fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

Para saber mais sobre Sergio!

O diplomata brasileiro Sergio Vieira de Mello teve uma vida que realmente daria um filme. Ele já havia sido tema de um documentário dirigido por Greg Barker há alguns anos. E agora Greg voltou para dirigir o filme sobre um recorte de sua vida, chamado Sergio. Ele vai estrear nessa sexta (17) na Netflix. Como cinema, como realização, é um filme médio. Mas vale ser conhecido para que se saiba uma pouco mais da vida desses homem que parece ter sido um grande cara.

Na história  ficamos sabendo que Sergio Vieira de Mello (Wagner Moura) passou a maior parte de sua carreira como diplomata das Nações Unidas trabalhando nas regiões mais politicamente instáveis do mundo.  Seu trabalho era negociar acordos com presidentes, revolucionários e criminosos de guerra, com o objetivo de salvar vidas. Quando estava no Timor Leste, conheceu Carolina (Ana de Armas). E quando os dois estavam prontos para começar uma vida mais tranquila no Rio de Janeiro, Sergio aceita um último trabalho. Junto com Carolina, ele vai para Bagdá, que vive o caos após a invasão americana. Só que um bombardeio na sede local da Nações Unidas acaba levando a um momento de vida e morte nos escombros.

A crítica

O filme é cheio de idas e vindas. Mas é bem explicado, não vai deixar você perdido. Para mim, foi interessante conhecer um pouco da história do Timor Leste, e como foi importante a atuação de Sergio para que a situação se revolvesse. Aliás, é interessante acompanhar o vai e vem dos bastidores da política. E, especialmente, que no Iraque, a coisa é muito diferente de todos os outros lugares.  Também gostei de como o romance foi incluído na história. Dá pra conhecer um pouco mais o homem e não só o diplomata. Só que, pelo menos para mim, o filme pareceu um pouco longo. Algumas sequências se tornam cansativas, enquanto outras poderiam ser melhor resolvidas. Fica a dúvida, os Estados Unidos, no caso, Paul Brenner (Bradley Whitford), poderia ter ajudado mais?

Mas a minha maior decepção foi, surpreendentemente, Wagner Moura. Gosto muito dele como ator. Já vi atuações brilhantes, como em Narcos, Elysium ou o ainda inédito Wasp Network. Isso só contando as produções estrangeiras. Mas aqui ele está um tanto contido demais, dá a entender que não conseguiu achar o tom do personagem. Realmente uma pena. Em compensação, Ana de Armas arrasa como Cristina. Ela já tinha se saído muito bem em um filme que eu adoro, Entre Facas e Segredos, e também fazendo par romântico com Wagner em The Wasp Network. Aqui, como Cristina, ela se supera. Especialmente na cena onde fala com ele nas ruínas. Me emocionou!

No final, Sergio, como filme, é mediano. Mas vale ser conhecido por ser a história de um brasileiro que tentou fazer a diferença.

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Eu não conhecia o romance Um Cavalheiro em Moscou. Mas me interessei pela adaptação na série do mesmo nome, que estreou ontem (17) no...

Cinema

Filmes de fantasia, que pretendem atingir crianças e adultos, podem acertar no tom, ou não. Várias versões erraram no tom. É o caso de...

Streaming

Bridgerton é uma delícia. Gosto muito das duas primeiras temporadas. A primeira tem cenas bem quentes, a segunda é mais sensual, com um jogo...

Cinema

Admiro muito as canções de Amy Winehouse. E, como sempre, fico triste de ver gente com tanto talento que acaba não conseguindo suportar o...

Cinema

Há uma infinidade de filmes de terror sobre grupos de jovens que se juntam em algum lugar e resolvem mexer com coisas que não...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Provavelmente você já ouviu falar da minissérie inglesa Bebê Rena, que está na Netflix. Muita gente tem me perguntado sobre ela nas redes sociais...

Cinema

Eu estava viajando quando houve a sessão para a imprensa de Guerra Civil. Então, quando cheguei, fui assistir ao filme no cinema. Depois de...

Gossip

Algumas celebridades já demonstraram que não estão dispostas a suportar certas situações. E consumidores idem.  Certos casos chegam inclusive nos tribunais. É o caso...

Streaming

Sabe aquela situação em que você acompanha filmes e séries que tem uma certa similaridade? Pois foi o que aconteceu com meu amigo José...

Streaming

Há muito tempo, eu assisti o filme clássico francês O Salário do Medo. Dirigido por Henri Georges Clouzot, tinha Yves Montand no papel principal....

Streaming

Um tipo de história que sempre mexe comigo é a de reencontros com amores do passado. Daquele tipo o que poderia ter sido, mas...

Streaming

Eu estava em busca de um filme curtinho, desses de 1h30. E achei Capitã Nova, uma produção holandesa de ficção-científica, disponível na Netflix. Esses...

Streaming

Já começo que qualquer filme com Chris Evans e Ana de Armas juntos nem precisa ser tão bom. É só a gente ficar olhando...