fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

A Idade Dourada é a versão americana mais sexy de Downton Abbey

Julian Fellowes teve um enorme sucesso com Downton Abbey. A série, que teve seis temporadas, foi a produção mais bem-sucedida do canal inglês PBS. Foi vendida para mais de 200 territórios, e ganhou diversos prêmios. Tanto que gerou um filme, pós-término da série, que está disponível na Amazon Prime. O sucesso também levou à uma sequência, que deve chegar aos cinemas em março. Julian Fellowes fez ainda a série Belgravia, não tão bem sucedida, que está disponível na Globoplay. Eu nunca vi a série, mas li o livro. Com isso em mente, posso dizer que A Idade Dourada é uma mistura de Belgravia e mais claramente até, com Downton Abbey. Também criada por Julian Fellowes, a série estreia hoje às 23 horas na HBO e na HBO Max. Eu já vi os primeiros episódios, e se você é fã de Downton Abbey, tem que ver!

A história

A Idade Dourada vai se passar durante um período de imensa mudança econômica nos Estados Unidos. São tempos de grande conflito entre os velhos métodos e os novos sistemas, e de enormes fortunas feitas e perdidas. Em 1882 com a jovem Marian Brook (Louisa Jacobson) se muda da Pensilvânia para a cidade de Nova York após a morte de seu pai. Ela vai viver com suas tias ricas, Agnes van Rhijn (Christine Baranski) e Ada Brook ( Cynthia Nixon). No caminho, ela conhece a jovem Peggy Scott ( Denée Benton), uma aspirante a escritora buscando um novo começo. Só que quando chega me Nova York, Marian inadvertidamente se envolve em uma guerra social entre uma de suas tias e seus vizinhos estupendamente ricos . São eles George ( Morgan Spector), um magnata da ferrovia implacável, e sua esposa ambiciosa,  Bertha (Carrie Coon).

O que achei de A Idade Dourada?

Há muito tempo, a ideia da série está rodando por Hollywood. A princípio seria feita pela NBC, mas depois acabou caindo nas mãos da HBO. E desde a trilha sonora, até a abertura, A Idade Dourada tem muitos pontos em comum com Downton Abbey. A diferença é que há mais negócios envolvidos, as pessoas não são tão “polidas”, e a séries tem um lado mais sexy. Sim, tem até um pouco de nudez e beijos gays. Mas, o seu conceito é o mesmo de Downton. Muitos vestidos e joias, lugares lindos, uma viúva com língua afiada, e jovens que sabem o que querem. Isso sem esquecer os jovens pretendentes, e as mães determinadas que suas filhas se “casem bem”.

Também há o andar dos empregados, com mulheres ambiciosas, valets misteriosos, e gente boa que fala o que pensa. Há uma diferença aqui, entretanto, que é a presença da jovem negra Peggy, que destaca o preconceito – mesmo bem menor do que se esperaria da época. É interessante ver que, ao contrário do que estamos acostumados a ver nas produções de época, Peggy e sua família tem um dinheiro e refinamento. É uma excelente e bem-vinda surpresa.

Os atores

E claro, há excelentes interpretações. Christine Baranski é a versão mais jovem de Lady Grantham de Maggie Smith. Tem a língua tão afiada quanto. Morgan Spector e Carrie Coon tem enorme química, e dá gosto de ver os dois juntos. Louisa Jacobson, a filha mais nova de Meryl Streep, mostra que tem talento, e se defende muito bem no meio de tanta gente boa. E que delícia ver tanta gente boa da Broadway. Como a série foi rodada no meio da pandemia, os teatros estavam fechados. Então foi a oportunidade de ter todos esses atores maravilhosos na série. Audra McDonald, Nathan Lane, Donna Murphy, Kelli O’Hara, Linda Emond, Katie Finneran, Bill Irwin, Michael Cerveris, Debra Monk, e mais. É um presente para quem conhece.

E no final…

No final, também assim como em Downton Abbey, A Idade Dourada é um grande novelão. Assume que usa todos os clichés de todos os grandes romances de época. E ainda aponta isso em seus diálogos, caso você não perceba, rs. A diferença é que, talvez por ser exibida na HBO, há mais esquemas, tramas, com personagens querendo destruir outros. E também mais sexo, mas nada escandaloso.  Ou seja, você vai se divertir, ficar querendo mais, e ainda adorar ficar olhando os vestidos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Cinema

Antes da pandemia, em 2019, todo mundo estava falando sobre um “jogo” chamado Baleia Azul. Ele era um conjunto de 50 desafios diários e...

Cinema

Não tenho grande conhecimento sobre animações japonesas. Nem mesmo as super elogiadas do Studio Ghibli e o diretor premiado Hayao Miyazaki. E confesso que...

Cinema

Michael Mann é um aficionado por corrida de carros. Já tinha produzido o ótimo Ford vs Ferrari ( disponível no Star Plus) . E...

Streaming

Eu tinha muita vontade de gostar da 4ª temporada de True Detective, com o subtítulo de Terra Noturna. Com Jodie Foster no papel principal,...

Você também pode gostar de ler

Séries

Foram tantas séries que estrearam em 2023, e eu vi tão poucas… Dá até frustração. Mas entre as que vi, fiz aqui a minha...

Séries

Demorou bastante para a segunda temporada de A Idade Dourada chegar ! Mas valeu a espera! O último dos oito episódios chegou a HBO...

Streaming

Eu adoro séries de época. Sei de muita gente que tem preconceito, mas eu tento assistir a maioria – e geralmente não me decepciono....

Streaming

Quando foi lançada em janeiro de 2022, eu me apaixonei pela primeira temporada de A Idade Dourada. Inclusive a coloquei entre as melhores daquele...

Cinema

James Wan se deu muito bem com a franquia Invocação do Mal. Não só os filmes originais deram muito dinheiro, como também rendeu vários...

Streaming

Os dois primeiros episódios da segunda temporada de And Just Like That estrearam hoje (22) na HBO Max. Um novo episódio será lançado a...

Streaming

Sabe aquela série de investigação tipo antiga? Rsrs! Three Pines é uma história de detetive que poderia ter sido feita há muito tempo. Mas...

Streaming

Depois que deu um tilt no servidor, agora tenho que reescrever esta matéria de O Estrangulador de Boston e a de Shazam: Fúria dos...