fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Depois de Game of Thrones, Michiel Huisman estrela 2:22 – Encontro Marcado

O cartaz parece o de um filme de ação, ou mesmo de ficção, mas na verdade 2:22 – Encontro Marcado é um filme romântico absolutamente delicioso. Claro, tem um pouco de suspense, tiros, situações misteriosas, mas na verdade, ele é realmente uma história de amor que transcende o tempo. E, com isso, é claro que eu adorei o filme, que estreia amanhã nos cinemas.

Imagem relacionada

O controlador de tráfego aéreo Dylan Branson (Michiel Huisman), mora em  Nova York e está  no  auge  de  sua  carreira.  Só que um  dia,  às  2h22 da  tarde,  um  flash ofuscante de luz o paralisa por alguns segundos cruciais fazendo com que dois aviões quase  entrem  em colisão em  consequência  do  seu deslize. Suspenso de seu trabalho, Dylan começa a notar cada vez mais a ameaçadora repetição de alguns eventos em sua vida, que sempre acontecem exatamente na mesma hora a cada dia. Este misterioso padrão sempre o atrai para a estação de trem belíssima da cidade, a Grand Central. A medida   que   ele   se   envolve   em   um   complexo relacionamento com uma bela  mulher  que  trabalha  em uma  galeria  de  arte,  Sarah(Teresa Palmer), Dylan  resolve investigar a fundo o que o passado tem a ver com essa história e o que tudo significa.

No início, o projeto esteve nas mãos de Armie Hammer e depois de Benjamin Walker. Só depois que os dois saíram é que ele acabou nas mãos de Michiel Huisman. Bom pra nós. Para todos (e especialmente todas) que já o viram como Dario Naharis em Game of Thrones e depois como o galã do lindo A Incrível História de Adaline, sabe como ele sabe ser charmoso e principalmente apaixonante. Não é diferente aqui. Ele traz para Dylan uma certa sensibilidade que é o máximo. Teresa Palmer, como a mocinha da história, também nunca esteve tão bonita -repare na cena do balé. Você entende perfeitamente como esses dois se apaixonaram à primeira vista, com influência do passado ou não.

Resultado de imagem para michiel huisman 2.22

É claro que em alguns momentos ele pode ser um pouco previsível, mas é daí? Não se apegue a pequenas coisas e embarque nessa linda história.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Os dois filmes de Caça-Fantasmas, produzidos nos anos 80, são divertidos e deliciosos companheiros de tardes de toda uma geração. Atualmente estão disponíveis no...

Cinema

Guillermo Del Toro adora um terror. Está sempre envolvido em filmes e séries do gênero, seja como diretor ou como produtor.  Espíritos Obscuros, que...

Cinema

O feriado de Nossa Senhora de Aparecida me parece um bom dia para escrever a crítica do filme de Nossa Senhora de Fátima. Fátima:...

Cinema

O cinema de terror vem tendo cada vez mais visibilidade, mesmo em festivais e premiações. Em 2019, A Chorona, filme do gênero da Guatemala, ...

Séries

Nessa 6ª feira (20), vai estrear na Netflix o novo filme de Jason Momoa. Com o título de Justiça em Família, vai contar a...

Séries

Desde que comecei a ouvir falar de The Flight Attendant, ainda na época da escolha de elenco, fiquei interessada. Não só pela presença de...

Cinema

M Night Shyamalan está entre meus diretores preferidos. Afinal, ele é o cara que fez O Sexto Sentido, Sinais, Corpo Fechado, A Vila, Fragmentado....

Cinema

No ano passado, eu assisti O Charlatão durante a Mostra de Cinema de São Paulo. Publiquei a crítica no Blog. Mas logo depois, hackers...