fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

Por que não gostei de Glass Onion, da Netflix?

Entre Facas e Segredos ficou entre os meus Top 3 do ano quando foi lançado nos cinemas. Era uma homenagem divertida e moderna ao estilo de Agatha Christie. Dessa forma, fiquei bem entusiasmada quando soube que a Netflix havia adquirido os direitos da sequência. Daniel Craig retornaria como o detetive Benoit Blanc, com um novo elenco todo novo. Glass Onion: Um Mistério Knives Out estreou nessa sexta na Netflix, com pompa e circunstância. E as primeiras coisas que ouvi falar eram extremamente positivas. Inclusive o filme ficou com mais de 90 % de aprovação no Rotten Tomatoes. Só que para mim faltou muito – muito mesmo – para ficar no nível do primeiro filme.

Benoit Blanc retorna à ativa, agora para desvendar outro caso, tão peculiar quanto o primeiro. Nesta nova aventura, Benoit se encontra em uma luxuosa propriedade privada em uma ilha grega. Mas como e por que ele chegou lá é apenas o primeiro de muitos quebra-cabeças. Isso além do fato peculiar de que ele foi convidado também. Blanc logo conhece um grupo de amigos reunidos a convite do bilionário Miles Bron para sua reunião anual. Só que como em todos os melhores mistérios de assassinato, cada personagem guarda seus próprios segredos, mentiras e motivações. E quando alguém aparece morto, todos são suspeitos.

A crítica

Entre Facas e Segredos tinha um roteiro redondinho. Deixava você extremamente curioso para saber qual seria o próximo passo para desvendar a morte de Harlan Coben. Infelizmente Glass Onion não tem essa mesma destreza. O início é extremamente lento. Demora uma hora  (da 2h10) até que alguma coisa interessante aconteça, no caso, o assassinato de um dos presentes. Confesso que tive que ver em duas “sentadas” pois dormi no meio. Os flashbacks retomam cenas já vistas de um outro ponto de vista, quando ainda não sabíamos uma das revelações.  Mas, no final, você já está tão cansado desses personagens que fica a sensação de enfado.

Mas, claro, há um pouco de humor aqui e ali. Isso acaba deixando a coisa um pouco mais suportável. E ainda algumas aparições surpresa de gente como Hugh Grant  e Serena Williams. E ainda um monte de referências, como piadas, a astros como Jared Leto e Jeremy Renner. O elenco é sensacional. Kate Hudson é sempre ótima, assim como Edward Norton. Janelle Monae funciona muito bem como a personagem principal. E Daniel Craig parece se divertir  horrores fazendo sua versão modernizada de Hercule Poirot. Mas, na minha opinião, nem isso salva, com mudanças na linha narrativa feitas para chocar –  e fazer o público rir. Só que, no meu caso, só resultou num suspiro de enfado.

E no final, por que não traduziram o título para Cebola de Vidro? Pouco glamuroso talvez? Rsrs.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

O povo de Hollywood fez a festa em Nova York na entrega do Tony, o prêmio maior do teatro. Nessa edição de 2024, The...

Premiações

Os Tony Awards 2024, principal prêmio do teatro mundial, acontecem no próximo domingo, dia 16 de junho, em Nova York. A cerimônia, que será...

Streaming

A comédia romântica Puppy Love estreou há pouco tempo na Prime Video, e chegou a ser o filme mais visto do serviço. Conta a...

Cinema

Praticamente toda a semana estreia algum filme de terror nos cinemas. E a maioria é bem esquecível. A Semente do Mal , que chegou...

Streaming

Bridgerton é uma daquelas séries que eu separo sempre um dia para maratonar e embarcar totalmente na história. Não foi diferente com a Parte...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Ok,  a crítica ama os filmes de Wes Anderson. Não é o meu caso. É claro que admiro o fato que ele criou um...

Streaming

Muitas vezes, por causa da quantidade de filmes e séries disponíveis nos streamings, acabamos deixando de lado filmes estrelados por atores que gostamos muito....

Streaming

  Veneza é a minha cidade preferida da Europa. Sempre que estou pela Itália tento dar uma passadinha por lá. E não foi diferente...

Moda

Nesse dia 1º vai ter uma nova edição do Met Gala, que eu adoro ver sempre. Adoro as maluquices e as interpretações de temas,...

Moda

Já virou moda – todo mundo troca de roupa para sair do Oscar e ir até a festa da Vanity Fair. Com isso, há...

Premiações

O Hollywood Film Awards não tem a importância de outros prêmios da crítica. E muito menos a visibilidade de um Globo de Ouro, ou...

Moda

Como sempre, teve muita coisa estranha no red carpet da premiação do Critics Choice. As estrelas tiveram um “acesso” de beges, nudes e relativos...

Premiações

O National Board of Review premiou neste domingo os vencedores dos prêmios dos melhores de 2022. Não houve surpresas porque os vencedores já havia...