fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A comovente história dos 50 de Fukushima

As histórias sobre grandes desastres atômicos provocados pelo desrespeito do homem sobre a natureza renderam grandes filmes e séries. Outro dia revi, por exemplo, Síndrome da China, candidato a vários Oscars, lá nos anos 70. Ele está disponível para aluguel ou compra na Apple TV e no Google Play. Continua muito forte. Teve também a maravilhosa e premiada série da HBO, Chernobyl (pode ser vista na HBO Go). Adoro! E agora, chega nas plataformas digitais outro filme que impressiona, Fukushima: Ameaça Nuclear. Impossível não se emocionar com essa história.

O filme  se baseia na obra de não-ficção On the Brink: The Inside Story of Fukushima Daiichi, de Ryusho Kadota. O livro e o filme narram a épica batalha de cinco dias na usina de Fukushima, no Japão. Isso depois que as instalações foram atingidas por um terremoto seguido de tsunami, em 2011, afetando três dos seis reatores. Tudo com base em relatos de mais de 90 pessoas que participaram direta e indiretamente das tentativas de salvar a usina e a região. Mais de 10 milhões de habitantes poderiam ter sido expostos à nuvem de radiação, já que a usina está localizada a apenas 200 quilômetros de Tóquio.

A crítica

Eu me lembro bem desse acontecimento terrível. Mas uma coisa é lembrar o que era falado nos telejornais daqui. Outra, muito mais impressionante, é acompanhar essa história inacreditável segundo aqueles que a viveram. Ela aborda principalmente a jornada dos “50 de Fukushima”. Eles eram um grupo de engenheiros que lutou na linha de frente para evitar um desastre de proporções incalculáveis. O conhecido Ken Watanabe, de Godzilla, faz o chefe da usina, que tem que lutar contra a força da natureza e contra políticos idiotas para conseguir salvar as pessoas de algo inconcebível.

O filme tem momentos em que parece ser um documentário. Vai e volta no tempo para contar  um pouco da história dos envolvidos. Em alguns momentos pode cansar, mas nunca deixa de ser magnético e principalmente importante.  O diretor  Setsuro Wakamatsu faz um trabalho competente balanceando tudo isso. E principalmente não fazendo um sensacionalismo da história. Expõe especialmente os vários aspectos burocráticos. O primeiro-ministro chega a parecer um palhaço. É admirável entretanto como os trabalhadores são mostrados como grandes heróis,  altruístas e dispostos a se sacrificar por seus companheiros. É comovente.

O filme não tem a perfeição narrativa de Chernobyl, mas mantém a atenção todo o tempo. E principalmente funciona como uma grande homenagem a Masao Yoshida, personagem de Ken Watanabe. Ele é o único que tem seu nome verdadeiro usado no filme. Foi graças a ele, que lutou contra comandos superiores, que o mundo não teve que enfrentar um desastre muito maior. Graças ao roteiro e à interpretação de Ken Watanabe, é possível para todos nós reverenciar essa figura tão importante.

Fukushima: Ameaça Nuclear está disponível nas plataformas de streaming Claro Now, Vivo Play, iTunes, Apple TV e Sky Play, para compra e locação. Já no Google Play e no YouTube Filmes, apenas para compra.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Pronto para as dicas da semana? O lançamento mais badalado da semana é de cinema. Finalmente chegou a esperada adaptação de Duna. Já houve...

Cinema

Ninguém pode dizer que Denis Villeneuve não é um homem corajoso. Afinal, ele fez a sequência de um dos filmes mais adorados pelos fãs...

Streaming

Faz tempo que ouço falar sobre Abe. O filme, dirigido por Fernando Grostein , se passa em Nova York. E tem Noah Schnapp ,...

Cinema

A produção de O Último Duelo, que estreou nessa semana nos cinemas, é maravilhosa. Isso sempre é um destaque na filmografia de Ridley Scott....

Cinema

Em 2018, o filme Halloween deu um “refresh” na franquia de mais de 40 anos. Quebrou vários recordes, e fez muito dinheiro. Já deixou...

Cinema

Ridley Scott é quase sempre referência quando se fala em um espetáculo grandioso. Já foi indicado quatro vezes ao Oscar, uma delas por Gladiador....

Cinema

O feriado de Nossa Senhora de Aparecida me parece um bom dia para escrever a crítica do filme de Nossa Senhora de Fátima. Fátima:...

Cinema

O final de semana está chegando e o grande acontecimento é a estreia de Venom: Tempo de Carnificina no cinemas. Ele é o destaque...