fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Jersey Boys: Em Busca da Música faz querer sair dançando

As críticas americanas não foram muito positivas quando Jersey Boys: Em Busca da Música estreou por lá na semana passada. Acho que eles estavam um pouco mal-humorados. A partir deste final de semana, quando o filme começar a ser exibido em nossos cinemas, será possível ver que ele é extremamente bem feito,com uma bela reconstituição de época, as músicas são maravilhosas e a estrutura com os personagens falando diretamente para a câmera em diversas ocasiões, é diferenciada. Por lá, os críticos disseram que o filme só tinha conseguido atingir um tipo de público: o mais velho. Creio que isso é um tanto óbvio não? Quem conhece a música Sherry hoje em dia? Os jovens da época do biografado Frankie Valli também eram muito diferentes de hoje para haver qualquer tipo de identificação.

Mas para aqueles que conhecem as músicas, é uma delícia. E é óbvio que não pode ter preconceito com musicais, lembrando que o filme é baseado em um musical da Broadway de grande sucesso. Inspirado na vida do cantor Frankie Valli (para os mais novos- ou nem tanto- era ele que cantava a música-tema de Grease) e seu grupo The Four Seasons, tudo começa com Frankie ainda como um jovem de 17 anos, cercado por uma vizinhança onde os mafiosos e os pequenos bandidos dominam. Todos o protegem porque é um bom rapaz e tem uma voz de anjo, como diz seu protetor, o gangster Gyp de Carlo (Christopher Walken, único ator conhecido do grande público). Logo ele e seu melhor amigo, Tommy (Vincent Piazza, de Boardwak Empire e para mim o melhor do elenco) montam um grupo musical. Só que eles só conseguem sucesso a partir do momento em que seu amigo Joe Pesci (sim, ele mesmo, de Os Bons Companheiros) os apresenta ao jovem compositor Bob Gaudio (Erich Bergen), que será o autor dos vários sucessos do grupo. É muito divertido ver como ele tem as ideias para as conhecidas músicas como Big Girls don´t Cry, Walk like a Man, Can´t take my Eyes off You. Só que é claro que como em vários casos conhecidos, logo começam os problemas de relacionamento e as brigas, que no final acabarão com o grupo.

O diretor Clint Eastwod nos bastidores do filme com o ator Vincent Piazza

O filme é dirigido por Clint Eastwood, que em diversos momentos já demonstrou o seu amor pela música (Bird, por exemplo). Ele não decepciona aqui. Quanto ao elenco, todos estão muito bem. Tenho que reconhecer que John Lloyd Young (Frankie), que ganhou o prêmio Tony, quando fez este mesmo papel na Broadway, é bom. Mas não tem a mesma presença (talvez porque é feio e pequeno) fora dos momentos do palco.

Assisti a peça há alguns anos em Las Vegas. O elenco era diferente mas o resultado era o mesmo. Pura magia do teatro musical, do qual sou grande fã. Fiquei feliz pois no final do filme, Clint homenageia este ramo do teatro, o grande espetáculo da Broadway. Fiquei emocionada e com muita vontade de sair dançando…

PS. Preste atenção em um momento em que os rapazes estão com a televisão ligada e passa uma cena em preto e branco. É Rawhide, série que tornou Clint conhecido. O rapaz bonito que aparece é o próprio diretor há mais de 50 anos!

Eliane Munhoz

5 Comentários

5 Comments

  1. Liliane Coelho

    26 de junho de 2014 às 12:04 am

    Acho que a expectativa era muita alta, por isso a recepção morna.

  2. alfie

    26 de junho de 2014 às 3:45 pm

    Depois de ler teu texto, fiquei com muita vontade de ver. Mas os críticos mal-humorados não são só os dos States. Aqui, alguns torceram o nariz, justamente aqueles que fizeram o mesmo com Lés Miserables e outros filmes do gênero. São uns chatos

    • Liliane Coelho

      30 de junho de 2014 às 5:06 am

      Não gosto muito desse pensamento de certa forma estereotipado. O filme do Clint é legal, embora a expectativa fosse maior do que o resultado foi, mas a versão nova de ‘Os Miseráveis’ é ame ou odeie, por isso entendo a controvérsia. Tirando a bela cena da Anne Hathway, eu estou no time de quem odeia.

  3. Rodrigo Cardoso

    30 de junho de 2014 às 5:03 am

    Esperava mais do filme, principalmente, por Clint dirigiu maravilhas como “Menina de Ouro” e “As Pontes de Madison”, mas não há como negar que trata-se de um filme bem feito e os momentos musicais são realmente ótimos.

  4. Liliane Coelho

    30 de junho de 2014 às 5:07 am

    O filme de fato é bem legalsinho mesmo. O ruim foi que a expectativa deu uma problematizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Chris Evans parece querer bater as marcas de Dwayne Johnson como o cara que mais trabalha em Hollywood. Hoje foi anunciado mais um projeto...

Cinema

Os filmes de Thor sempre estiveram entre os meus favoritos da Marvel. Sim, mesmo aqueles que ninguém gostou. Talvez seja por causa de Chris...

Streaming

O povo americano tem o seu dia da independência como uma das datas mais celebradas do ano. É quando soltam fogos, se reúnem para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Gossip

Ricky Martin sempre me passou a imagem de um cara gente boa, esforçado e bem-humorado. Cheguei a vê-lo na Broadway fazendo Che Guevara numa...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Aos 91 anos, Clint Eastwood é um assombro. Dirige, atua, produz. E ele tem uma associação de décadas com  a Warner. Deve ser a...

Streaming

Há um bom tempo que ouço falar do filme romântico Além das Montanhas. É claro que me deixou curiosa. Afinal, o casal principal é...

Cinema

Clint Eastwood é um assombro. Aos 91 anos não para de trabalhar. Recentemente, inclusive, deu uma entrevista para a revista Parade, dizendo que não...

Cinema

Clint Eastwood chega hoje aos 90 anos. É uma dos talentos mais respeitados de Hollywood. Ganhou duas vezes o Oscar de diretor – Os...

Cinema

Clint Eastwood é um caso muito especial em Hollywoood. Aos 89 anos, ele continua a dirigir filmes fortes, com produções complicadas, com uma energia...

Cinema

Logo  logo termos os primeiros indicados da Temporada de Premiações. Os do Globo de Ouro serão anunciados no dia 9 e o do SAG’s...

Gossip

Clint Eastwood resolveu voltar para a frente das câmeras depois de seis anos. Sua última aparição – sem contar uma ponta em Sniper Americano,...

Cinema

Clint Eastwood é realmente uma força da natureza. Aos 88 anos, continua dirigindo e atuando. Este ano ele já teve 15h17: Trem para Paris,...