fbpx

E teve ainda a festa pós-Oscar da Vanity Fair!

data-srcset

O mundo inteiro acompanha o tapete vermelho dos Oscars, e comenta os vestidos das estrelas. Mas, em termos de moda, o que é muito mais interessante, é o que vem depois. A festa da Vanity Fair, já é uma tradição. E muitas das estrelas vão para lá, muitas delas depois de trocar de roupa, já que caudas enormes, e roupas tão apertadas que não deixam respirar não são as melhores opções para um festa. Mas Renée Zellweger estava tão linda que permaneceu como estava. Rsrs! Só que na maioria das vezes, os modelitos escolhidos para a festa acabam sendo muito mais bonitos do que aqueles usados na premiação. Isso sem contar, o povo que não ficou sentado durante quatro horas e foi direto para se divertir. Mas uma coisa é certa, todo mundo se produziu- muito.

Os pretinhos pouco básicos

Alguém me explica a razão pela qual Gal Gadot preferiu o vestido Givenchy exagerado da premiação quando tinha não mão esse maravilhoso Saint Laurent para a festa? Ainda com cabelo solto , maquiagem na dose certa. Não entendi.

O vestido J. Mendel que Idina Menzel escolheu para a premiação a deixou com o corpo esquisito. Já o modelo de Pamela Rolland que ela usou na festa foi um arraso. Estava parecendo uma modelo.

Quem usa Armani nunca erra. E Laura foi por esse caminho nos dois eventos. O pretinho da festa parece super confortável, como tem que ser.

Os prateados

Reese adora esse modelo de vestido, como esse Dolce & Gabbana. Só que por mais que seja  bonito e com brilhos, a festa merecia algo com um corte mais glamouroso.

Eu gostei bastante dos dois vestidos escolhidos por Scarlett Johansson, o que não é muito comum, rs. Os dois são Oscar de la Renta, tem um tom prateado e são muito sexies, como a atriz gosta.

O look Elie Saab que sandra Oh escolheu para premiação era exagerado demais. Mas o modelo Cong Tri da festa estava simplesmente perfeito. Ela está numa fase total de plumas, né?

Os coloridos

Não seria um vestido que eu escolheria para uma festa. Entretanto o look Marc Jacobs de Lili Reinhart, de Riverdale, é uma obra de arte. E ela combinou com um cabelo e maquiagem perfeitos. #Adorei

Os modelos até são parecidos, e ambos são de Versace. Mas eu confesso que também gostei mais do vestido de Cynthia Erivo da festa do que o da premiação.

Vanessa Hudgens cortou o cabelo especialmente para a festa da Vanity Fair. Corajosa, não?Rs! E também adorei a cor e o modelo do vestido Vera Wang. Esse misto de echarpe com cauda era meio estranho, mas Vanessa  tirou de letra parecendo aquelas ginastas que usam fitas no solo.

Os dourados

O dourado estava em super alta na festa. Charlize Theron trocou o pesado preto da premiação por este divertido dourado cheio de franjas, tudo Dior, claro. Eu achei esse muito melhor, só merecia uma maquiagem um pouco mais forte.

Kerry Washington resolveu entrar na briga pelo papel de Cleópatra, rs. Pelo menos é o que parece com esse vestido Zuhair Murad que ela escolheu para o festão.

Outra que parece querer também uma chance para disputar o papel é Florence Pugh. Ela tirou o vestido verde azulado de Louis Vuitton da festa e trocou por esse dourado também da marca. Achei que esse teria ficado melhor para a premiação.

Tracee Ellis Ross foi de destaque da Águia de Ouro, rs. Brincadeirinha! O vestido de Zuhair Murad é um exagero – como é o estilo de Tracee – mas ela estava linda!

Mas quem também foi na linha do dourado e estava realmente maravilhosa foi Jessica Alba. O vestido Versace ficou perfeito nela.

E ainda…

Eu gostei do vestido Versace que Regina King usou na premiação. Mas amei o modelo Prada que ela escolheu para a festa da Vanity Fair. E o cabelo também estava mais bonito solto.

Fotos: Vanity Fair

style
style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *