fbpx

Os meus momentos favoritos das séries em 2015

Foram muitos os incríveis momentos das séries em 2015. Alguns, como os possíveis destinos de Jon Snow, de Game of Thrones, ou o de Glenn em The Walking Dead, chegaram a sair do âmbito das comunidades dos fãs e se tornaram pontos de discussão que dominaram a internet. Mas estes foram apenas dois. Houve muitos mais, além do adeus final a algumas favoritas. Eu separei aqui meus momentos inesquecíveis, sem escolher melhores ou piores. Apenas aqueles que mais me marcaram. Dê uma olhadinha:

– O fim de Glee

Muita gente pode ter preconceito. Depois da morte de Cory Monteith, a série nunca mais foi a mesma, apesar de alguns momentos muito bons. Mas os dois últimos episódios foram uma bela homenagem aos fãs, especialmente aqueles que acompanharam  a série desde o início. Na hora da última canção, com a maioria dos atores de volta, foi impossível não se emocionar.

https://www.youtube.com/watch?v=59s-Qfr_Cn8

– O fim de Mad Men

Nunca fui grande fã de Mad Men, apesar de reconhecer a alta qualidade da produção. Acho que foi um caso de falta de empatia com esses personagens. Só que a série conquistou a maioria da crítica e da comunidade de Hollywood. Com isso, levou  todos os principais prêmios – Emmy, Globo de Ouro, SAG’s,  entre outros. E o episódio final foi brilhante, uma volta por cima de Don Draper (Jon Hamm).

– O casamento de Penny e Leonard em The Big Bang Theory

O público torcia por eles desde a primeira temporada. Então, quando Penny (Kaley Cuoco) e Leonard (Johnny Galecki) finalmente resolveram se casar, todo mundo vibrou, mesmo que ele tenha resolvido confessar uma leve escorregada na hora H.

– O beijo de Olivia e Fitz em Scandal

Quem acompanha a quinta temporada, ainda inexplicavelmente inédita no canal Sony,  sabe que essa felicidade não vai durar muito. Mas para os fãs de Olitz como eu, que acompanharam o final da quarta temporada, esse momento surpreendente e inesperado foi maravilhoso. Por alguns momentos parecia que tudo iria dar certo e Vermont era apenas uma questão de tempo.

– A morte de Derek em Grey’s Anatomy

Aqui no Blog de Hollywood, um dia antes do episódio da morte de Derek ir ao ar nos Estados Unidos, escrevi sobre os rumores que corriam que Shonda Rhimes, a produtora de Grey’s Anatomy, poderia matar seu principal personagem masculino – http://www.blogdehollywood.com.br/seriados/e-agora-qual-o-destino-de-patrick-dempsey-em-greys-anatomy/. E no final, o pior aconteceu. A internet só falou disso por alguns dias, e tivemos que dar adeus a um dos mais apaixonante médicos da história da TV.

– O fim de Jon Snow em Game of Thrones.

Depois de Derek, houve a quase certa, mas ainda pouco possível “morte” de Jon Snow em Game of Thrones. Por mais inacreditável que seja, foi uma forma incrível de terminar a temporada em junho com todo mundo perguntando quando abril vai chegar para saber o que realmente aconteceu/vai acontecer .

– O quase fim de Glenn por enquanto de The Walking Dead

As mortes de personagens queridos estiveram em alta este ano, mas mesmo assim todo mundo ficou chocado com o possível destino de Glenn naquele episódio fatídico de The Walking Dead. No final, muito daqueles que disseram que os produtores não podiam matar o personagem, foram os primeiros a criticar porque, milagrosamente, ele não morreu! Mas tudo bem, Negan (Jeffrey Dean Morgan) vem aí…

– O Voo de Kara em Supergirl

Para deixar o texto um pouco mais positivo depois de tantas mortes, foi uma delícia ver o primeiro voo de Kara (Melissa Benoist) logo no primeiro episódio de Supergirl. Uma graça, salvando sua irmã de um desastre de avião, na bela tradição dos heróis de Krypton.

– A Marvel na Netflix

Admiro muito o trabalho da Netflix, fazendo o básico para qualquer serviço que deseja se tornar relevante para o público. Ou seja, produz conteúdo. E numa jogada brilhante, pegou um grupo de heróis da Marvel e fez seu próprio universo. Demolidor e Jessica Jones chegaram este ano. Ano que vem virão Luke Cage e Iron Fist. E há quem diga que poderá haver um momento que os “Defensores” poderão interagir com os “Vingadores”. Essa Marvel é brilhante, não?

– O destino de Elena em The Vampire Diaries

Os fãs não conseguiam acreditar…Como assim , Nina Dobrev ia deixar The Vampire Diaries? Mas ela é a atriz principal…Só que essa era a verdade. Elena caiu num sono profundo, mas ainda conseguiu se despedir de todos e dar um super-beijo romântico em Damon (Ian Somerhalder, seu ex na vida real que tinha acabado de se casar com outra…)

Com saudades destes momentos, mas já esperando impacientemente pelo que vem por ai…

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *