fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

Os tropeços e acertos de A Mulher do Viajante no Tempo

Você provavelmente já deve ter visto em alguma Sessão da Tarde da vida o filme romântico Te Amarei para Sempre. Ele é de 2009 e tem como estrelas Rachel McAdams e Eric Bana. Conta a história do romance de uma jovem com um homem que é um viajante no tempo. Ele se baseia no livro de Audrey Niffenegger e está disponível na Netflix e na HBO Max. E agora, vai ter a estreia da série A Mulher do Viajante no Tempo. Será hoje (15) tanto na HBO Max como na HBO (a partir das 22 horas). Um episódio, de um total de seis, será disponibilizado a cada semana. Eu já vi a série completa – obrigada, HBO Max – então veja o que achei abaixo.

Desde os seis anos de idade, Clare via um amigo que considerava imaginário. Era um homem gentil e engraçado, às vezes velho, às vezes jovem, que aparecia na floresta atrás de sua casa. Lá ele lhe contava histórias do futuro. Mas conforme os anos passaram, Clare começou a perceber que seu amigo não era imaginário. Ele era sim um viajante do tempo vindo do futuro. E não apenas de um futuro qualquer, mas de seu próprio futuro. Após reencontrar Henry DeTamble como adulta, ela entende que se tornará a esposa do viajante no tempo.

O que achei da série?

Já aviso que os dois primeiros episódios são um tanto cansativos. Há explicações e mais explicações sobre  a situação de um viajante no tempo. E ainda sobre qual o papel de Claire nessa história. A partir daí, a história é episódica, mas funciona. Há um problema entretanto no roteiro. A impressão que fica, ao contrário do filme, é que Claire e Henry não gostam de verdade um do outro. Parece que estão juntos porque o destino quis assim, e não há alternativa. É difícil enxergar a química  dos dois.

Entretanto, Rose Leslie e Theo James se esforçam em fazer a história funcionar. Os dois são ótimos. Mas, mesmo com efeitos, é difícil acreditar que Rose pode convencer como uma garota de 16 anos. As mudanças de idade funcionam melhor com Theo James. É mais fácil perceber as mudanças do tempo nele. E o Henry adolescente é feito por outro ator – o lindinho Brian Altemus.

Tudo é muito bonito, a fotografia é linda, especialmente nas cenas em que Claire ainda é criança. Os efeitos especiais em que Henrys de diferentes idades contracenam são de ótima qualidade. E claro, tem Theo James. Eu sempre acho que ele é ótimo e sexy (seria minha escolha para James Bond). Como Henry  em A Mulher do Viajante no Tempo não é diferente. E ainda tem o plus aqui de várias cenas de nudez, rsrs. Ele está muito bemmmm, rsrs!

No final, a série termina deixando várias perguntas no ar. Provavelmente a ideia é seguir com uma nova temporada. Vamos ver se a audiência vai corresponder. Eu diria que se você passar pelos dois primeiros episódios, vai acabar gostando bastante.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

O povo americano tem o seu dia da independência como uma das datas mais celebradas do ano. É quando soltam fogos, se reúnem para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Gossip

Ricky Martin sempre me passou a imagem de um cara gente boa, esforçado e bem-humorado. Cheguei a vê-lo na Broadway fazendo Che Guevara numa...

Streaming

No sábado, a internet em casa ficou meio capenga então resolvi dar uma olhadinha em dois filmes da Amazon Prime que eu tinha baixado...

Streaming

Carnival Row estreou há uns três anos na Amazon Prime. Era uma daquelas séries que eu sempre pensava em começar a ver, mas acabava...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Depois do enorme sucesso de Homem- Aranha: Sem Volta para Casa, todo mundo ficou curioso para ver como seria o filme seguinte da Marvel....

Streaming

Você já deve ter visto em alguma sessão da tarde da vida o filme de 2009, Te Amarei para Sempre. ´No elenco estão Rachel...

Gossip

Em 2016, Daniel Craig deu uma entrevista falando que não voltaria a ser James Bond de jeito algum. E eu citei alguns possíveis substitutos...

Moda

Um dos acontecimentos do tapete vermelho do Festival de Cannes 2021 foi a aparição de Andie MacDowell. A veterana atriz recebeu muitos elogios por...

Séries

Eu descobri Sanditon tarde. Como não assino Globoplay, só conheci a série agora, quando entrou no Film and Arts. E como todas as histórias...

Séries

Eu adoro os romances de Jane Austen. Já li todos, e tento sempre ver as inúmeras produções, seja de filmes ou séries, que têm...

Cinema

Nos anos 70, o filme baseado em romance de Agatha Christie, Assassinato no Expresso do Oriente foi um grande sucesso. Quatro anos depois veio...

Cinema

Tenho dois avisos antes de recomendar Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars. O primeiro é que você tem que gostar...