fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

Onde ver e os meus preferidos entre os indicados ao Oscar de melhor filme!

Quando vi a lista dos indicados do Oscar para melhor filme, confesso que fiquei surpresa. Especialmente com a ausência de A Tragédia de Macbeth (Apple TV Plus). E com a inclusão de No Ritmo do Coração, que é fofinho, mas inferior até ao filme original francês, A Família Belier. Mas, de qualquer forma, não há o que fazer. Com a estreia no cinema hoje de Drive my Car, todos os indicados a melhor filme estão disponíveis para assistir.  Abaixo você pode ver quais são, onde assistir,  quais são os meus preferidos e qual eu acho que vai ser o vencedor.

10 – Drive my car – Cinema

Além de melhor filme, o filme japonês Drive my Car concorre a filme estrangeiro, direção e roteiro. O filme é adaptado de um conto de Haruki Murakami. Segue a história de  Yusuke Kafuku (Hidetoshi Nishijima), um ator e diretor de sucesso no teatro. Ele é casado com Oto (Reika Kirishima). Ela também  é uma roteirista com muitos segredos, com que divide sua vida, e colaboração artística. Quando uma tragédia acontece, Kafuku fica com muitas perguntas sem respostas. Dois anos depois, ele aceita dirigir uma peça no teatro em Hiroshima, embarcando em seu precioso carro Saab 900. Lá, ele conhece e tem que lidar com Misaki Watari (Toko Miura). Ela é sua jovem motorista, com quem tem que deixar o carro, mesmo a contragosto. Apesar de suas dúvidas iniciais, uma relação muito especial se desenvolve entre os dois.

9 – No Ritmo do Coração – Amazon Prime

Além de melhor filme, No Ritmo do Coração concorre ao Oscar de roteiro adaptado e ator coadjuvante (Troy Kotsur é o favorito). No Ritmo do Coração mostra a relação da jovem Ruby Rossi com a família e os seus sonhos. Ruby (Emilia Jones) é a única pessoa que não é surda em sua família. Por essa razão, assumiu o importante papel de intérprete dos pais e do irmão mais velho. Ao mesmo tempo em que enfrenta os desafios da adolescência e os dilemas da família, Ruby descobre seu grande talento para cantar. Para desenvolver seu potencial, ela conta com a ajuda professor de música Bernardo Villalobos (Eugenio Derbez). Este começa a treiná-la para uma importante audição na universidade de música Berklee, em Boston. Só que a partir daí, Ruby se vê dividida entre seguir o amor pela música e o medo de deixar a família sozinha.

8 – Licorice Pizza – cinema

Licorice Pizza concorre também a direção e roteiro original, além de melhor filme. conta  a história de Alana Kane (Alana Haim) e Gary Valentine (Cooper Hoffman), que se conhecem e se apaixonam na Califórnia no ano de 1973. Os dois iniciam vários negócios, flertam, fingem que não se importam um com o outro. Mas há um detalhe: ela tem 25 e ele 15. Alana e Gary se conhecem em um dia de foto na escola de Gary, onde Alana está ajudando a cuidar dos alunos. O filme acompanha a descoberta do primeiro amor e como Alana tem a jornada de autoconhecimento. Ela experimenta diferentes empregos e roupas, diferentes prioridades e personalidades. Enquanto isso, Gary está dando prosseguimento à sua carreira de ator em Hollywood, e trazendo Alana para o meio.

7 – O Beco do Pesadelo – Star Plus

O filme concorre a quatro Oscars: filme, design de produção, figurino e fotografia. Stanton Carlisle (Bradley Cooper) acaba entrando para um “circo dos horrores” após perder tudo. Lá ele encontra a vidente Zeena (Toni Collette) e seu marido Pete (David Strathairn), que fazem um show com um engenhoso sistema de linguagem codificada para fazer parecer que eles tem poderes mentais extraordinários. Logo Pete começa a ensinar a Stan sobre os truques. É quando Stan tem a ideia de usar o truque para tirar dinheiro da elite de Nova York dos anos 1940.

Anos depois, Stan se torna conhecido como “O Grande Stanton”.  Mas durante uma de suas performances, ele acaba se envolvendo em um jogo de gato e rato com a psicóloga Lilith Ritter (Cate Blanchet). É quando, através dela, Stan se envolve com um milionário que quer contratá-lo para falar com o falecido filho. Seu objetivo é ganhar muito dinheiro. Só que tudo pode se voltar contra ele.

6 – King Richard – HBO MAX

São seis indicações: filme, ator (Will Smith é o favorito), atriz coadjuvante (Aunjanue Ellis), montagem, roteiro original e canção – Be Alive – de Beyoncé. King Richard é uma mistura de biografia com filme de esportes. Conta a história da determinação de Richard Williams em transformar suas filhas, Serena Williams e Venus Williams, em tenistas famosas. Para transformar  Serena (Demi Singleton) e Venus (Saniyya Sidney) em futuras campeãs de tênis, Richard (Will Smith) usa métodos nada convencionais.  E vai fazer de tudo para fazer com que elas saiam das ruas de Compton para as quadras do mundo todo.

5 – Amor Sublime Amor  – Disney Plus

O filme tem sete indicações. Além de melhor filme, ele concorre a direção (Steven Spielberg), atriz coadjuvante (Ariana de Bose é a favorita), figurino, fotografia, som, design de produção. Trata-se de uma adaptação de um musical da Broadway. Amor, Sublime Amor conta uma história de amor e rivalidade entre gangues que se passa na Nova Iorque de 1957. Os Jets são brancos, e os Sharks, descendentes e/ou porto-riquenhos. O motivo da rivalidade é o preconceito e o desejo de controlar o bairro de Upper West Side.

Maria (Rachel Zegler) acaba de chegar à cidade. A ideia é que ela comece um namoro com Chino (Josh Andrés Rivera), algo ao qual ela não está muito animada. Ainda mais que durante uma festa a jovem se apaixona por Tony (Ansel Elgort). E o jovem casal precisará enfrentar um grande problema, pois ambos fazem parte de gangues rivais. Nesta história inspirada por Romeu e Julieta, os dois enamorados precisarão enfrentar a tudo e todos se quiserem celebrar este romance proibido.

4 – Duna   – HBO Max

Foram 10 indicações. Além de filme, Duna concorre com roteiro adaptado, fotografia, figurino, cabelo e maquiagem, montagem, trilha sonora, design de produção, efeitos visuais e som. O personagem central é Paul Atreides (Timohtée Chalamet). Ele é um jovem brilhante que nasceu com um destino grandioso, que vai além até da sua própria compreensão. O imperador ordena que Paul e sua família viajem para Arrakis, o planeta mais perigoso do universo. Lá eles deverão assumir o  controle do planeta e principalmente da produção da especiaria. Só que também deverão conviver em harmonia com o povo local e driblar os monstros do deserto (muito parecidos com os de Monster Hunter).

Mas, como sempre, forças malévolas estão atuando nos bastidores.  É quando Paul tem que fazer de tudo para fugir do local e conseguir seguir o seu destino grandioso. E ainda descobrir quem é a misteriosa mulher que está sempre presente nos seus sonhos (Zendaya, parecendo que está num comercial de Dior, rsrs).

3 – Não Olhe para Cima – Netflix

Foram quatro indicações: filme, montagem, trilha sonora e roteiro original. Tudo começa quando Randall Mindy (Leonardo DiCaprio) e Kate Dibiasky (Jennifer Lawrence), fazem uma descoberta surpreendente. Um cometa orbitando dentro do sistema solar que está em rota de colisão direta com a Terra. Com a ajuda do doutor Oglethorpe (Rob Morgan), Kate e Randall embarcam em um tour pela mídia que os leva ao escritório da Presidente Orlean (Meryl Streep) e de seu filho, Jason (Jonah Hill). Eles tem apenas seis meses até o impacto. Durante esse período, eles terão que gerenciar o ciclo de notícias de 24 horas e ganhar a atenção do público obcecado pelas mídias sociais. Tudo antes que seja tarde demais.

2 – Ataque dos Cães –  Netflix – provável vencedor

É o grande favorito do Oscar 22. Não só na categoria de filme como também de direção (Jane Campion). Além desses, concorre a outros 10. São  três coadjuvantes – Kodi Smith-McPhee, Jesse Plemons e Kirsten Dunst. Um melhor ator – Benedict Cumberbatch. E ainda roteiro adaptado, design de produção, som, fotografia, montagem, e trilha sonora. O filme é baseado no livro de Thomas Savage, escrito nos anos 60. Conta a história de Phil (Benedict Cumberbatch) e George (Jesse Plemons). Eles são dois irmãos ricos e proprietários da maior fazenda de Montana. Enquanto o primeiro é brilhante, mas cruel, o segundo é a gentil e delicado. A situação se complica quando George se casa secretamente com a viúva Rose (Kirsten Dunst), que tem um filho que quer ser médico, Peter (Kodi Smit-McPhee).  O centralizador Phil fica revoltado, e fará de tudo para infernizar a vida dos recém-chegados.

1 – Belfast – cinema

É o meu favorito, mas tem poucas chances. Concorre a sete prêmios: filme, direção  e roteiro(Kenneth Branagh), coadjuvantes (Judi Dench e Ciaran Hinds), som e canção – Odes of Joy, de Van Morrison. Belfast narra a vida de uma família da Irlanda do Norte sob a perspectiva do garotinho de 9 anos, Buddy.

Tudo se passa durante os tumultuosos anos de 1960, período de grandes conflitos políticos e sociais. O pequeno Buddy (Jude Hill) testemunha as lutas da classe trabalhadora, em meio de mudanças culturais e violência extrema. Buddy sonha em um futuro melhor, glamoroso, que vai tirá-lo dos problemas que enfrenta no momento. Só que, enquanto isso não acontece, ele se consola com os pais, Pa (Jamie Dornan) e  Ma (Caitríona Balfe). E também junto com seus avós (Judie Dench e Ciarán Hinds) que contam histórias maravilhosas. Só que a família luta para pagar suas dívidas acumuladas. Pa sonha em emigrar para Sydney ou Vancouver, uma perspectiva que Ma vê com aflição.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

A gente tem que admirar o Chris Hemsworth. Não só pelas razões óbvias já que ele é lindooooo. Mas também porque parece ser boa...

Cinema

Alguns devem se lembrar da série Duro na Queda (The Fall Guy). Ela durou de 1981 a 1986. Mostrava Lee Majors como um dublê,...

Cinema

Lisa Marie Presley ficou em silêncio desde a morte do filho, Benjamin, em julho de 2020. Relembre aqui a notícia. Mas, como tudo nessa...

Séries

Essa é a semana em que as redes de TV americanas anunciam sua nova programação depois da loucura dos cancelamentos. Eu separei aqui nove...

Streaming

Filmes sobre adultos que tem que voltar para o colégio por alguma razão são sempre divertidos. 17 Outra vez, Sexta-feira muito louca, Billy Madison,...

Você também pode gostar de ler

Moda

Várias vezes já pensei que as atrizes vestem roupas muito mais interessantes na festa pós-Oscar da Vanity Fair do que na própria entrega dos...

Premiações

A cerimônia do Oscar foi longa, e sem surpresas entre os premiados. Uma pena! Por alguma razão No Ritmo do Coração encheu os votantes...

Premiações

Há uma grande diferença entre o gosto da gente e o gosto da Academia de Hollywood, certo? Acho que todo mundo já pensou nisso...

Premiações

Normalmente, todo mundo que faz lista de preferidos do Oscar, menciona quem é o favorito em cada uma das categorias. Eu mesma vou fazer...

Moda

A briga pelo Oscar de melhor atriz está tão acirrada este ano que eu não me surpreenderia se qualquer uma delas ganhasse. Mas, por...

Premiações

Tem um monte de lançamentos, no cinema e no streaming esta semana. E também tem Oscar. No cinema tem Ambulância: Um Dia de crime, e...

Premiações

O Oscar 2022 vai acontecer no próximo domingo (27). E deve ter várias mudanças. O caminho da inclusão parece ser uma grande preocupação. Começando...

Streaming

O último filme – aquele que faltava-  dos candidatos a melhor filme que vi no cinema foi Drive my Car. Assim como Parasita há...