fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Shonda Rhimes acerta de novo com Bridgerton!

Há algum tempo, a Netflix comprou o passe de Shonda Rhimes a peso de ouro. Ela tem várias séries de sucesso no currículo, e especialmente Grey’s Anatomy. Mesmo depois de 17 temporadas, ela continua relevante, e se reinventando a todo o momento. Mas, Shonda deixou claro que sua ideia era fazer algo muito diferente na Netflix. Ela já havia tentado fazer uma história de época  com Still Star-Crossed em 2017, mas não deu certo. Agora, com a nova série Bridgerton,que estreia dia 25 na Netflix, ela acerta na mosca de novo!

 

A história

Bridgerton é baseada nos livros de época de Julia Quinn, sobre uma família que vive em Londres na época vitoriana. A primeira temporada de oito episódios se baseia no primeiro livro de um total de oito, O Duque e Eu. Mostra o dia a dia da sociedade britânica, e especialmente a história de Daphne, a filha mais velha dos Bridgerton. Daphne está sendo apresentada à sociedade numa época em que as mulheres só podiam almejar um bom casamento. Só que as coisas acabam se complicando para ela, que propõe um acordo a Simon, o duque de Hastings. Ele é o solteiro mais cobiçado da temporada, mas não quer saber de nada disso. Os dois resolvem então entrar num acordo:fingem estar juntos para obter aquilo que desejam.

Desde o início, é óbvio que eles vão se apaixonar, né? E a série conta essa história de uma forma deliciosa , cheia de dramas e momentos divertidos. Especialmente porque também há na história uma Gossip Girl. Todas a histórias envolvendo essa gente importante é alvo das fofocas de uma misteriosa e popular Lady Whistledown. Ninguém conhece sua identidade, e todos querem descobrir quem ela é. A fofoqueira é ainda uma espécie de fio condutor da história. Numa escolha de mestre, tem a voz de Julie Andrews. Só no último episódio o público saberá quem ela é. Eu acertei na minha suspeita!

A crítica

No final, Bridgerton é um misto da já mencionada Gossip Girl, com Downton Abbey e Orgulho e Preconceito. E ainda tem um certo toque de histórias de princesas da Disney. Mas não se engane, a série tem algumas cenas bem sensuais – e quentes! É preciso ressaltar a química incrível entre os atores principais: Phoebe Dynevor (de Younger) e Regé-Jean Page. Eu confesso que ele não tinha me chamado atenção em outra série de Shonda, For the People. Mas aqui como Simon, ele está bem inesquecível, rsrs.

O interessante da série é que  ao mesmo tempo em que segue parâmetros já conhecidos de histórias do gênero também os corrompe. É totalmente inclusiva, com atores negros fazendo papéis de nobres, e sua cor seja praticamente ignorada. Eles também são nobres, mesmo que isso fosse impossível na realidade da época. É uma surpresa deliciosa, exatamente como o mundo deveria ser desde então, e nos dias de hoje.

Não li os livros, então não sei o quanto a versão da série é fiel ao original. Mas me deu muita vontade de ler. Afinal, esses personagens e as histórias envolvem a gente de maneira contundente. E eu estou morrendo de vontade de ouvir mais das fofocas de Lady Whistledown!

 

1 Comentário

1 Comentário

  1. María Inez

    22 de dezembro de 2020 às 6:24 pm

    Contando as horas para o dia de Natal, vai ser um presentão!! Li todos os livros, que são repetitivos, mas vamos conhecendo e amando cada personagem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

O povo americano tem o seu dia da independência como uma das datas mais celebradas do ano. É quando soltam fogos, se reúnem para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Gossip

Ricky Martin sempre me passou a imagem de um cara gente boa, esforçado e bem-humorado. Cheguei a vê-lo na Broadway fazendo Che Guevara numa...

Streaming

No sábado, a internet em casa ficou meio capenga então resolvi dar uma olhadinha em dois filmes da Amazon Prime que eu tinha baixado...

Streaming

Carnival Row estreou há uns três anos na Amazon Prime. Era uma daquelas séries que eu sempre pensava em começar a ver, mas acabava...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A lista da Netflix para esse mês de julho está bem boa. Tem um monte de coisas, mas eu separei aqueles 10 filmes e...

Streaming

Essa sexta é o dia da estreia do aguardado episódio de The Boys,  Herogasm. Enquanto estou escrevendo isso, o episódio ainda não está disponível....

Premiações

O American Film Institute realiza eventos anuais ( falhou nos anos da pandemia) para reconhecer o trabalho e a carreira de grande nomes da...

Streaming

A Netflix vem adorando fazer esses filmes-evento. Recentemente teve enorme sucesso ao juntar Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds em Alerta Vermelho. E...

Streaming

Quando li a sinopse de Toscana, que está na Netflix, logo me lembrei de Um Bom Ano. Pra quem nunca viu, o filme traz...

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Adam Sandler foi um dos primeiros atores a fechar contrato com a Netflix. Desde então fez várias comédias por lá, como o megassucesso Mistério...

Streaming

Todo mundo adora Omar Sy, certo? Ele é ótimo, e seus filmes são sempre interessantes. Então quando li que ele tinha se juntado com...