fbpx

O Oscar com maior diversidade da história!

O anúncio das indicações ao Oscar são sempre um momento de excitação para os fãs de cinema. Priyanka Chopra e Nick Jonas anunciaram os indicados diretamente de Londres. Antes disso, o presidente da Academia, David Rubin, já avisou, que o evento, que acontecerá dia 25 de abril, será feito de duas locações. A Union Station de Los Angeles e o já conhecido Dolby Theater. Mank saiu na frente com 10 indicações ao Oscar, inclusive filme, diretor e ator. Não sou tão admiradora do filme, mas consigo entender que Hollywood adorou a história de bastidores de Cidadão Kane.

Os números e as novidades

De resto, ficou tudo bem dividido. Seis filmes tiveram seis indicações ao Oscar. O Pai, Judas e o Messias Negro, Minari, Nomadland, Os 7 de Chicago e, surpreendentemente, Som do Silêncio. Falo em surpresa, pois o filme vinha sendo bem avaliado em suas chances para ator e ator coadjuvante. Mas não se esperava uma indicação de melhor filme, por exemplo.

E, é claro, a lista passou para a história porque pela primeira vez há duas mulheres indicadas na categoria de diretor. Chloe Zhao, a favorita por Nomadland, e Emerald Fennell, de Bela Vingança. Aliás, há outras novidades também na categoria de melhor ator. Riz Ahmed é o primeiro indicado na categoria de origem muçulmana, e Steve Yeun de origem asiática. Os tempos mudam, ainda bem! A lista dos indicados já é a mais diversa da história.

Como esperado em tempos de pandemia e cinemas fechados, não há grandes blockbusters entre os indicados ao Oscar deste ano. Nada como Coringa ou Pantera Negra. Isso provavelmente vai se refletir na audiência do evento. Afinal, a gente já sabe que sem grandes sucessos, o público não se interessa pela festa. Ainda mais com as restrições que teremos. De qualquer maneira, a netflix, como esperado, dominou. Foram 35 indicações! E não foi só a Netflix, outros streamings como Hulu, Apple TV e Amazon fizeram a festa nesse Oscar!

Surpresas e ausências

Fiquei muito feliz com algumas indicações. Amanda Seyfried (Mank) e Glenn Close (Era uma Vez um Sonho). Será que agora vai, Glenn? Também adorei que a canção de Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars ficou entre os finalistas. A maior surpresa ficou por conta de LaKeith Stanfield na categoria de ator coadjuvante. Afinal,  ele é claramente o principal de Judas e o Messias Negro. Outra surpresa foi a ausência de Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago) entre os finalistas de direção. Em seu lugar, claramente, entrou Thomas Vinterberg, de Druk – Mais uma Rodada. Acabaram ficando de fora nomes que já eram considerados barbadas como Helena Zengel, Delroy Lindo, e seus filmes, Relatos do Mundo e Destacamento Blood. E, claro, mais uma vez, fiquei triste porque Amy Adams, que faz um trabalho sensacional em Era uma Vez um Sonho, ficou de fora.

Veja abaixo os indicados ao Oscar 2021:

Filme

O Pai/ Judas e o Messias Negro/Mank /Minari/ Nomadland/Bela Vingança/ O Som do Silêncio/ Os 7 de Chicago/

Ator

Riz Ahmed, O Som do Silêncio

Chadwick Boseman, A Voz Suprema do Blues

Anthony Hopkins, O Pai

Gary Oldman, Mank

Steven Yeun, Minari

Atriz

Viola Davis, A Voz Suprema do Blues

Andra Day, The United States vs. Billie Holiday

Vanessa Kirby, Pieces of a Woman

Frances McDormand, Nomadland

Carey Mulligan, Bela Vingança

Atriz Coadjuvante

Maria Bakalova, Borat – Fita de Cinema Seguinte

Glenn Close, Era uma Vez um Sonho

Olivia Colman, O Pai

Amanda Seyfried, Mank

Yuh-Jung Youn, Minari

Ator Coadjuvante

Sacha Baron Cohen, Os 7 de Chicago

Daniel Kaluuya, Judas e o Messias Negro

Leslie Odom, Jr., Uma Noite em Miami

Paul Raci, O Som do Silêncio

LaKeith Stanfield, Judas e o Messias Negro

Diretor

Thomas Vinterburg, Druk: Mais uma Rodada

Emerald Fennell, Bela Vingança

David Fincher, Mank

Lee Isaac Chung, Minari

Chloé Zhao, Nomadland

 

Filme Estrangeiro

Druk: Mais uma Rodada – Dinamarca

Better Days – Hong Kong

Collective – Romênia

The Man Who Sold His Skin – Tunísia

Quo Vadis, Aida? – Bosnia Herzegovina

Som

Greyhound/ Mank/ Relatos do Mundo/ O Som do Silêncio/ Soul

Design de Produção

O Pai/ A Voz Suprema do Blues/ Mank/ Relatos do mundo/ Tenet

Montagem

O Pai/ Nomadland/ Bela Vingança/ O Som do Silêncio/ Os 7 de Chicago

Fotografia

Judas e o Messias Negro/ Mank/ Relatos do Mundo/ Nomadland/Os 7 de Chicago

Efeitos Visuais

Love and Monsters/ O Céu da Meia-Noite/ Mulan/ O Grande Ivan/ Tenet

Animação

Dois Irmãos; Uma Jornada Fantástica/ A caminho da Lua/ Shaun o Carneiro: A fazenda contra-ataca/ Soul/ Wolfwalkers

Cabelo e Maquiagem

Emma/ Era uma vez um Sonho/ A Voz Suprema do Blues/ Mank/ Pinóquio

Canção

Husavik  – Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars

Fight For You –  Judas e o Messias Negro

lo Sì (Seen)  – Rosa e Momo

Speak Now –  Uma Noite em Miami

Hear My Voice  – Os 7 de Chicago

Figurino

Emma/ Mank/ A Voz Suprema do Blues/ Mulan/ Pinocchio

Trilha Sonora

Destacamento Blood/ Mank/ Minari/ Relatos do Mundo/ Soul

Roteiro Adaptado

Borat – A Fita de Cinema Seguinte/ O Pai/ Nomadland/ Uma Noite em Miami/ O Tigre Branco

Roteiro Original

Judas e o Messias Negro /Minari/ Bela Vingança/ O Som do Silêncio/ Os 7 de Chicago

Curta de Animação

Burrow/ Genius Loci/ Se Algo Acontecer…Te Amo/ Opera/Yes-People

Filme curta-metragem

Feeling Through/ The Letter Room/ The Present/ Two Distant Strangers/White Eye

Documentário

Collective/ Crip Camp/ The Mole Agent/ Professor Polvo/ Time

Documentário Curta- Metragem

Colette/ A Concerto Is a Conversation/ Do Not Split/ Hunger Ward/ A Love Song for Latasha

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *