fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A divertida história quase real de O Roubo da Taça

Talvez muita gente não se lembre ou não conheça a história real do roubo da taça Jules Rimet. Mas quem viveu a época, nos anos 80, lembra bem do escândalo que foi quando ladrões pé-de-chinelo entraram na sede da CBF no Rio de Janeiro, roubaram a taça, e depois aparentemente a derreteram por causa do ouro. Essa história improvável é realmente um bom tema para uma comédia. O diretor Caíto Ortiz, fã de comédias italianas, imprimiu essa influência em O Roubo da Taça, que estreou essa semana nos cinemas. E o filme é bem feito e divertido.

O corretor de seguros Peralta, que mora junto com Dolores, gosta muito de jogar. Só que ele perde bastante, e acaba com uma dívida grande com um homem bem perigoso. É quando num belo dia ele tem a ideia absurda de invadir a sede da CBF e roubar a taça do tricampeonato mundial. O problema é o que fazer com a taça depois, quando a polícia e a mídia iniciam uma caçada sem tréguas para descobrir os responsáveis.

O filme ganhou quatro prêmios no Festival de Gramado na semana passada: roteiro, direção de arte, fotografia e ator para Paulo Tiefenthaler. Todos muito bem merecidos, especialmente o de reconstituição de época, desde o figurino, até os programas de TV da época e os acessórios (impagável ver o batom de moranguinho). O Roubo da Taça já começa dizendo que algumas coisas realmente aconteceram (rs). A verdade é que apesar de terem falado na época que a taça havia sido derretida, não há como ter certeza absoluta que isso aconteceu.

Resultado de imagem para o roubo da taça taís araujo e paulo tiefenthaler

A versão romanceada, ou com diversas liberdades, é divertida. O elenco funciona, especialmente o premiado Tiefenthaler (hoje também na novela Haja Coração), e Taís Araujo como a mulher dele, Dolores. Ela disse numa conversa que tivemos para o Programa Show Vip, que sua inspiração foi uma estrela da época, Adele Fátima. Está sensual, engraçada e boa atriz. Valem o ingresso!

eliane tais caíto paulo

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Os dois filmes de Caça-Fantasmas, produzidos nos anos 80, são divertidos e deliciosos companheiros de tardes de toda uma geração. Atualmente estão disponíveis no...

Cinema

Guillermo Del Toro adora um terror. Está sempre envolvido em filmes e séries do gênero, seja como diretor ou como produtor.  Espíritos Obscuros, que...

Cinema

O feriado de Nossa Senhora de Aparecida me parece um bom dia para escrever a crítica do filme de Nossa Senhora de Fátima. Fátima:...

Cinema

O cinema de terror vem tendo cada vez mais visibilidade, mesmo em festivais e premiações. Em 2019, A Chorona, filme do gênero da Guatemala, ...

Cinema

M Night Shyamalan está entre meus diretores preferidos. Afinal, ele é o cara que fez O Sexto Sentido, Sinais, Corpo Fechado, A Vila, Fragmentado....

Cinema

No ano passado, eu assisti O Charlatão durante a Mostra de Cinema de São Paulo. Publiquei a crítica no Blog. Mas logo depois, hackers...

Cinema

Ninguém pode dizer que eu não tentei, rsrs. Quando é possível, eu tento assistir o maior número de filmes possível, independente de sua nacionalidade....

Cinema

Durante vários anos, Milla Jovovich e seu marido, o diretor Paul W. S. Anderson, tiveram um grande sucesso nas mãos. Era a série de...