fbpx

Você vai adorar Bella em A caminho de Casa

Eu adoro cachorros ( tenho três) e sempre me emociono com filmes sobre eles. Em 2017, me emocionei muito com Quatro de Vidas de um Cachorro (que vai ganhar uma sequência este ano). E agora, novamente com A Caminho de Casa, que estreia nesta quinta nos cinemas. O filme mostra o amor incondicional desses seres tão queridos de quatro patas. E também fala sobre a importância da amizade entre os diferentes, sobre ajuda a quem precisa, e de um amor de família, seja ela qual for. É simplesmente adorável!

A história

Bella é uma cadelinha especial que foi adotada por Lucas, um estudante de medicina veterinária que trabalha como voluntário em um hospital local.  Muito sapeca ( e, como todos os cães, adora correr atrás de esquilos), ela é encontrada pelo Controle de Animais na rua. E e acaba sendo levada para um abrigo. A única maneira de salvá-la é levá-la para a casa de uma pessoa amiga por um tempo. Só que isso fica a 400 km de casa. No entanto, Bella, uma cachorra extremamente leal e corajosa. Ela decide iniciar sozinha uma longa jornada de volta para a casa, emocionando a todos que cruzam o seu caminho.

A fofura de Bella (feita pela cachorrinha Shelby) conquista desde o primeiro minuto, quando ela ainda é uma filhotinha num terreno abandonado. O que mais me deixou feliz com o filme foi a defesa da adoção. Em vez de ficar comprando cachorros de raça, Lucas, o veterinário, adota. E ainda, ele quer proteger todos os animais, desenvolvendo um amor à primeira vista por Bella.

Durante a história, os dois têm que ser separados por uma lei absurda ( quantas dessas não existem por aí?). E como o amor é tão forte, Bella não entende que tem que esperar pelo momento certo de voltar para casa. É então que ela acaba perdida no meio da floresta, encontrando as mais diversas pessoas (e a maioria só quer ajudá-la). Mas, o melhor de tudo são realmente as cenas entre Bella e os diversos animais que cruzam a sua frente. Só que também tem um ponto fraco do filme, que são os efeitos especiais das expressões de alguns animais (especialmente a puma). Os closes, que entregam a baixa qualidade, são bem desnecessários.

O elenco

Só quem tem um cachorro em sua vida vai entender o amor incondicional que eles têm. E Bella (que pensa com a voz de Bryce Dallas Howard) reflete exatamente isso. Mesmo com uma vida aparentemente feliz, ela só pensa em retornar ao seu lar.  E nisso estão incluídos seu humano, Lucas (vivido pelo gracinha  inglês Jonah Hauer-King) e a mãe dele, vivida por Ashley Judd. Ah, e é claro tem a amiga/namorada, Olivia (feita pela “Tempestade” de X-Men, Alexandra Shipp).  Ainda há pequenas participações de vários atores conhecidos como Wes Studi, Edward James Olmos e Barry Watson (lembra de Sétimo Céu?).

A mensagem

A direção é de Charles Martin Smith, que também é ator (ele era um de Os Intocáveis). Ele é muito bom dirigindo filmes com animais. Fez Bud: O Cão Amigo e ainda Winter: O Golfinho (de 2011, que eu adoro) e sua sequência de 2014.  Baseado em livro de Bruce Cameron (o mesmo de Quatro Vidas de um Cachorro),  A caminho de casa é um daqueles filmes que emocionam, e fazem você sair do cinema acreditando que os humanos ainda tem jeito. Mesmo que a gente perceba que os cachorrinhos  são especiais demais para ter que aguentar certo tipo de gente. Pessoas  que maltratam, batem, abandonam. Esses só merecem o nosso total desprezo!

Fotos de divulgação

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *