fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Novo filme do Homem-Formiga não é grande como se esperava

Eu sei que muita gente fala mal dos filmes da Marvel, mas eu adoro a maior parte deles. E mais do que tudo, do ponto de vista de marketing, admiro a forma que criaram um universo próprio. E ainda envolvem os produtos de streaming/TV, que funcionam como parte de tudo (né DC?). Dito isso, é óbvio que estava animadíssima para ver Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, que estreia nessa quinta nos cinemas. Além de gostar dos dois filmes anteriores do herói, Quantumania representa o início de uma nova fase do MCU. E talvez por isso, depois de assistir ao filme, a sensação agora é de frustração.

Vamos começar pela história. A vida de Scott parece tranquila. Ele e Hope estão felizes. Todos o reconhecem na ruas como um dos  Vingadores (o velhinho do café acha que ele é o Homem-Aranha). E ele até lançou um livro. Mas é claro que há os probleminhas. Sua filha Cassie, agora com 18 anos, foi presa por tentar ajudar as pessoas, e vem trabalhando num projeto com Hank que envolve o estudo sobre o reino quântico. Só que o inesperado acontece e todos eles, mais Janet, acabam sendo puxados  para essa dimensão. Lá, eles terão que tentar se salvar de várias ameaças, especialmente o grande vilão da vez, Kang.

O que achei?

Difícil saber por onde começar. A história se passa praticamente todo o tempo no Reino Quântico. E ele se parece muitooooo com qualquer parte do universo de Star Wars. Tem os seres estranhos, tem o bar onde todos se encontram, tem o “imperador” que domina a todos. E também logicamente há a resistência. Com certeza, a Disney/Marvel deve ter usado boa parte dos figurinos e adereços de Andor e Obi Wan Kenobi, rsrs. Além disso, a parte incial, quando Cassie e Scott caem no local, se parece tanto com O Retorno de Jedi, que eu fiquei esperando que algum Ewok aparecesse. Rsrs! Só isso já distrai bastante da trama.

Além disso, o filme também tem muito de Viagem Fantástica, com todas as viagens por dentro do reino. Isso sem contar a patética aparição de Corey Stoll, como um novo personagem (bem, mais ou menos).  Pode me dizer que este está similar aos quadrinhos. No filme ficou ridículo – depois falam mal do Taika Waititi. rs.

Há alguns pontos que funcionam. Jonathan Majors é um deles. Apesar da direção querer transformá-lo num Darth Vader, o ator é suficientemente bom para ser ameaçador por si só. Ele será o vilão do MCU por mais alguns filmes – e promete. O triste é que Paul Rudd e Evangeline Lily, o Homem-Formiga e a Vespa,  estão meio apagados nesta terceira aventura. Quem acaba funcionando mais e brilhando são Kathryn Newton como uma Cassie cheia de energia. E especialmente Michelle Pfeiffer, com direito a lutas e explosões (relembrando seus tempos de Mulher-Gato). Há ainda uma boa química entre ela e Michael Douglas – eu assistiria um filme da Marvel só com esse dois veteranos facilmente.

E no final…

O melhor de Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania acabam sendo as duas cenas pós-créditos. Elas entregam que a aventura nesse novo universo de Kang será bem divertida – e tem até aparições especiais. Portanto, não saia da sala até o último minuto – #ficaadica.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Acredito que todos esses eventos da Temporada de Premiações precisam se reinventar. O politicamente correto acaba se tornando mais importante do que a melhor...

Moda

Normalmente, eu acho que é no SAG Awards que as atrizes estão mais elegantes. Não foi diferente dessa vez. Claro, há sempre os “erros...

Streaming

Eu tentei ver o primeiro episódio de Glamorous, que está na Netflix, mas achei tudo muito chato. Assim, desisti. Mas o meu amigo José...

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Cinema

Antes da pandemia, em 2019, todo mundo estava falando sobre um “jogo” chamado Baleia Azul. Ele era um conjunto de 50 desafios diários e...

Você também pode gostar de ler

Premiações

Já faz tempo que o Framboesa de Ouro escolhe entre seus piores do ano aqueles que vão lhe dar mais espaço na mídia –...

Streaming

Já escrevi aqui sobre a primeira e a segunda temporadas de Only Murders in the Building. Em ambos os casos, disse que era uma...

Streaming

Only Murders in the Building é a melhor série de comédia que já assisti na vida. Simples assim! Tem um roteiro inteligente, divertido, os...

Gossip

A coisa não deve andar fácil para o povo que faz relações públicas dos filmes de super-heróis da Marvel e da DC. Primeiro foi...

Gossip

Jonathan Majors é um dos atores mais importantes de Hollywood atualmente. Para se ter uma ideia, ela está em duas importantes franquias de grande...

Cinema

A saga de Rocky nunca termina. Quase 50 anos depois, mais um filme do universo criado por Stallone nos anos 70, chega aos cinemas....

Cinema

Talvez você não conheça a Fandango (não, não estou falando do salgadinho). Mas eles são uma empresa enooormeee que vende entradas para cinemas nos...

Premiações

A cada ano a importância do Critics Choice Awards cresce, especialmente depois de todos os problemas do Globo de Ouro. Hoje foram anunciados os...