uma série de TV e cinco filmes. Destes, o meu favorito é Louca Paixão (1973). O último foi o também ótimo Conquista Sangrenta (1985), quando ambos já estavam em Hollywood. Uma pena, pois eles brigaram, e nunca mais trabalharam juntos.

Numa cena de Conquista Sangrenta, Rutger Hauer e Jennifer Jason Leigh

Ao longo de sua carreira, Rutger fez mais de 170 papéis. Participou de várias séries – lembro especialmente de Alias, Smallville e True Blood. E também de muitos filmes. Aqui, vão aqueles que ficaram mais presentes em minha memória afetiva, além, é claro, de O Feitiço de Áquila:

Rutger Hauer e Anna Paquin em True Blood

Falcões da Noite

Rutger era o grande vilão desse filme. O mocinho era Sylvester Stallone. Mas era um filme policial atípico na carreira do ator, com um olhar realista sobre a história, bem diferente de Cobra. por exemplo. Aqui Rutger faz Wulfgar, o mais temido terrorista da Europa. Ele anuncia sua presença em Nova York, onde pretende realizar um atentado histórico. Logo, dois policiais (Stallone e Billy Dee Williams) são destacados para localizá-lo antes do ataque. No jogo de gato e rato brutal que se segue, o terrorista parece estar sempre um passo à frente da polícia, forçando a um último e mortal confronto. O final é aterrorizante.

https://www.youtube.com/watch?v=W5O1InPZG20

Buffy- A Caça Vampiros -1992

Não se engane, essa Buffy não é a série maravilhosa, com Sarah Michelle Gellar. É o filme fraquinho estrelado por Kristy Swanson e Luke Perry. Mas um dos pontos altos é mais um grande vilão para a carreira de Rutger. Ele era Lothos, um vampiro terrível, que dominava a cidade antes da chegada da Caça-Vampiros.

O casal Osterman (1983) – disponível na Looke

O apresentador de TV John Tanner foi o primeiro papel de um homem americano de Rutger Hauer. No filme dirigido por Sam Peckinpah, ele faz um jornalista que convida três de seus melhores amigos para um fim-de-semana divertido. Só que pouco antes da reunião deste ano, a CIA, convence o jornalista de que seus amigos fazem espionagem para a Rússia. Relutante, acaba por aceitar que sua casa seja monitorada. Entretanto, logo descobre que os planos não são como apresentados, e o fim-de-semana terá um clima diferente. Filmão!!

A Morte Pede Carona (1986)

Clássico aterrorizante!! Um jovem, Jim Halsey (C. Thomas Howell), está levando um carro para a Califórnia. No caminho ele dá carona a um psicopata, John Ryder (Rutger Hauer), que mata todos os motoristas que lhe dão carona. Entretanto, Jim consegue escapar, só que o louco assassino começa a persegui-lo de maneira implacável. E para piorar as coisas, a polícia pensa que Jim é o autor das mortes. Um dos destaques da carreira de Rutger, com outro vilão incrível!!

Blade Runner: O Caçador de Androides (1982) – Netflix

Sempre nas listas de melhores filmes de todos os tempos, Blade Runner nunca esteve entre meus filmes preferidos. Mas o replicante Roy Batty é provavelmente o papel mais conhecido de Rutger. Diz a lenda que sua mais famosa frase, dita ao final do filme, “Todos esses momentos serão perdidos no tempo… como lágrimas na chuva” foi improvisada por Rutger. Tanto que  Todos esses Momentos é o título de sua autobiografia. Blade Runner é também o seu favorito entre os filmes em que atuou.

https://www.youtube.com/watch?v=QmY-X9TNxMA

Fotos de divulgação

 

 

2 Comentários

2 Comments

  1. Lucy Fazolla

    28 de julho de 2019 às 8:45 pm

    Gratidão por tão bela, significante e merecida homenagem !
    Adorei !

    • Eliane

      31 de julho de 2019 às 10:27 pm

      Obrigada, Lucy!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Chris Evans parece querer bater as marcas de Dwayne Johnson como o cara que mais trabalha em Hollywood. Hoje foi anunciado mais um projeto...

Cinema

Os filmes de Thor sempre estiveram entre os meus favoritos da Marvel. Sim, mesmo aqueles que ninguém gostou. Talvez seja por causa de Chris...

Streaming

O povo americano tem o seu dia da independência como uma das datas mais celebradas do ano. É quando soltam fogos, se reúnem para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Gossip

Ricky Martin sempre me passou a imagem de um cara gente boa, esforçado e bem-humorado. Cheguei a vê-lo na Broadway fazendo Che Guevara numa...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Muita gente diz que religião é algo que não se discute. E quando misturam sexo na história menos ainda. Só que o cinema gosta...

Cinema

Foi com tristeza que soube que mais um dos gênios do cinema se foi nesse dia 5.  Tinha 91 anos, e não dirigia desde...

Cinema

Alan Ball é um daqueles realizadores que admiro totalmente. Ele foi roteirista de Beleza Americana e principalmente o criador de True Blood, uma de...

Séries

O cinema já nos deu vários filmes inesquecíveis sobre o Thanksgiving, ou Dia de Ação de Graças. Para os americanos é um feriado mais...

Streaming

Há alguns dias, coloquei aqui um lista de filmes para ver em casa com 10 homens lindos. Algumas pessoas me pediram para fazer o...

Séries

O final de Game of Thrones ontem à noite provocou as mais diversas reações das pessoas. Havia aquelas que tinham prazer em dizer “nunca...

Cinema

Pessoas envolvidas num jogo de vida ou morte vem sendo tema de filmes há quase 50 anos no cinema. Acho que o primeiro que...

Séries

Li todos os 13 livros das histórias de True Blood, de Charlaine Harris. São totalmente diferentes da série. Li também dois dos livros da...