fbpx

Winona Ryder e Penelope Cruz defendem Johnny Depp

 data-srcset

Costumo dizer sempre que a gente nunca sabe o que ocorre realmente entre as quatro paredes no relacionamento de um casal. E a gente provavelmente nunca vai saber ao certo o que aconteceu numa das separações mais ruidosas de Hollywood, a de Johnny Depp e Amber Heard. Depois de várias idas e vindas e acusações de violência de ambos os lados, o processo continua. E no caso de difamação que Johnny está movendo contra Amber após as acusações dela de abuso doméstico, ele teve duas importantes defensoras: Penelope Cruz e Winona Ryder.

Penelope Cruz

Johnny e Penelope fizeram três filmes juntos: Profissão de Risco (2001); Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas (2011) e Assassinato no Expresso do Oriente (2017). Ela e o marido, Javier Bardem, são grandes amigos de Johnny. A declaração de Penelope foi revelada pelo site The Blast. Veja abaixo:

“Eu conheci Johnny quando tinha 19 anos. Ele estava em Madri e Pedro Almodovar nos apresentou. As únicas coisas que sabia dizer em inglês naquela época era ‘como vai?’ e ‘quero trabalhar com Johnny Depp’. Muitos anos passaram e eu não apenas fiz três filmes com ele, como tambémo considero um grande amigo. Sempre fiquei impressionada por sua bondade, sua mente brilhante. Eu vi Johnny em muitas situações, e ele é sempre gentil com todos. É uma das pessoas  mais generosas que conheço.”

Penelope conclui, dizendo “durante os seis primeiros meses de minha primeira gravidez, eu passei todos os dias com ele filmando Piratas do Caribe. meu marido e eu nunca esqueceremos sua doçura, proteção e bondade com que ele me tratou durante cada momento do processo. Nós o amamos muito e eu me sinto muito sortuda por ter alguém tão especial como ele em nossas vidas”.

Winona Ryder

O depoimento de Winona Ryder ainda é mais contundente, especialmente porque ele foi noiva de Johnny. Os dois fizeram juntos Edward Mãos de Tesoura e ficaram juntos por algum tempo. Ela já havia defendido o ator em 2016, e agora fez parte também do processo como testemunha de defesa.

” Eu sei das alegações de violência que se tornaram públicas por parte da ex-mulher de Johnny Depp, Amber Heard. Eu conheci Johnny muito bem anos atrás. Nós estivemos juntos como um casal por quatro anos, e eu o considerava meu melhor amigo, e parte da família. Eu considero nosso relacionamento como um dos mais significativos de minha vida. Eu entendo que é importante que eu fale sobre minha experiência.  Obviamente, eu não estava lá durante seu casamento com Amber, mas pela minha experiência, que foi totalmente diferente, eu fiquei absolutamente chocada, confusa e preocupada quando ouvi as acusações contra ele. “

Winona continua em seu depoimento. “A ideia que ele é uma pessoa violenta é a mais distante do Johnny que conheci e amei. Eu não consigo coloar na minha cabeça essa acusação. Ele nunca, nunca foi violento comigo. Nunca, nunca foi abusivo comigo. Ele nunca foi violento ou abusivo com qualquer pessoa que tenha visto. Eu só o conheço como um homem bom. Um cara incrivelemente amoroso, que sabe cuidar, que sempre foi muito protetor com relação a mim e às pessoas que ele ama. Me sentia muito, muito segura com ele. Eu não quero chamar ninguém de mentirosa, mas pela minha experiência com Johnny, é impossível acreditar que essas alegações horríveis são verdadeiras. Eu acho tudo extremamente pertubador o conhecendo como eu conheço.”

 

 

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *