fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O lindo filme sobre o coelho cor de rosa roubado por Hitler

As produções alemãs estão ficando cada vez mais acessíveis com o streming. Quem não enlouqueceu com as reviravoltas da série Dark, por exemplo? Recentemente O Caso Collini, um excelente drama de tribunal, estreou nos cinemas. E agora outro brilhante exemplo de cinema chega da Alemanha. É Quando Hitler roubou o Coelho cor de rosa, que chega aos cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro, Niterói, Recife e Brasilia.

Neste drama sensível, uma garota judia-alemã dá seus primeiros passos na vida adulta, à medida que os eventos mundiais se intrometem em sua rotina feliz e despreocupada. Aos 9 anos, Anna está muito ocupada com os trabalhos escolares e com os amigos para notar o rosto de Hitler nos cartazes estampados na Berlim de 1933. Só que seu pai desaparece e a família tem que deixar secretamente a Alemanha. É quando a menina começa a entender que a vida nunca mais será a mesma. A história é uma adaptação do romance infantil semi autobiográfico de Judith Kerr. A direção é da cineasta Caroline Link, cujo filme Lugar Nenhum da África, ganhou o Oscar de filme estrangeiro em 2001.

Quando Hitler roubou o Coelho cor de rosa não é nem um pouco parecido com os filmes que a gente normalmente conhece sobre os horrores da II Guerra Mundial. Assim como o excelente Jojo Rabbit, que foi lançado no ínício do ano, conta a história do ponto de vista da criança. Com sua inocência, Anna sabe que está vivendo momentos difíceis. E que ao deixar seu coelho cor de rosa para trás – para Hitler –  está também deixando toda sua vida pregressa.

A crítica

Com isso, o filme não tem cenas terríveis – como a do sapato da mãe de Jojo Rabbit, por exemplo. Há um certo medo constante por parte dos pais –  a cena do trem é bem tensa! Mas há também os momentos de descoberta de Anna. A família passa pelos alpes suíços e por Paris, com paisagens lindas. E apresenta um lado alemão – daqueles que eram contra Hitler antes mesmo dele tomar o poder- que pouco vemos no cinema.

A autora do livro, Judith Kerr, que faleceu em maio passado, disse que queria que as crianças conhecessem a história quando o lançou nos anos 70. Ele era inclusive indicado em escolas alemãs. Não o li, mas o filme apresenta de maneira contundente o que aquele tempo representou. É um desses que é possível mostrar até mesmo para crianças. E isso se deve muito à atuação da pequena estreante Riva Krymalowski como Anna. Faz tempo que não via alguém tão natural e adorável. Ela conquista a todos desde o primeiro momento.

Mas o resto do elenco também é sensacional. Isso inclui principalmente Ursula Werner, como a governanta Heimpi, e o pai, feito por Oliver Masucci. Você vai reconhecê-lo como o Ulrich de Dark. Com tudo isso, Quando Hitler roubou o Coelho cor de rosa entretém, faz você sorrir, se emocionar, e principalmente pensar. Uma boa dica para os tempos que vivemos.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Saiu a lista dos indicados ao Emmy, e, ao contrário de outras premiações, há mais séries concorrentes – especialmente porque não há mais Succession...

Cinema

O filme italiano O sequestro do Papa chega essa semana ao cinemas do Brasil. Isso depois de ter uma bela carreira em festivais e...

Séries

A Netflix soltou hoje um vídeo de bastidores de Stranger Things. A quinta e última temporada está ainda sendo filmada e deve estrear somente...

Streaming

Nesse dia 14 de julho, grande feriado francês devido à Queda da Bastilha, vale ver um filme francês, certo? Aqui estão seis filmes do...

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A gente já viu essa história muitas vezes. O romance improvável entre estudantes ricos e pobres numa escola para milionários. Recentemente Elite fez muito...

Streaming

Há filmes que a gente acaba deixando passar na correria  –  na verdade, um monte deles, rs. E aí um amigo acaba recomendando –...

Streaming

Nada de Novo no Front teve impressionantes nove indicações para o Oscar. São elas filme, filme estrangeiro, cabelo e maquiagem, trilha sonora, som, efeitos...

Streaming

É interessante como Hollywood conseguiu produzir filmes que arrancam risadas de uma situação tão terrível como a guerra. E tem coisa muito boa. É...

Streaming

Quando era menina, vi pela primeira vez a trilogia dos filmes de Sissi. Foram os filmes que transformaram Romy Schneider em estrela  (estão disponíveis...

Streaming

Depois de viajar o dia inteiro ontem, só hoje consegui postar aqui sobre os grandes lançamento da Netflix anunciados no TUDUM. Tem muita coisa...

Streaming

Hoje (19) vai ficar disponível na HBO Max o último episódio de A Mulher do Viajante no Tempo. Eu vi a série completa antes...

Streaming

Filhos do Privilégio é um suspense/terror alemão que está fazendo um grande sucesso na Netflix. Ele começa muito bem, logo com uma cena cheia...