fbpx

Carey Mulligan brilha no ótimo Bela Vingança!

Uma das grandes surpresas  – pelo menos para mim – no último Oscar foi a vitória de Frances McDormand como melhor atriz. Não que ela não esteja bem em Nomadland. Apesar de que já faz tempo que acho que ela faz sempre o mesmo papel. Mas especialmente porque muitos consideravam Carey Mulligan a favorita com Bela Vingança. Carey ganhou o Spirit Awards e também o Critics Choice. Merecia! Sua atuação em Bela Vingança, que está nos cinemas, é talvez a melhor de sua carreira.

No filme ela é Cassie, uma mulher com muitos traumas do passado. Cassie leva uma vida dupla. Durante o dia é uma atendente de uma cafeteria. Mas, à noite, frequenta bares e finge estar bêbada. Inevitavelmente homens mal-intencionados se aproximam dela com a desculpa de que vão ajudá-la. É quando Cassie entra em ação e se vinga dos predadores que cruzaram seu caminho. Mas, as coisas começam a mudar quando alguém do seu passado reaparece. É quando ela resolve enfrentar os demônios, e fazer o público entender as suas reais motivações.

A crítica

O filme acompanha as mudanças de humor de Cassie, fazendo com que o público se sinta numa montanha russa. O problema é que Cassie é mulher em busca de uma catarse que nunca consegue encontrar. Mesmo ao fazer todo o seu ato com canalhas que aparecem, ela não se satisfaz. É obviamente uma pessoa traumatizada, que tenta uma última chance.

O filme é a estreia na direção da atriz Emerald Fennel. Você deve lembrar dela como Camilla de The Crown. Emerald é também a responsável pelo roteiro, que inclusive ganhou o Oscar. E que triunfo em ambos os casos! Emerald sabe usar as cores, as texturas como ninguém para ajudar a contar uma história. Mais ou menos como Almodóvar. E, é claro, surpreende especialmente com sua brilhante e inesperada escolha de final. #semspoilers

O elenco ajuda, claro. Há participações especiais de gente como Adam Brody, Laverne Cox, Alison Brie, Connie Britton, Molly Shannon. E ainda Clancy Brown e Jennifer Coolidge como os pais de Cassie. Bo Burnham, de Oitava Série, se sai muito bem, como Ryan. Segura a onda de contracenar  com Carey Mulligan, e ainda tem grande química. Mas o filme é todo dela. Uma grande atuação. Repare na cena do carro, quando Cassie pede ajuda à filha da diretora… É o máximo. O filme é ótimo, e a atriz é incrível!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *