fbpx

Para conhecer a fantástica playlist de Zoey!

Quem acompanha o Blog, sabe que eu adoro musicais. Glee e Smash estão entre as favoritas. E na correria do dia a dia acabei deixando passar Zoey e sua Fantástica Playlist. Falha grave, rsrs. Mas o J. Renato assistiu, e aqui está a crítica. Me deixou com mais culpa de não ter assistido ainda!

Zoey e sua Fantástica Playlist

Solta o som, aumente o volume, porque a batida certa está no ar! Extremamente admirador de grandes musicais, cá estou apaixonado por essa série. E que deixa você se perguntando: como não a adicionei na minha lista antes?  Enfim, antes tarde do que nunca… Indicada ao Globo de Ouro, Zoey e a sua Fantástica Playlist está disponível no Globoplay. A encantadora Jane Levy é a atriz principal. No elenco ainda se tem a grata surpresa de apreciar Lauren Graham (eterna Lorelai de Gilmore Girls)

Imagine alguém que reclama que nada dá certo na vida. Que a mesma é monótona, sem novidade… Pois bem, Zoey vê seu mundo virar de ponta a cabeça. Praticamente no sentido literal da palavra. Após um incidente ocorrido em um exame médico de rotina através de um terremoto, a personagem principal é imersa num universo baixado por músicas. Tudo isso em sua própria mente. A analista de sistemas agora consegue saber o que está acontecendo com todos através de canções.

Sim, todos cantam. A consciência da jovem se transforma numa verdadeira Broadway. De uma hora pra outra, Zoey tem uma revelação. Os sentimentos das pessoas são jogados no ventilador diante dela (e de nós). Ficamos sabendo dos mais íntimos segredos entrelaçados a notas musicais. As letras coincidem com tudo que ocorre nos episódios. Desta forma, vemos que as melodias que embalam cada cena foram escolhidas a dedo pela produção do show de TV da NBC.

A Crítica

  • Temos que falar das músicas! No instante em que  conhecemos ao novo mundo de Zoey, paralelamente voltamos aos hits que marcaram época. Bandas, popstars e hits que gerações lembram até hoje (pelo menos o refrão). Trilha sonora de filmes, casamentos, aniversários.  Inclui aquela faixa que se encontra presente na playlist de nove entre 10 pessoas.
  • As coreografias são modernas na pegada flash mob. O nível não cai quando se trata dos passos de dança. O estilo coreográfico é natural, divertido e até emotivo. As performances estão nos momentos tristes e felizes que permeiam a cabeça dos amigos e familiares de Zoey.

Nos meus textos aqui no blog nunca dei spoiler, né? Então, lá vai! O pai de Zoey, interpretado brilhantemente pelo experiente ator Peter Gallagher, tem uma doença que o deixou sem fala e imóvel. Mas através do dom da filha, eles conversam. A música é o meio de comunicação onde coração e alma se dialogam. A despedida dos dois na reta final é marcante pela última dança entre pai e filha.  Zoey e a sua Fantástica Playlist é entretenimento puro. Sua segunda temporada tem previsão de chegar ao Brasil agora em junho no serviço de streaming. Ansiedade define.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *