fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Uma série para conhecer a história de Santos Dumont

Já faz tempo que a gente ouve falar da série sobre Santos Dumont. E finalmente agora ela está chegando na HBO. A estreia é neste domingo, dia 10, às 21 horas. Serão seis episódios contando a história do pai da aviação, desde sua infância até suas maiores invenções, inclusive o famoso 14 Bis. Para quem só o conhece das aulas de história, é uma opção interessante.

A produção propõe uma reconstrução minuciosa do ambiente do fim do século XIX e início do século XX. Acompanha a trajetória do aviador, desde a infância nos cafezais de sua família no interior de Minas Gerais até os sofisticados salões e aeroclubes de Paris.  A minissérie é ambientada no Brasil e na França. Têm diálogos em português, inglês, espanhol e francês. 

Eu confesso que  fiquei surpresa com a a qualidade da produção. Fotografia, reconstituição de época, tudo é primoroso, pelo menos levando em conta o primeiro episódio que assisti. Falo um francês muito básico, mas pude perceber que houve uma preocupação até com o sotaque dos atores.

O elenco

Falando nisso, João Pedro Zappa faz o papel principal, interpretando o inventor na fase adulta. Na infância ele é vivido pelo ator Guilherme Garcia e, mais velho, por Gilberto Gawronski. O elenco traz ainda Bruna Scavuzzi, Jean Pierre Noher, Lisa Eiras, José Araújo e Miguel Pinheiro, entre outros atores brasileiros e franceses. Juliana Carneiro da Cunha faz participação especial como a Princesa Isabel, enquanto Fernando Acquarone, que divide a direção com Estêvão Ciavatta, dá vida ao joalheiro francês Louis Cartier, que inventou um relógio especial a pedido de seu amigo aviador.

Mas quem inventou o avião?

A minissérie estreará  simultaneamente em 70 países, o que é extremamente positivo para divulgar o trabalho de Santos Dumont. Afinal, há uma dúvida sobre quem teria realmente inventado o avião, os americanos irmãos Wright ou Santos Dumont. Afinal, os irmãos conseguiram voar três anos antes, mas num local  sem uma audiência e ainda usando uma catapulta. Independente de quem realmente  seja o inventor, a importância de Santos Dumont é inegável. E será bom que mais de 70 países poderão testemunhar isso agora.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Deserto Particular, o candidato do Brasil, ficou de fora do pré- finalistas ao Oscar de filme estrangeiro. Mas O Homem Ideal, representante da Alemanha,...

Séries

Zendaya é uma daquelas estrelas com uma luz especial que aparecem de vez em quando. Ela começou como atriz de série do canal Disney,...

Cinema

Normalmente a gente espera que filmes de Natal sejam fofinhos e bobinhos, como Um Castelo para o Natal da Netflix, que assisti ontem. Tem...

Streaming

Muito bom voltar a fazer o vídeo da semana depois da viagem. Perdi alguns filmes como King Richard, mas deu tempo de chegar para...

Moda

A partir de sua parceria com Patricia Field, a responsável pelos figurinos de Sex anda the City, Carrie Bradshaw se tornou um ícone fashion....

Cinema

Mesmo com seu 69 anos, Liam Neeson não para de trabalhar. Ele já anunciou que não quer fazer mais filmes de ação, porque realmente...

Cinema

Já faz muito tempo que o Brasil tenta, tenta, e não chega lá entre os finalistas do Oscar. A última vez foi no século...

Cinema

Wes Anderson tem um estilo todo especial. Tem pelo menos uma grande obra-prima, Ilha dos Cachorros (disponível no Star Plus) . Também tem outros...