fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Benedetta pode chocar muita gente, mas é muito bom!

Muita gente diz que religião é algo que não se discute. E quando misturam sexo na história menos ainda. Só que o cinema gosta disso. Vários filmes resolveram juntar as duas coisas sempre com resultados controversos. Je Vous Salue Marie, de Godard, ficou muito tempo proibido no Brasil. A Última tentação de Cristo, de Scorsese, enfrentou grandes problemas para ser exibido. E agora chega mais um deles aos cinemas. É Benedetta, de Paul Verhoeven. Foi tachado como escandaloso quando foi exibido no Festival de Cannes. Teve piquete contra ele quando passou no Festival de Cinema de Nova York. Ele estreia nessa quinta no Brasil.

Logo no início de Benedetta vem o aviso de que é baseado em uma história real. Na verdade, o roteiro usa como base o livro Immodest Acts: The Life of a Lesbian Nun in Renaissance Italy, de Judith Brown. Ele mostra o retrato de uma freira católica, a irmã Benedetta Carlini (Virginie Efira). Desde muito nova, Benedetta possui aquilo que se acredita ser o dom de fazer milagres. Isso fica claro quando se muda ainda menina para um convento em Pescia. Os anos passam, e já mais velha, ela ajuda a acolher Bartolomea, uma jovem que lhe implora abrigo e protecão. Logo as duas tornam-se muito próximas, crescendo entre elas um romance ardente. Logo a  madre superiora (Charlotte Rampling) e o enviado do Vaticano (Lambert Wilson) terão que resolver essa situação. Isso além de um suicídio, um cometa, e a peste chegando…

O que achei de Benedetta?

Muita gente poderá dizer que é só mais um filme de freiras transando como tinha aos montes nos anos 70. Tem isso sim. Mas, Benedetta é muito mais. É uma crítica à posição da mulher, ao poder das instituições, à corrupção. Paul Verhoeven tem um certo fascínio por histórias de dominadores e dominados. Já demonstrou isso em vários de seus filmes como Conquista Sangrenta, Instinto Selvagem e Elle. Não é diferente aqui. Mas, é claro, o diretor também adora corpos femininos. Afinal, ele fez Showgirls, né? Rsrs.

Eu gostei especialmente da história, já que o filme não entrega o que realmente está por trás das ações de Benedetta. Deixa para que a audiência decida. A direção de arte, fotografia, e principalmente o elenco funcionam muito bem. A belga Virginie Efira, trabalha de novo com Verhoeven depois de Elle. E arrasa em todos os momentos. Fiquei só chocada com sua semelhança com Kim Cattrall quando era nova, rs! E o filme ainda proporciona grandes momentos de Charlotte Rampling, Louise Chevilotte e Daphne Patakia (da série Versailles).

É claro que se você é uma pessoa muito religiosa pode se incomodar com vários aspectos da trama. Há freiras transando, nudez, Jesus visto de uma maneira muito peculiar. E ainda o uso inesperado de uma imagem de santa. Entretanto, como história e como filme, Benedetta tem aspectos fascinantes. Vale conhecer.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Cinema

Antes da pandemia, em 2019, todo mundo estava falando sobre um “jogo” chamado Baleia Azul. Ele era um conjunto de 50 desafios diários e...

Cinema

Não tenho grande conhecimento sobre animações japonesas. Nem mesmo as super elogiadas do Studio Ghibli e o diretor premiado Hayao Miyazaki. E confesso que...

Cinema

Michael Mann é um aficionado por corrida de carros. Já tinha produzido o ótimo Ford vs Ferrari ( disponível no Star Plus) . E...

Streaming

Eu tinha muita vontade de gostar da 4ª temporada de True Detective, com o subtítulo de Terra Noturna. Com Jodie Foster no papel principal,...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Folhas de Outono é um desses filmes que fiquei triste por ter perdido a sessão para a imprensa. Ele é o representante da Finlândia...

Cinema

Pequenos dramas cult europeus tem um público cativo e apaixonado. Só que geralmente, ele tem que correr para o cinema para conseguir assistir, já...

Premiações

Depois de mais de 10 dias de Festival de Cannes, foram anunciados os grandes vencedores do evento. Killers of the Flower Moon , de...

Cinema

Estrangeiros que chegam a Paris dispostos a mudar de vida já foram tema de diversos filmes e séries. Desde Ninotchka, com Greta Garbo, passando...

Moda

O festival de Cannes terminou nesse sábado premiando o filme sueco Triangle of Sadness. É interessante  registrar, que, além de cinema, o festival virou...

Streaming

Todo mundo gosta de uma história de mistério no estilo de Agatha Christie, certo? Eu adoro! Um monte de gente junta em algum lugar....

Cinema

Nanni Moretti é um diretor que já ganhou vários prêmios. Entre eles a Palma de Ouro por O Quarto do Filho, e o Globo...

Moda

A briga pelo Oscar de melhor atriz está tão acirrada este ano que eu não me surpreenderia se qualquer uma delas ganhasse. Mas, por...