fbpx

Barrados no Baile 25 anos depois.

 data-srcset

É isso mesmo! Hoje, 4 de outubro, faz 25 anos que uma série mudou a forma do adolescentes verem e serem vistos nas séries de TV. Barrados no Baile, como ficou conhecida no Brasil a série Beverly Hills 90210, estreou em 1990 e mostrava a rotina de jovens no bairro chique de Los Angeles, onde moram os ricos e famosos. Como durou 10 temporadas, a série acompanhou os principais personagens desde o ensino básico,passando pela universidade, até o início de sua vida profissional. O começo mostrou principalmente o período de adaptação dos gêmeos de classe média, Brandon (Jason Priestley) e Brenda (Shannen Doherty) a um bairro cheio de milionários. O sucesso foi enorme, inclusive no Brasil.

Além de oferecer a primeira grande chance para a maioria do elenco, a série produzida por Darren Starr deu a oportunidade para vários nomes que depois se tornaram bem famosos. Lembro bem de Hillary Swank, hoje duas vezes ganhadora do Oscar, quando ela participou da oitava temporada como Carly, namorada de Steve. Thiffani Thiessen, hoje conhecida por seu papel em White Collar,  foi a “vilã” Valerie Malone a partir da quinta temporada, a linda Kathleen Robertson, que esteve em Bates Motel, participou da série entre a quarta e a sétima como Clare, e até Vanessa Marcil, que entrou na última temporada, depois foi fazer sucesso na série Las Vegas. Também estiveram na série Jessica Alba, Seth Green, Rebecca Gayheart, Denise Richards, Matthew Perry, entre outros, bem antes de ficarem famosos.

Em 2008, os filhos, parentes e alguns dos personagens de Barrados no Baile voltaram para 90210, que contava novamente a história de uma família com dois filhos adolescentes que se muda para Beverly Hills. A série durou cinco temporadas e teve as participações de Jennie Garth, Shannen Doherty, Tori Spelling, Ann Gillespie e Joe E. Tata. Jason Priestley chegou a dirigir um episódio.

Mas, é claro, que para quem assistia a série aos sábados a tarde na TV Globo (dublada), a grande lembrança afetiva é mesmo do elenco original. Veja agora o que aconteceu com eles 25 anos depois:

Jason Priestley era o galã das meninas na época. Lindo, com brilhantes olhos azuis, seu personagem, Brandon Walsh, era fofo, bonzinho, inteligente. Ou seja, apaixonante. Só que Jason não gostava dele – “Eu o odiava mesmo quando o fazia. Mas creio que minha vida e minha carreira seguiram em frente  e, ainda bem, nunca fiquei preso àquele cara de novo e de novo. Só que julgando por alguns de meus seguidores no twitter, muita gente ficou presa a ele.” Só que a carreira de Jason nunca mais foi a mesma. Fez várias séries como Tru Calling e Call me Fitz, mas não alcançou o sucesso como antes. Atualmente,aos 46 anos, está filmando a série The Wonderful Wayneys, ao lado de Molly Ringwald, programada para estrear em 2016.

Shannen Doherty (44 anos) começou sua carreira ainda criança, em 1981, com filmes como Atração Mortal, e séries como Os Pioneiros. Só que foi o papel de Brenda Walsh, que a tornou realmente conhecida e popular.Entretanto no final da quarta temporada ela saiu da série. Segundo o produtor Aaron Spelling declarou na época, o motivo foram os constante atrasos e conflitos com outros membros do elenco (as fofocas da época falavam especificamente de Jennie Garth e Tori Spelling, filha do produtor). Mesmo com todo o problema, ela voltou a estrelar uma série dele, Charmed, com grande sucesso. Mas mais uma vez, ela brigou e saiu após três temporadas. Este ano ela esteve no reality show Off the Map, ao lado de Holly Marie Combs, uma de suas irmãs em Charmed.

Com a saída de Shannen Doherty, Jennie Garth(43 anos) se tornou a estrela da série. Seu personagem , Kelly Taylor passou por várias transformações, inclusive os diferente relacionamentos com Brandon e Dylan. Com o fim de Barrados..., Jennie teve outro sucesso, a sitcom Coisas que Eu Odeio em Você. Com as três temporadas de 90210, totalizou três séries como a personagem Kelly: Barrados no Baile, Melrose Place e 90210. Seu último trabalho foi em 2014 com a série Mystery Girls, ao lado de Tori Spelling.

O Dylan de Luke Perry, que completa 49 anos na semana que vem, era outro que as meninas adoravam na época, especialmente porque era meio “cafa”, com seus envolvimentos com Brenda, Kelly e outras. Enquanto fazia a série chegou a fazer o papel principal no filme de Buffy: A Caça-Vampiros. Quando Barrados terminou, ele fez uma participação em Oz, como o reverendo Cloutier e duas temporadas de Jeremiah. Depois de uma participação em Body of Proof, está atualmente em Ties that Bind, que termina sua primeira temporada em 14 de outubro.

Muito simpático, Ian Ziering era o intérprete de Steve Sanders. Sempre teve uma carreira paralela como dublador, inclusive providenciando vozes para séries animadas como Godzilla e Homem-Aranha – A Nova Série Animada. Recentemente voltou a ser notícia com o papel principal em Sharknado 1, 2 e 3, o máximo do trash, exibido pelo canal SyFy. Também fez uma participação na última temporada de Defiance.

Brian Austin Green é um que melhorou muito desde os tempos em que interpretava o caçula do grupo, David Silver, em Barrados no Baile. Ele teve boas participações em O Exterminador do Futuro: As Crônicas de Sarah Connor (Derek Reese), Smallville (John Corben) e Desperate Housewives (Keith). Seu papel mais recente foi em Tratamento de Choque, ao lado de Charlie Sheen. Recentemente, anunciou sua separação de Megan Fox, com quem tem dois filhos.

O fato de Tori Spelling ser filha do todo-poderoso Aaron Spelling sempre foi motivo de críticas. Mas ela não era tão ruim. A história de amor entre Donna e David sempre foi um dos chamarizes de Barrados no Baile. Assim com Jennie Garth,Tori também fez o mesmo persoangem de Barrados em Melrose Place e 90210. Ao lado do marido Dean McDermott, produziu vários reality shows como NoTorius, Tori & Dean: Inn Love e True Tori.

Andrea Zuckerman, a personagem de Gabrielle Carteris em Barrados no Baile, começou a história já se apaixonando por Brandon. Mas a gravidez na vida real da atriz acabou mudando o rumo das coisas pois foi incluída na série. Em 1995, ela deixou  Barrados (apesar de ter retornado em alguns episódios esporádicos), para comandar seu próprio talk-show chamado Gabrielle, que só durou uma temporada. Nunca teve  mais um grande papel, e hoje é vice-presidente do sindicato dos atores,o SAG-AFTRA.

Existem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *