fbpx

Para descobrir The Invitation na Netflix!

Eu adoro buscar filmes na Netflix sobre os quais nunca ouvi falar. Ter essa experiência de escolher algum sem saber absolutamente coisa alguma sobre ele. A última vez que fiz isso foi com The Invitation . A sinopse dizia simplesmente “Ao aceitar um convite para uma festa de sua mulher, um homem abre velhas feridas e cria novos conflitos”. Não é muito, mas aí vi que no elenco estava Michiel Huisman. Eu o adoro de filmes como  A Sociedade literária e a torta de casca de batata, 2.22, e tantos outros, além de Game of Thrones (ele era Daario Naharis). Foi o suficiente para fazer a tentativa. E vou dizer que o filme foi uma inesperada surpresa (positiva).

Na verdade, tudo começa com Will e a namorada, que vão para um encontro com velhos amigos dele a convite de sua ex-mulher, Eden. Ficamos sabendo que os dois perderam um filho pequeno, o que acabou destruindo o casamento. Ela também está com um novo  companheiro (papel de Michiel Huisman). Só que ambos, junto com estranhos novos amigos, apresentam um comportamento que intriga Will. Será só paranoia ou de fato os anfitriões guardam um segredo?

A crítica

É óbvio desde o início que há algo errado com essa festinha. E esse é o ponto principal da história. Você, assim como Will, sente o clima de suspense da história. A trilha sonora – muito boa – ajuda a construir a tensão. Além disso, tem a atuação de Logan Marshall- Green (muito parecido com Tom Hardy). A todo o momento, a direção de  Karyn Kusama vai deixar você na dúvida se há realmente um problema ou se tudo é parte de uma paranoia de Will. E, é claro tem Michiel, sexy e misterioso – ainda mais aqui . Funciona muito bem!

 

O que me chamou a a atenção é que você até imagina qual será o final. Mas não como será. Lembra um pouco de Tarantino, com muita violência, e nunca deixa de ser assustador. Desde a sequência inicial, com toda a situação do lobo, até o fim com as lanternas, tudo vai surpreender você.

O filme é de 2015, e o elenco não é tão conhecido. Alguns podem lembrar de Logan Marshall -Green de alguns papéis famosos do início de sua carreira, em 24 horas, ou The O.C. (ele era Trey). Aqui , ele é a vida do filme. Além de Michiel Huisman, o The Invitation ainda tem Tammy Blanchard (O Bom Pastor), Mike Doyle (Narcos: Mexico) e, é claro, o sempre assustador John Carrol Lynch (American Horror Story). Vale a pena!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *