fbpx

O futuro perdido de Mark Salling

data-srcset

Que boa parte do mundo está podre, isso a gente já sabe. Corrupção, estupros, assassinatos, abuso de crianças. Mas o choque é ainda maior quando você vê envolvida uma pessoa de quem você era fã, de quem acompanhava a carreira. Mark Salling  era um personagem forte de Glee, Noah Puckerman, um atleta popular que começou a série fazendo bullying com muita gente, mas que depois se tornou um fofo, membro do coral New Directions e amigo de todos. Chegou a ter um final feliz no exército, ao lado de Quinn (Dianna Agron). Em dezembro ele foi preso por posse de pornografia infantil. Foram encontradas mais de 1000 imagens de crianças com menos de 10 anos no computador do ator. Na semana passada, foi anunciado que ele será processado por dois crimes- posse de fotos e posse de vídeos dessas meninas.

Ontem (31) , o diretor Adi Shankar, anunciou que o ator também está fora de seu próximo projeto, a minissérie Gods and Secrets, programada para estrear este ano. A série que também tem no elenco Kellan Lutz, Jane Seymour e Denise Richards, está programada para estrear este ano nos Estados Unidos.  Adi Shankar postou no Facebook um longo e comovente texto sobre o problema da pornografia infantil. Sobre Mark, ele diz: “Ele foi cortado da minissérie, e eu pagarei pessoalmente pela refilmagem das cenas. Eu espero que Mark encontre paz interior. Além disso uma porcentagem dos lucros do projeto será remetido a uma organização que cuida de crianças que sofrem abusos”.

o diretor Adi Shankar

Desde o fim de Glee, Mark Salling não fez outros trabalhos como ator (ele também tem dois CD’s lançados). E provavelmente ficará um bom tempo sem fazer, isso se algum dia conseguir retornar. Como é possível alguém jogar uma vida fora dessa maneira? Como pôde?  Com crianças?  Revoltante!

 

style
style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *