fbpx

Embalos a Dois: Uma homenagem a Olivia Newton-John

 data-srcset

Hoje (26), Olivia Newton- John completa 67 anos. Continua linda e ativa, fazendo shows em Las Vegas. Ela se tornou parte de minha história quando estrelou Grease – Nos Tempos da Brilhantina, que marcou profundamente minha infância/adolescência. Desde então, acompanho sua carreira sempre. Tive o momento mais feliz e emocionante de minha vida quando tive a oportunidade de vê-la em Los Angeles na festa de 25 anos do lançamento de Grease. Não posso descrever a emoção que foi vê-la tão de perto, cantando as músicas que me marcaram tanto ao lado de John Travolta. Essa festa está em uma edição especial do DVD do filme, lançado aqui no Brasil.

Mas minha homenagem a Olivia vai falar de um filme diferente. Pouco lembrado hoje em dia, Embalos a Dois (Two of a Kind), de 1983, foi feito com a intenção clara de repetir o sucesso de Grease, reunindo novamente John e Olivia. Não foi muito bem sucedida, rendeu somente 23 milhões nas bilheterias americanas, sendo a 30ª melhor daquele ano. O filme, John e Olivia chegaram a ser indicados para o Framboesa do ano como os piores atores. Mas isso é tudo uma bobagem. O filme é fofo, romântico e os dois nunca estiveram mais bonitos. Pode ser um “prazer com culpa”, mas eu adoro!

Tudo começa quando Deus fica revoltado com a s bobagens que a raça humana anda fazendo (imagine se o filme se passasse nos dias de hoje). Então ordena que todos sejam destruídos. Mas um trio de anjos (Charles Durning, Scatman Crothers e Beatrice Straight) consegue um acordo. Se eles conseguirem duas boas almas, a Terra será poupada. Só que eles acabam escolhendo uma caixa de banco, que é também uma ladra, e um inventor que vive de pequenos golpes. E os dois, é claro, apesar de uma antipatia inicial, vão se apaixonar.

Para relembrar o “tanquinho” de John Travolta em uma cena do filme

Tudo no filme foi feito em cima de “uma segunda chance”, não só uma referência à segunda chance dos habitantes da Terra como também à oportunidade de um novo romance de John e Olivia. E com isso, as duas principais canções do filme, Twist of Fate e Take a Chance,  se tornaram um enorme sucesso, chegando mesmo a receber um disco de platina (o meu LP continua guardado, rs).

Veja abaixo os dois clips. Perceba como é impossível ser mais anos 80,  com esses cabelos, roupas, ambientação… Pode ser um prazer com culpa, mas eu continuo adorando!!

 

 

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *