fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Evil impressiona como série de investigação sobrenatural

Já faz muito tempo que eu vinha querendo ver a série Evil. Primeiro porque é uma criação de Robert e Michelle King, responsáveis por uma de minhas séries preferidas da vida, The Good Wife. Em segundo lugar, é estrelada por Mike Colter.  Ele é um ator que considero fascinante desde que o vi pela primeira vez em … The Good Wife (depois ele foi também o Luke Cage). E também porque a história tinha um quê de sobrenatural, coisa que adoro. A primeira temporada está disponível na Globoplay. Há três semanas, a série teve um “lançamento secreto” no Universal TV (rsrs). Eu vi os dois primeiros episódios no app do canal. Hoje, o terceiro será exibido no canal, às 23 horas. Vale conhecer.

A história acompanha uma psicóloga clínica cética (Katja Herbers, de Westworld), Kristen. Ao investigar um caso de um assassino, ela começa investigar uma possível possessão. Só que a promotoria não gosta de suas dúvidas, e ela acaba sendo demitida.  Com dívidas e quatro filhas para cuidar, ela se associa a um padre em treinamento (Mike Colter), David, e a um expert técnico (Aasif Mandvi – lembro bem dele em Jericho!) numa nova empreitada. A igreja católica os contratou para investigar supostos milagres, possessões e outras ocorrências extraordinárias. O objetivo? Comprovar se há uma explicação científica ou se algo realmente sobrenatural está em ação.

A crítica

O que mais achei interessante nos dois primeiros episódios foi que a série se mantém numa situação em que o sobrenatural pode ou não ser real. Aliás, a primeira aparição de um dos demônios – George (sim, demônios tem nome) –  é aterrorizante. Também adorei a relação meio Mulder/ Scully (Arquivo X) de David e Kristen. Especialmente porque a química está lá, mesmo que ela tenha um marido e quatro filhas. Poucas séries americanas se atrevem ainda hoje a apresentar esse tipo de situação.  E, é claro, tem o sempre ótimo Michael Emerson mais uma vez fazendo um cara aterrorizante. Lembra dele de Lost?

A série segue o princípio de The Good Wife com os “casos da semana”, mas paralelamente acompanha as relações dos personagens. Especialmente conforme elas vão evoluindo. Toda a minha expectativa com relação a Evil foi satisfeita. Me deixou querendo ver o resto dos episódios. A primeira temporada tem um total de 14 episódios. A segunda já foi aprovada e deverá estrear ainda este ano. Que bom!

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Streaming

Na semana passada, falei aqui sobre um filme com Jeffrey Dean Morgan onde ele mais uma vez está apaixonante. Era Paz, Amor e Muito...

Séries

Os fãs já tinham até perdido as esperanças. Depois do anúncio que a NBC tinha cancelado Manifest após três temporadas, muitos esperavam um resgate....

Séries

Lembro de lá nos anos 2000 quando ainda se lia revistas, eu gostava de comprar algumas americanas, tipo People. E sempre lia muito sobre...

Séries

Me senti muito nos anos 90 quando vi essa novidade. Uma das atrizes de Charmed vai deixar a série. Rsrs. Mas isso não é...

Streaming

Martin Henderson anda por aí há muito tempo, desde o início dos anos 90. Mas eu somente o “enxerguei” pela primeira vez na série...

Séries

Durante um bom tempo acompanhei avidamente American Horror Story. Até a quinta temporada, não perdia uma. Mas aí, depois de Hotel (a quinta), eu...

Séries

Sim, eu adoro uma série romântica. Às vezes, ela não tem o romance como tema principal. Mas, cria personagens  que tem uma química tão...

Cinema

Michael J. Fox completa hoje (9) 60 anos. O tempo passa depressa demais, especialmente quando a imagem que fica é a do clássico De...