fbpx

Loki é diferente de tudo o que você viu no Universo Marvel

Finalmente, a espera está terminando. A Marvel tinha anunciado com grande pompa e circunstância no ano passado suas três primeiras séries para o Disney Plus. Primeiro veio a de WandaVision (excelente). Depois veio Falcão e o Soldado Invernal (média). E agora, está chegando a do vilão mais querido do Universo Marvel. Loki, estrelada por Tom Hiddleston, estreia nessa quarta (9) no DisneyPlus. E promete a diversão e a aventura que poderíamos esperar do deus da trapaça.

Eu vi os dois primeiros episódios dos seis que fazem parte da temporada (Obrigada, Disney Plus!!). O filme começa logo depois dos acontecimentos de Vingadores Ultimato. Todos devem se lembrar que no filme havia uma viagem ao passado dos vingadores.  E que  por uma série de situaçãoes, Loki conseguiu pegar o Tesseract, e desapareceu. Bem, a série começa a partir daí. Ele cai num deserto da Mongólia. Mas logo aparecem para levá-lo ao universo da TVA. Quem já leu os quadrinhos sabe que a TVA é uma agência que  controla o multiverso da Marvel. É quando um funcionário dessa agencia, vivido por Owen Wilson, vai querer a ajuda de Loki para resolver um problema no multiverso.

A crítica

O primeiro episódio é mais para explicar o conceito do multiverso e o trabalho da TVA. Ela funciona como uma mistura de órgão departamental e parque da Disney (as filas e  os vídeos explicativos). Com Loki perdido no meio dessa situação há um contraste muito divertido. Afinal, Loki não tem muitas alternativas, já que seus poderes não funcionam no local. Ele ganha até uma jaqueta, daquelas de velhinhos, rsrs. Mas, o que ressalta na série é principalmente o conceito de policiais parceiros, mas que não confiam um no outro. Só que ambos não tem outra alternativa, pelo menos no momento presente . E aí a química entre Tom Hiddleston e Owen Wilson funciona perfeitamente.

Assim como WandaVision, Loki parece querer experimentar. E com isso se torna algo muito diferente de tudo que você já viu no universo Marvel. Além de policial, a série tem muito de ficção-científica, com portais que levam a diferentes períodos de tempo. Assim como WandaVision, é também uma daquelas séries que é mais legal ver de maneira episódica. Com o suspense aumentando a vontade de ver na semana seguinte. E devo dizer que o final do segundo episódio me deixou muito com a vontade de “quero mais”.

E, claro, Tom Hiddleston é o máximo. Desde que apareceu como vilão de Thor, ele não cansa de mostrar as várias faces de Loki. É mais um triunfo para o ator. E mais uma delícia de ver – ah, ele fica sem camisa também, rsrs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *