fbpx

Adeus, Edward Herrmann!

O nome pode não lhe dizer grande coisa. Mas com certeza, o rosto sim! Edward Herrmann esteve em vários filmes e séries. Fez vilões inesperados e pais bonachões. Sempre com muito talento e simpatia. Perdeu uma guerra para um câncer no cérebro no último dia de 2014. O cinema e a TV com certeza vão sentir sua falta.

Os fãs de séries não esquecem do doce pai de Lorelai (Lauren Graham) durante as sete temporadas de Gilmore Girls. Fez ainda participações em Grey´s Anatomy, Law and Order e até 2013 aparecia em episódios esporádicos de The Good Wife  como Lionel Deerfield. Ganhou também um Emmy  como ator convidado na série The Practice em 1999.

Teve também uma carreira de sucesso no teatro. Ganhou um Tony em 1976 pela peça Mrs. Warren´s Profession. Mas no cinema esteve em vários filmes favoritos do público. Lembro bem de alguns:

 – O aparentemente tonto namorado de Lucy (Dianne Wiest) em Os Garotos Perdidos  de 1997. Só que no final…

– O escritor no filme A Rosa Púrpura do Cairo (1985), o qual Cecilia (Mia Farrow) assiste tantas vezes que um dos atores acaba saindo da tela para conversar com ela.

– O divertido pai de Riquinho (Macaulay Culkin) , de 1994.

– Raymond Massey no filme sobre James Dean, com James Franco (2001)

E até no recente O Lobo de Wall Street, onde só podíamos ouvir sua voz como o locutor do comercial da Stratton Oakmont,  lembram?

A última grande perda do cinema em 2014!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *