fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O suspense psicológico de Vozes e Vultos

Vozes e Vultos estreou no fim da semana passada na Netflix, e logo começou uma enxurrada de gente falando mal do filme. Especialmente de seu final. Óbvio que isso me deixou ainda mais curiosa. Além do que, o filme é estrelado por Amanda Seyfried (seu primeiro filme a estrear depois da indicação ao Oscar por Mank) e James Norton (The Nevers). São dois atores de quem gosto muito.  Vi ontem à noite, e cheguei à conclusão de que o filme pode ter sido tão rechaçado porque não é bem um filme de terror. É um drama de suspense psicológico, que tem uns toques sobrenaturais. E ele me manteve interessada durante suas duas horas.

Um jovem artista de Manhattan (Amanda Seyfried) é convencida por seu marido (James Norton) para se mudar para uma pequena cidade. Ele é professor e conseguiu um emprego numa universidade local. Só que ao chegar lá, ela começa a perceber algumas coisas estranhas tanto na casa quanto no seu casamento. A filhinha tem algumas visões, e ela começa a sentir a presença de algo na casa. É quando começa a investigar o passado  do local.

A crítica

Vozes e Vultos é baseado no livro All Things Cease to Appear, de Elizabeth Brundage. A mistura de suspense, com drama  e lances sobrenaturais até funciona. O filme tem uma pegada feminista e interessante.Mas o melhor é realmente a parte dramática, do casamento que está se acabando.  Entretanto, ao final, quando os dois se juntam, é surpreendentemente eficiente, sob o meu ponto de vista.

Li algumas críticas sobre o problema com o final. Alguns não entenderam, outros acharam fraco. É claro que não vou entrar em detalhes aqui – #semspoiler. Mas apesar de um pouco forçado, achei que fazia sentido na história. Além de Amanda e James, sempre eficientes, o filme ainda têm outras participações  ótimas. Rhea Seehorn (Better Call Saul) quase rouba o filme como a amiga Justine. Karen Allen faz a corretora de imóveis. Michael O’Keefe é o xerife. Natalia Dyer (Stranger Things) é uma garota local. E ainda tem F. Murray Abraham, como o chefe da universidade. Aliás, a melhor cena do filme é uma entre ele e Amanda. É bonita e emocionante.

Ou seja, gostar ou não depende muito da sua expectativa. Não espere grandes sustos, nem muito terror. A proposta de Vozes e Vultos é outra.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

O povo americano tem o seu dia da independência como uma das datas mais celebradas do ano. É quando soltam fogos, se reúnem para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Gossip

Ricky Martin sempre me passou a imagem de um cara gente boa, esforçado e bem-humorado. Cheguei a vê-lo na Broadway fazendo Che Guevara numa...

Streaming

No sábado, a internet em casa ficou meio capenga então resolvi dar uma olhadinha em dois filmes da Amazon Prime que eu tinha baixado...

Streaming

Carnival Row estreou há uns três anos na Amazon Prime. Era uma daquelas séries que eu sempre pensava em começar a ver, mas acabava...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A lista da Netflix para esse mês de julho está bem boa. Tem um monte de coisas, mas eu separei aqueles 10 filmes e...

Streaming

Quando li a sinopse de Toscana, que está na Netflix, logo me lembrei de Um Bom Ano. Pra quem nunca viu, o filme traz...

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Adam Sandler foi um dos primeiros atores a fechar contrato com a Netflix. Desde então fez várias comédias por lá, como o megassucesso Mistério...

Streaming

Todo mundo adora Omar Sy, certo? Ele é ótimo, e seus filmes são sempre interessantes. Então quando li que ele tinha se juntado com...

Streaming

Quando 365 dias estreou, logo no início da pandemia, foi um enorme sucesso. Vinha naquele caminho de soft porn, que de vez em quando...

Streaming

Lembro uma época em que o diretor Jim Jarmusch era “o cara” do momento. Foi nos anos 80, quando fez Estranhos no Paraíso e...

Streaming

Feriado de Páscoa batendo na porta, e em alguns lugares, o frio também. Então, para quem vai ficar em casa nesse feriado prolongado, aqui...