fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Duna: Parte 2 é mais grandioso e envolvente que o primeiro filme

Mais de dois anos depois, a segunda parte de Duna chega aos cinemas nessa quinta. Duna : Parte 2 é mais grandioso, e tem mais gente famosa. A história também é mais envolvente, e  deixa a porta escancarada para mais uma sequência. A história começa imediatamente depois dos acontecimentos do final do primeiro filme, logo após a morte de Jamis (Babs Olusanmokun) por Paul (Timothée Chalamet).

Em Duna: Parte 2, Paul se une a Chani (Zendaya) e aos Fremen enquanto busca vingança contra os conspiradores que destruíram sua família. Uma jornada espiritual, mística e marcial se inicia. Ele pretende se tornar Muad’Dib, enquanto tenta prevenir o futuro horrível, mas inevitável, que ele testemunhou. Paul então vê uma Guerra Santa em seu nome, espalhando-se por todo o universo conhecido. Só que ele terá que fazer  uma escolha entre o amor de sua vida e o destino do universo. E terá ainda que evitar um futuro terrível que só ele pode prever. 

O que achei?

Nessa segunda parte, a história mostra especialmente como Duna influenciou outras grandes produções do gênero como Star Wars, Gladiador e até mesmo Game of Thrones ( só lembrando que os livros foram escritos nos anos 60). Há a luta pelo poder, famílias em disputa, lutas brutas, e ainda um amor impossível. Tudo num cenário inóspito, com criaturas estranhas. E tudo tem um fundo religioso onde pessoas sem esperança buscam um salvador. Tudo com um visual espetacular num local inóspito. Rsrs, algumas lembranças vêm à mente, né?

É claro que, com suas 2h46 minutos, há momentos cansativos durante o filme. Mas em geral, ele conseguiu manter minha atenção, com suas idas e vindas, mistérios que envolvem um certa dose de feitiçaria, e até com um certo romance. E apesar de Paul ser o personagem principal, as mulheres tem um certo comando sobre os caminhos da história. Zendaya tem um grande momento (para se ter uma ideia, a cena final é dela). Rebecca Ferguson, e as novas adições de Florence Pugh e Lea Seydoux  tem grandes momentos (Anya Taylor-Joy tem uma única cena). E até Charlotte Rampling tem seu momento especial. 

Entre o elenco masculino, fica aqui o meu destaque para Austin Butler. Mesmo sob uma pesada maquiagem como o vilão (feito por Sting no filme dos anos 80) é assustador e sensacional. Parece um vampiro. Javier Bardem também providencia os poucos e bem-vindos momentos de humor. Está ótimo. 

Duna: Parte 2 é um grande triunfo para o diretor Dennis Villeneuve. Ele conseguiu transformar uma história difícil num filme que envolve  –  e que dá vontade de ver a sequência (ainda não aprovada – vai depender do resultado da bilheteria).

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Nos últimos tempos, Jennifer Lopez deixou os filmes açucarados de casamento de lado, para voltar a ser uma heroína de ação. Ela se deu...

Streaming

Assisti todas as temporadas de The Walking Dead. Gostava da série mesmo quando ela se perdia. Isso é, quando tirava o foco da química...

Streaming

Resolvi fazer essas listas de dicas de séries (veja as da Max , da Star Plus, da Apple TV Plus e do Disney Plus) porque muita gente me...

Streaming

Resolvi fazer essas listas de dicas de séries ( veja os da Max , da Star Plus e da Apple TV Plus) porque muita gente me pede...

Streaming

Hoje me despeço mais uma vez de Roma (sempre ótimo vir aqui, mas amo voltar pra casa). E fiquei pensando sobre o fascínio que...

Você também pode gostar de ler

Moda

O red carpet do Oscar teve um claro predomínio da cor preta nos vestidos. Muita gente resolveu ir pelo caminho mais certo da elegância....

Cinema

2024 chegou, e aqui estão os filmes  que eu quero muito ver no cinema. É interessante ver que boa parte deles são sequências (ou...

Moda

É sempre difícil escolher os looks mais marcantes do ano. Sejam os melhores ou os piores, rsrs. Mas aqui estão os meus preferidos entre...

Cinema

O clássico A Fantástica Fábrica de Chocolate, de 1971, é um de meus filmes preferidos da vida. Mas tentei manter a cabeça aberta quando...

Cinema

Outro dia, Steven Spielberg foi filmado dizendo a Tom Cruise que ele era o responsável por salvar o cinema pós-pandemia. Tudo graças ao resultado...

Streaming

A semana que começa neste domingo tem várias estreias interessantes – para o melhor e para o pior – para você acompanhar. Veja aqui...

Streaming

A Apple TV Plus tem mais novidades chegando no serviço este mês . E tem alguns que estou bem curiosa para ver. É o...

Moda

Nesse dia 1º vai ter uma nova edição do Met Gala, que eu adoro ver sempre. Adoro as maluquices e as interpretações de temas,...